RESENHA | “Batman: Criaturas da Noite” – Marie Lu


Autora: Marie Lu
Editora: Arqueiro
Páginas:
256
Classificação:
3/5 estrelas

Bruce Wayne está prestes a se formar no ensino médio e tudo em sua vida está saindo como planejado, mas a falta que sente de seus pais e a crescente criminalidade em Gotham não o deixam se sentir em paz. Mesmo que dedique boa parte de seu dinheiro para a caridade e pesquisas para equipamentos que ajudem a polícia local, ele ainda não acha que é o suficiente.

Então, quando vê que a polícia não conseguirá pegar um bandido que está em fuga, não pensa duas vezes antes de entrar em uma perseguição perigosa. Porém, não imaginou que seu ato de heroísmo não seria aplaudido e ele seria condenado a ajudar na penitenciária da cidade onde estão trancados os bandidos mais perigosos de Gotham, inclusive a jovem Madeline, acusada de ser uma das cabeças de uma grande organização criminosa, conhecida como Criaturas da Noite, que tem atacado os milionários de Gotham. Ela está presa há semanas, e até então nunca tinha falado nem sequer uma palavra com os policiais, porém tudo muda quando vê o jovem milionário desfilando por ali como um funcionário da prisão.

— No mundo real não existe isso de trapaça, Bruce. É simplesmente a vida.

Eu amo Batman e a os livros da Marie Lu, então estava bem empolgada com a leitura desse, porém minhas expectativas infelizmente não foram atendidas.

Marie Lu é a rainha das trilogia, e acho que por ser apenas um livro, limitou muitas coisas pra ela. Geralmente ela desenvolve o romance e toda a trama devagar, porém nesse livro ela não tinha “tempo” pra isso. E pra mim, isso refletiu muito negativamente na história. A escrita dela continua impecável, sabendo medir os momentos dramáticos e de ação, mas parece que se apressou um pouco no desenvolvimento.

A história é boa, e tinha de tudo para eu me apaixonar, porém não consegui me conectar com os personagens. O romance foi corrido, não deu tempo de torcer por eles, nem de conhecer a verdadeira Madeleine, foi tudo muito superficial. Senti falta de um aprofundamento maior na história, tudo aconteceu muito rápido, eu ainda nem tinha processado uma informação e já estava acontecendo outra.

— Não confie em ninguém. Suspeite de tudo. Se quer descobrir a verdade, não deveria ficar aqui parado, tentando me fazer falar. Saia pelo mundo e veja a cor por si mesmo.

Sobre a leitura, ela foi um pouco arrastada no início, demorou muito pra entrar na trama principal do livro, porém depois que embalou (quase na metade) foi boa, apesar dos pontos citados aí em cima.

Já o desfecho foi bem aberto para continuações, senti falta de algumas coisas, foram muitas pontas soltas. Terminou de uma maneira aberta para continuações, não teve um ponto final.

Mas dessa série o livro que estou mais ansiosa é o próximo, estou louca pra ver a mulher gato escrita pela rainha Sarah J. Maas.


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
1
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabrielle

"Guerra é Paz. Liberdade é Escravidão: Ignorância é Força"

Primeiros comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista