[RESENHA VALENTINA] “Alma?” – Gail Carriger


Autora: Gail Carriger 
Editora: Valentina
Páginas: 308
Classificação: 5/5 estrelas

Esse é um livro que se me dessem a opção de mudar algo, eu só pediria que trocassem o título, porque a diagramação é uma delícia, a aventura está na medida certa, o humor negro e a pitada de ironia só me conquistaram mais, e, como não podia deixar de ser, o romance é sexy e viciante.

Alma? passa-se na sociedade vitoriana e é protagonizado por Alexia Tarabotti, uma solteirona de vinte e seis anos bastante inteligente, que tenta ficar a margem da sociedade e não envergonhar muito sua família com seu nariz grande e sua pele escura, herança de seu pai italiano. Ela também é uma preternatural, ou seja, uma pessoa sem alma, capaz de anular os poderes sobrenaturais ao simples toque.

Pobre coitado. Deve ser difícil ser tão fraco o tempo todo.

Mesmo os britânicos serem de uma fineza extrema e aceitarem o diferente, sua condição diferente é conhecida somente pelos sobrenaturais da região, e a Srta. Tarabotti espera que continue assim. Ao ser atacada por um vampiro pouco educado, que desconhece o fato de ela ser uma sem alma, e ainda ceceia (ohDeusquehorror!), Alexia sabe que há algo errado.

E quando alguns vampiros e lobos solitários começam a desaparecer, ela sabe que deve começar a se preocupar. Talvez tenha chegado o momento de abrir espaço em sua agenda de chás e bailes e começar a ser membro mais ativo nas investigações envolvendo os sumiços, especialmente se ela tornar-se um alvo.

Gail Carriger criou um mundo louco e interessante, e isso a tornou a autora de steampunk mais lida da atualidade. Para quem ainda não conhece, esse gênero abusa de uma realidade alternativa, onde mescla tecnologia avançada ao passado. Nesse romance, Gail conseguiu detalhar termos desconhecidos — e acreditem, há muitos desse no livro — sem perder a pose e até deixou de lado parágrafos e capítulos explicativos, comum em muitos livros, que deixam aquele ar de introdução e costumam ser bem cansativos. Claro que isso me deixou confusa no início, mas entre uma página e outra os termos diferentes foram explicados enquanto a trama pegava força.

Além da dádiva de não ser cansativo, todo o mistério e aventura envolvendo o sumiço dos sobrenaturais foi instigante para continuar a leitura até o fim, entretanto foi a tensão sexual, a atitude desbocada de Alexia e os personagens   alienados os grandes trunfos desse livro.

Talvez o uso de palavras um tanto arcaicas desacelere um pouco sua leitura, mas Alma? é um dos poucos livros que li que se adéqua a vários públicos. Com esse romance curto com uma história tão frenética e apaixonante dando sopa, você merece uma sombrinha na testa por não pensar em ir atrás do seu.


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabrielle

"Guerra é Paz. Liberdade é Escravidão: Ignorância é Força"

Primeiros comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Ai eu quero muito, adoro Steampunk, eu também não achei tão bom assim o nome mais tanto faz se o livro é bom. Tenho que ler ele para amanhã!

  2. Recebi o livro para resenha pela editora e em breve irei ler. Tenho grandes expectativas quanto ao livro, mesmo não tendo conhecido o gênero que parece ser tão peculiar no meio literário. Apenas – também como você – não gostei do título, mas “Desalmada” não cairia bem… acho que a única saída seria permanecer com o título original, mas acho que o cuidado da editora era para os leitores, que talvez não entenderiam os próximos nomes dos livros da série…

    1. Na verdade, o Sem Alma seria bom, mas também tem a questão envolvendo a alma de vários personagens, e isso justifica a escolha da editora, mas eu ainda prefiro Sem Alma rsrs

  3. Nossa adoro os posts de lançamentos das Editoras e a Editora Valentina, está de parabéns o livro steampunk “Alma?” de Gail Carriger, promete ser um sucesso.
    Interessante a sinopse,li o primeiro capítulo e gostei,pela pequena biografia da autora que é um tanto exótica,já podemos esperar uma surpresa

  4. Eu achei a capa desse livro muito diferente, e num primeiro momento achei que fosse algum livro sobre moda, mas depois parei e li a sua resenha e fiquei com vontade de ler esse livro, a Alexia parece ser o tipo de personagem que geralmente me cativa a devorar um livro em horas, vou aguardar uma promoção pra ver se compro esse livro.

  5. Tô louca por esse livro! Super me empolgo com a ideia de steampunk. Mas será que os brasileiros em geral vão curtir? Tenho minhas dúvidas viu? Acho que estamos muito envoltos no mundo hot…
    Gabi eu acho que os títulos dos livros deviam ser no original pq assim como nos filmes tem muitas burradas da tradução. Se o autor teve todo o trabalho de escolher o nome que ia vender sua obra, pq tem que trocar e colocar na língua transcrita? Eu ficaria mais contente na original hahaha =D
    Palavras arcaicas? Ah fiz intensivo com Charles Dicken e Jane Austen. É nesse nível?
    bjoooo

    1. huhaushuashua um pouco desse nível sim, mas nada tããão intenso. Então, mas ai seria colocar a lingua portuguesa de escanteio. Acho bom sempre traduzirem os títulos, mas sempre serem o mais fiel possível, por mais louco que seja o resultado final

  6. Gabs me convenceu totalmente a ler o livro..
    Só por ser sexy e com tiradas me convenceu..
    Tenho sérios problemas em ler livros de época mais tenho que dizer que sua resenha me fez querer ler..Vou adicionar na minha lista de aquisições…
    Vc sempre traz boas sugestões..Ver Série Lux minha paixão atualmente rsrs então vou ler COM CERTEZA.

  7. Estou muuuuito ansiosa por este livro, steampunk é o que há no momento. E OMG esta resenha me deixou mais ansiosa ainda se é que isso é possível. ;P

    Espero poder comprar em breve e que a Valentina passe a vender no sub/saraiva e afins logo. (yn)

    Beijos ;*

  8. Apaixonei pela estoria. *-*
    Além da capa ser linda. Gostei bastante da sinopse, nao é um livro como esses outros sobre lobisomem, é bem diferente.
    Super ansiosa para ler

  9. Melhor quote desse livro:

    “Ooo,” said Alexia, fascinated, “it shrinks back down again. The books didn’t detail that occurrence.”
    The earl laughed. “You must show me these books of yours.”

    Alexia me mata de rir

  10. Eu ri com “você merece uma sombrinha na testa por não pensar em ir atrás do seu.” hahahha Juro que nunca tive tanto interesse nesse livro… a capa para mim ta bem tosquinha. Depois de ler a resenha fique com bastante vontade de lê-lo. Se tu diz que agrade a todos os gostos, não da para pelo menos deixar de dar uma chance, certo?

  11. Um mundo louco e interessante mesmo. Fiquei meio confusa com a sinopse do livro, mas ainda assim ele entrou pra minha wishlist por motivos de: sobrenaturais. hehehe

  12. Gabi uma ótima resenha que conseguiu me deixar absolutamente louca por esse livro. E não digo isso da boca pra fora. Só o fato de você ter deixado bem claro que a autora conseguiu fazer proeza em explicar termos desconhecidos sem perder o charme da leitura, algo que os autores de hoje em dia realmente tem perdido a mão. Você soube me instigar bastante com o livro e será minha próxima aquisição com toda certeza!

  13. Eu não solicitei esse livro porque acho que não é uma leitura que eu curtiria agora. Também achei a tradução do título estranha, acho que poderiam ter mantido ao pé da letra, mas admiro a editora por arriscar nesse livro afinal ela não é famosa, é só um bebê nesse mercado.
    Um dia pode ser que eu me arrisque nele.

    Beijos
    http://www.leitoraincomum.com

  14. Nunca li livros do gênero steampunk e até tenho um pouco de receio de ler. Pelo que vi em outras resenhas de livros desse gênero, eu não curto muito. Não sei se é porque eu to lendo sobrenatural por trás de sobrenatural, mas quem sabe um dia eu leio esse daí ^^

  15. Nunca li nada se steampunk, mas tenho muita curiosidade, sempre ouço maravilhas sobre o genero e só posso saber se gosto ou desgosto lendo né ;D
    Outro coisa linda é esse trabalho grafico que a editora fez né *-*
    Achei bem interessante também do autor ter escrito uma obra com varios termos desconhecidos, porém explicou todos eles de uma forma não cansativa, o que é otimo para a leitura de um bom livro, além é claro de outras coisinhas a mais que você já citou ali em cima!
    Adooorei a resenha. Beijinhos :*

  16. Me senti instigado para ler. Steampumk é um gênero interessante e esse deve ter um grau de ironia bem inglesa, está na lista de espera.

  17. Oi Gabi,
    Eu nunca li nenhum livro steampunk e você, com esta linda resenha, me convencei a ler este.
    Corri, comprei e estou devorando e adorando.
    Obrigada!
    Bjs
    Silvia

  18. Nossa, parece um livro bem diferente então! Gostei da ideia do tema, uma escolha interessante da forma de abordar o sobrenatural. Pegadas de Steampunk também são sempre inovadoras e descansam a mente do “lugar comum” de tantos outros. E a capa? Que linda!!!

    Bjs

    ssentrelivros.blogspot.com.br

  19. Esse livro está em primeiro lugar na minha lista de compras (Tirando uns que estão a mto tempo, mas são caros =/). A época que se passa + os seres sobrenaturais me deixa babando com mta vontade de ler!

    Contando os dias para embarcar nessa aventura vitoriana!

    miquilis

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista