[RECOMENDO] “Proibido” – Tabitha Suzuma


Autora: Tabitha Suzuma
Editora:  Valentina
Páginas:
 432

Ela é bonita e talentosa — com doces dezesseis anos e nunca foi beijada. Ele tem dezessete; lindo e com um futuro brilhante pela frente. E eles estão apaixonados. Mas o único problema é… eles são irmãos.

Você pode fechar os olhos para o que você não quer ver, mas você não pode fechar seu coração para o que você não quer sentir.

Lochan, de dezessete anos, e Maya, de dezesseis, sempre foram mais amigos que irmãos. Juntos eles cuidam de seus irmãos mais novos no lugar de sua mãe alcoólatra  Como pais dos mais pequenos, Lochan e Maya tiveram que crescer rápido, e o stress de suas vidas, e a forma como se entendem mutuamente, também os uniu mais do que seria normal entre irmãos. Tão perto que se apaixonaram. Um romance proibido que aumenta mais e mais até se tornar profundo e desesperado.

Sim, eles sabem que é errado e não devem continuar. Porém, é difícil parar algo tão bom. E como avisa a autora logo no início, uma história assim não poderia ter um final feliz.

Se você é como eu, você vai ter um certo preconceito em ler essa história, e pode até pensar em desistir e nem colocar em sua wish list. Mas pense novamente, leia um capítulo, e a escrita de Tabitha Suzuma logo vai te conquistar.

No final do dia, o que importa é quanto você pode suportar, quanto tempo você vai durar.

Nos últimos anos, a vida de Lochan e Maya foi tudo menos perfeita, foram os personagens menos egoístas que já encontrei em toda minha vida, sendo que a única atitude egoísta que tomaram foi amar um ao outro com intensidade. E é tão triste, como eu torci para que eles quebrassem tudo, e dissessem “já chega!” mesmo que isso não adiantasse porra nenhuma. Aliás, cheguei ao ponto de torcer para que eles fossem um pouco egoístas e mandassem sua família a merda.

Nosso amor realmente estava destinado a causar tanta desgraça, tanta destruição e desespero?

Eu não vou descrever os personagens, nem suas atitudes. Acho que a escrita dessa autora merece umas poucas horas de seu tempo para ir em frente e descobrir por si mesmo. Mas você já chorou por causa de um livro? Eu já, várias vezes, mas essa é a primeira vez que dói tanto. Estou sem fôlego, e com meu coração estilhaçado.


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabrielle

"Guerra é Paz. Liberdade é Escravidão: Ignorância é Força"

Primeiros comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Que tema polêmico. Adoro coisas diferentes, mas nunca li nada parecido.
    E isso “Estou sem fôlego, e com meu coração estilhaçado”, já acabou comigo, eu como uma manteiga derretida, com certeza acabarei aos soluços neste livro.

  2. já vi alguns animes com esse tema, mas nunca bem explorados. espero que a autora tenha desenvolvido bem o tema, sem apelações, nem nada. já pela sua crítica parece ser bom. quero ler ^^

  3. Gabrielle, my sweet jesus tô morrendo por esse livro. Mesmo sem nos dizer muita coisa sobre o livro, vc conseguiu me chamar pra lê-lo de um jeito… hahahha. Confesso que já rejeitei livros com essa temática, mas tava com minha mente muito fechada, cheia de pré-conceitos. Agora tô precisando ler esse livro!
    Morro com suas recomendações! bjs

  4. O livro parece ser bom, principalmente por falar sobre temas que a gente nuca vê, como amor entre irmão. Parece ser bem polêmico também. Gostaria de lê-lo.

  5. Oi 😀
    AAAAH tu fala palavrão da sua resenha (AMEEEEEI) 😀
    Primeiro que eu to de olho nesse livro faz um pouco de tempo desde que vi o vídeo da Giu Fernandes, li umas resenhas no Skoob também e agora leio essa resenha… EU PRECISO desse livro! Quero tanto que alguma editora o compre :’) (Que isso aconteça)
    Enfim, parabéns pela ótima resenha.

    Bjs 😉

    1. Tem livros que pedem um palavrão rsrs
      Então, Annizz, to pensando em enviar uma introdução desse livro para as editoras, chorar um pouco, quem sabe publicam, não é mesmo? É que é um tema realmente pesado, acho que estão com pé atras por isso );

  6. Aiiin, eu a-do-ro esses livros meio tensos, com coisas proibidas e… ai, não sei. Fiquei doida por ele agora! Gabi, sua má! Quero ter o coração estilhaçado também!

    Pena que, pelo visto, o hardcover é vermelho ao invés de preto. O preto é tão mais bonito!

  7. Oinnn, parece um livro tão triste!
    Desde que li a resenha pela primeira vez, fiquei com vontade de ler esse livro. Realmente parece balançar o coração!

  8. Bem, eu não tenho preconceito com livro de gênero nenhum. Leio de tudo um pouco, já li coisas até bem bizarras que não gostaria de ter lido, mas enfim acontece. O tema é bem polemico, e por sua vez interessante, se a autora soube tratar desse livro a história com certeza deve render. Uma pena nenhuma editora ter comprado os direito, ainda. Mas como estou querendo melhorar meu nível de inglês – que é bem ruizinho, quem sabe eu resolva comprar na Amazon. Ótima resenha!

    1. Não seria preconceito com o livro em si, Jeeh, mas se alguém me fala, no dia a dia, “nossa, aqueles irmãos namoram”, eu tenho sim uma ideia pré concebida disso, acho que todos têm.

  9. A parte do incesto irmã-irmão não me surpreendeu muito porque depois de G. R. R. Martin ‘escolou’ todo mundo nisso, rsrs
    Mas a expectativa, a tensão durante e o final… ah, meu deus o final! Er… *funga*… Ah… *funga* … desculpa gente! *Corre pra chorar num cantinho*

  10. Eu já li algumas resenhas para esse livro e a cada uma eu fico mais ansiosa pra ler. Eu já nem me choco tanto com incesto porque sendo fã de George R. R. Martin e GoT seria besteira, rs. Mas parece bem triste e eu tenho uma queda por dramas.

  11. Tenho lido resenhas e comentários sobre esse livro e a cada vez fico mais surpresa. Uns aprovam ou reprovam, mas eu continuo com uma vontade enorme de ler o livro. a história me lembra um filme que assisti e que no momento não me lembro do nome, mas o final foi surpreendente. Espero que o livro também o seja.

  12. O livro me parece muito, muito intenso e cheio de conflitos, porque confesso que também fico incomodada com incestos, parece que tem algo muito errado acontecendo ali (e tem!!) mas quero conferir o livro, caso não ganhe na promoção, vou esperar ele chegar por aqui, para dar uma olhadinha…

  13. Fiquei com vontade de ler! Normalmente livros polêmicos não me apavoram … Um bom exemplo é Captive in the Dark que é super contraditório (no mínimo rs), mas amei.
    O meu grande problema aqui é a falta do final feliz , um livro pode me fazer sofrer horrores , mas não dispenso um final feliz! 🙂

  14. Nossa que drama,dois irmãos? Que situação,como eles vão lidar om os sentimentos e com a família? Um livro intenso,polêmico,dramático e triste!

  15. Tenho quase certeza certeza que se ler esse livro vou torcer pra eles ficarem juntos…
    Com a Andhromeda disse, a parte do incesto já se tornou menos “polêmica”, acho que pelo menos pra quem já leu As Crônicas de Gelo e Fogo.

    1. Nas crônicas a parte do incesto em si não é tão polêmica, o amor deles é interessante, o pior são “as coisas que eles fazem por amor”.
      Fiquei bastante interessada na história de Forbidden. Doida pra confeir.

  16. Adorei a ideia desse tema. A curiosidade é inevitavel e particularmente a dor de personagens bem contruidos me alimenta. Temos que escolher bem as coisas que vale a pena sofrer. (As eventuais lagrimas).
    Estou realmente muito interessada e sei,la no fundo, que esse livro vai me saciar.
    Ficaria imenssamente grata se vc nos deixasse informada quanto a publicaçãono Brasil ou a um eventual tradução de uma de vocês.
    Um abraço.

  17. ACABEI AGORA DE LÊ-LO, TO CHORANDO HORRORES É MUITO PROFUNDO, CHEGA A DOE MESMO, A AUTORA TA DE PARABÉNS TOTAL TEMA DIFERENTE E FINAL DIFERENTE DO QUE COSTUMAMOS LER, ISSO TORNA UM LIVRO DEMAIS E QUE TE ENVOLVE EM TODOS OS SENTIDOS.

  18. Vc falou td, pq ele é bem melhor do q alguns por ai. Ele mostra o amor da maneira mais pura, não interessando a forma ou razão q eles chegaram a isso, qnd eu vi a sinopse a primeira vez fiquei meia assim por conta de serem irmãos, mas me chamou a atenção a forma q era a vida deles sendo pais dos irmãos mais novos e o conflito q deve ter sido deles descobrirem a paixão/amor entre eles. A leitura é ótima, a autora amara todos os fios de tal forma q entendemos os personagens e vivemos a dor e alegria deles conforme a leitura, o tema abordado é delicado por ser incesto, mas nesse caso do livro eu vi q como a ”sociedade” danificou e levou o final para os dois e não eles mesmos, foi triste mas é o que torna o livro tão profundo, família e mostra uma história de amor bonita.

  19. Hey, vc sabe algum site pra ler ele online ( em ingles mesmo?) PQ impossivel, não aguento mais esperar que alguma editora compre os direitos, SE tiver me passa por favor?

  20. Aaaaí… Não sabia que ia ser assim. :…(
    Meu coração está quebrado… Acho que eu nunca senti uma dor assim nem na vida real…
    Muito intenso…
    Dói… É só isso… Sem palavras…

  21. Oi!!! Eu não sei como é isso acabei de achar seu site *—* mas sabe o que? Eu sempre adorei ler sobre coisas polemicas, adoro pessoas que exploram esse terreno, porque são raras
    . Se possivel eu queria que vc enviasse forbidden pra mim :3 eu ja tentei achar varias vezes maaaas nunca encontro o download 🙁
    Bjbj
    Obrigada ♥ [email protected]

  22. Nossa… Já tinha lido livros que me fizeram chorar, mas nunca chorei tanto como quando li esse, a estória faz você se envolver com os personagens, faz você torcer por eles apesar de não ser comum o relacionamento dos dois, faz você sofrer, a escritora é tão boa que me fez sentir todas as emoções, meu psicológico foi pro espaço, com toda certeza vou comprar o livro em português, pois, o quero na minha biblioteca, mas não pretendo relê-lo tão cedo… meu emocional não me permite. <3 <3 <3

  23. Cara, acabei de ler aqui, e estou simplesmente arrasada. Sempre amei os livros de temática de incesto irmão-irmã. Comecei a ler com o coração meio blindado já, por quase todas as historias serem difíceis e terem finais tristes (Até hoje procurando um final feliz nessa BAGAÇA ;–;), mas cara, esse livro arrasou com o meu escudo e estraçalhou meu kokoro. Sério, que final foi esse? Eu só faltei me acabar de chorar, amaldiçoando a autora (Na verdade, parabenizando também e.e), os personagens, perguntando “PURQUE MEO DEOS?! QOQ”, e, principalmente, puta com a sociedade, a verdadeira culpada de tudo. Em uma parte, a amiga de Maya, Francie, afirma que todos os tipos de amores são possíveis, desde que não haja abuso, que ambas as partes estejam conscientes de suas ações. Concordo totalmente. Quem é o governo para proibir alguém de se amar? Quem é a sociedade, estranhos, o que é a religião? Desde a minha primeira história de incesto, acho o preconceito e as leis absurdas, totalmente ridículas.

    Mas já fiz uma promessa a mim mesma. Em algum momento, vou escrever uma historia. Vou escrever sobre um mundo em que nada seja tão difícil, e o amor, em todas as suas faces, não seja algo tão errado e tão complicado.

    Marcou, muito mesmo, esse livro. Em plena uma e meia da manhã, sinto que vou chorar mais um pouco, e sonhar com finais felizes e infelizes.

    P.S.: E um pedaço do meu coração a Maya e ao Lochan. Em nenhum momento duvidando de seus sentimentos. Nada de confusão com outros, o amor deles era concreto e, em certo momento, inabalável. E [SPOILER] dois me fazendo ir as lágrimas com a máxima dos sentimentos, morte e vida. Até que ponto você pode sacrificar tudo por quem ama, inclusive sua vida, e inclusive sua morte. Os dois deram TUDO de si, a alma pelo o amor e pela familia. Acho que isso foi o alto do livro. O amor, acima de tudo, acima de taxações, só amor.[/SPOILER]

    Perfeito. Estou com o coração partido até agora. E acho que vou ficar por um bom tempo.

    1. Passou-se um dia, e eu realmente terminei minha noite chorando, e a manhã toda lamentando o quanto o livro foi triste, para minha amiga. De fato, já chorei em outros livros, mas esse, dói demais ;–;
      Não me lembro de já ter doido tanto.
      Droga ;–;

  24. É a primeira vez que entrei neste site/blog, anotei vários livros interessantes que com toda certeza irei ler…Já tinha lido a sinopse deste livro(“e confesso: Não havia me interessado ou talvez eu estivesse com preconceito sobre ele, mesmo assim havia colocado ele na minha lista mas nunca me empolgava de verdade para lê-lo então,…”). Por coincidência procurei sobre outro livro e vim parar aqui, li seu comentário sobre ele, tive que baixa-lo(normalmente não sou muito fã disso prefiro o livro em minhas mãos, a sensação de virar as páginas sabe?!… Mas Li… Digo Li compulsivamente o livro… Não deu para evitar… Ele te envolve de tal forma que vc se pergunta porque eles não podem ser felizes!?, depois de certo tempo vc começa a fazer parte, torce, ri, tem esperanças(sabe que vai acabar em merda”perdão”..kkk)mas é inevitável não continuar… Terminei o livro não com lágrimas nos olhos(isso é o que tenho agora ao escrever aqui e me lembrar dele) mas com uma enxurrada completa do tipo que vc não consegue conter e que te deixa soluçando e com uma cara horrível. Eu me apaixonei pelo Lochan ele faz agente acreditar no amor.. Foi sem sombra de dúvidas o melhor livro que li este ano(olha que li muitos!)… Porque ele me mexeu, me comoveu e eu ainda não tenho como classifica-lo esta acima de qualquer explicação. Acho que a maior lição é o que faríamos por amor?! até onde iriamos por amor!? Parece clichê, mas a história é incrível vale a pena ler, mesmo que no fim fique com a cara inchada de tanto chorar e um sentimento de como isso foi acontecer?! uma mistura perturbadora de paz, aceitação, e amarga agonia. Vou procurar outros livros dessa autora e com certeza uma caixa nova de lenços..kkk

    1. Que comentário mais <3 É ótimo ver que tem gente que entende, eu sei que não dá para todos amarem, mas ver que essa história não somente me atingiu mas a outros vários leitores é demais, muito obrigada por escrever tudo isso

  25. Adorei sua resenha. Esse livro me deixou em frangalhos, sem saber como me situar depois de lê-lo. Ainda não o superei, ainda não deixo de sentir vontade de chorar sempre que lembro da história. Lochan e Maya, sem dúvida alguma, foram as personagens que mais me marcaram.
    Eu fiz um book trailer fanmade do livro. Quem quiser dar uma olhada, o link é esse:
    http://www.youtube.com/watch?v=JfF-RcRobLk

  26. Deus, eu terminei de ler o livro ontem e não me conformo!
    É uma coisa tão pouco falado e no caso daqui, tão pura. Chorar em livros é comum, mas doer não.
    Realmente doe porque foi o livro que mais me tocou por ver até que ponto você vai para ‘salvar’ a pessoa que você ama.

  27. Eu li o livro há cerca de 5 dias, demorei 2 dias para lê-lo.
    Foi Devastador!
    Estou de luto pelo fim do livro, literalmente com
    com o coração estilhaçado.
    Realmente dói. Marcante, foi pra lista dos oreferidos

  28. Olá, eu terminei de ler esse livro agora!
    E estou desesperada em saber que o final do livro na versão brasileira é diferente da original.
    Você sabe me dizer se isso é verdade?
    Obrigada

  29. Trabalho na livraria cultura, realmente é uma história linda, sempre que tenho algum tempo livre por lá, leio livros incríveis… Recomendo.

  30. São quase duas da manhã e me encontro em prantos e completamente arrasada com o final deste livro. Nas últimas páginas tive que parar a leitura por diversas vezes prespirar fundo e só então continuar.
    A história é mágica, Tabitha Suzuma possui uma escrita viciante e a veracidade dos sentimentos descritos

  31. São quase duas da manhã e me encontro em prantos e completamente arrasada com o final deste livro. Nas últimas páginas tive que parar a leitura por diversas vezes respirar fundo e só então continuar.
    A história é mágica, Tabitha Suzuma possui uma escrita viciante, a veracidade dos sentimentos descritos, a pureza e abnegaçãodos personagens te faz refletir sobre o quanto realmente somos capazes de amar e colocar esse amor acima de tudo, até mesmo da própria vida.
    Simplesmente recomendo um milhão de vezes!

  32. Incrivel como suas resenhas me fazem querer ler todos os livros. Mas esse exclusivamentee me tomou assim que li do que se tratava. Logo me mexi e tratei de baixar o livro no msm instante. Depois de ler, eu nao posso concordar mais com tudo que disse.E com os comentarios acima. Simplismente um dos melhores livros que eu ja li. E na minha curta vida de leitora compulsiva nunca chorei tanto lendo um livro. Meu coraçso se encontra em pedacinhos. Acho que vou demorar pra me recuperar. Realmente o amor nos faz fazer coisas muitas vezes inaceitaveis e extremas. Minha nota pra esse livro nao podia ser menor que 10. Conquistou meu coraçso, minha mente e minha alma. Esse é tipo de livro que vai ficar sempre gravado na memória

  33. Acabei de ler o livro e estou destruída,pelo quanto foi injusto pois eles não fizeram nada de errado apenas procuravam o que todos procuram, o amor, e pela razão desse amor ser interrompido.Não consigo parar de chorar, de parar de sentir essa dor que eu sinto.Poucos livros me emocionaram tanto quanto esse.É escrito de uma forma tão suave que em um momento estava rindo e no outro chorando compulsivamente, tratando desse assunto delicado que há tanto preconceito onde eu me pego perguntando a mim mesma, será assim tão errado? será que eu teria sido tão forte?O mundo é formado a partir de adão e eva então um dia o incesto já existiu? e o pior é que estou sem rumo sequer a achar as respostas.

  34. Comprei o livro mais fiquei receosa para ler, não pelo fato de que a trama seja com irmãos mas por achar que seria uma leitura cansativa e desinteressante.

  35. Sofri por Lochan e Maya, por todos eles. Sofri pelo o amor que sentiam um pelo o outro, por suas atitudes, ações… uma história linda, intensa e triste! Viver o amor de todas as formas não importa com quem for, apenas viver o amor sem se importar cm o que dizem, cm o que pensam, todas as formas de amor são válidas. Hoje em dia tantas coisas ruins acontecem, e muitas delas não sofrem nenhum tipo de consequência, porque punir, ser contra, um amor que do nada surge e te faz bem?! Recomendo muito esse livro, nunca chorei tanto por uma história assim!

  36. Deus, Quando terminei tava um caco, Sei bem que incesto é um Tabu e tanto, mas vou dizer que torci por eles e tive um monte de esperança, mas chorei o livro todo pós sabia que não ia acabar bem!! Amei e de longe foi o livro que mas me marcou esse ano.

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista