[RESENHA NOVO CONCEITO] “Bruxos e Bruxas” – James Patterson e Gabrielle Charbonnet


Bruxos e Bruxas

Autor:  James Pattersone Gabrielle Charbonnet
Editora: Novo Conceito
Páginas:
 288
Classificação:
 2/5 estrelas

Bruxos e Bruxas chegou ao Brasil prometendo, não só pelo marketing pesado investido pela editora, mas sua premissa também, em meu caso, bastante sedutora, e então faltando cem paginas para finalizar percebi que o livro era só uma promessa mesmo, história boa e divertida, bem construída, daquelas que tanto amamos, eu pouco vi.

O livro é protagonizado por um casal de irmãos, Whit e Wisty, que certa noite acordam para descobrir sua casa sendo invadida pela Nova Ordem, para logo serem acusados de bruxaria e serem encaminhados para uma espécie de prisão hospício enquanto aguardam a execução.

Agora os irmãos Allgood devem procurar entender o que está acontecendo no país, e como fugir para salvarem-se e a seus pais. No início tudo parecia uma loucura, mas quando eles começam a colocar fogo nos soldados e ter sonhos estranhos eles percebem que a loucura passou a fazer parte da realidade deles. Se quiserem sobreviver, devem aprender magia e impedir que O Único Que É O Único de concluir seus planos, seja lá qual forem.

Falando a real, o livro está longe de ser essa coca-cola toda. Não digo que não vejo potencial, porque eu vejo sim, adoro histórias com bruxos, a luta contra o bem e o mal, totalitarismo, etc, mas mesmo com todos esses ingredientes faltou a real magia, aquela que faz um livro tomar vida diante de nossos olhos, para eu começar a ver James Patterson como o autor que todos falam tão bem e recomendam. Para uma primeira impressão, eu dei azar de começar por esse livro.

O que me incomodou logo de cara foram a quantidade de capítulos. Narrado por ambos os irmãos, Whit narrava um pouco para logo depois, puff!, o capítulo terminar para começar outro sem uma boa razão. Claro que não foi só isso, a história é chata, para ser bem clara. Em alguns trechos achei uma cópia barata de Harry Potter (muitos não concordam comigo), mas por quê achei isso? Bem, O Único Que É O Único é um alter ego malfadado de Voldemort, e todos aqueles espíritos malignos sugadores de alma (ou era vida?) me lembraram bastante os dementadores. Todo o cenário quase distópico foi muito mal construído, e  a descoberta do lado mágico dos irmãos  não foi bem encaixada na história.

Como uma peça de teatro, Bruxos e Bruxas estrelaram só atores ruins, que não convencem nem encantam, e agora eu só posso torcer que a melhora nos próximos livros (porque melhora, eu sei) em relação ao conteúdo seja o suficiente para mudar minha opinião. Enquanto isso, da próxima vez que ler algo de James Patterson, vou começar direito, sem expectativas nenhuma, porque me decepcionar novamente talvez seja muito para o meu coração de leitora. Torçam por mim!


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabrielle

"Guerra é Paz. Liberdade é Escravidão: Ignorância é Força"

Primeiros comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. o perfil da @KATHYKRISTINE, que ganhou a promo de dia dos namorados, é perfil de promoção. de fevereiro até esse mês ela só tuitou 3 tuites que não foram de promoção… pode isso direção?

    1. Como já houve o sorteio e divulgação, não haverá a desclassificação, e também não houve a inclusão dessa regra nessa promo. Apesar de concordar com você em relação a sortear perfis de promos, vale levar em conta que os próprios blogs causam a criação desses perfis, já que muitas vezes colocamos como obrigatória a opção de twitter e essa é uma ferramenta que nem todos se dão bem, se comparada ao face. Há dois lados da moeda, entende?

  2. Eu comecei a perder minhas expectativas com esse livro quando vi comentários de que ele tinha muito de humor e era voltado para um publico mais juvenil.
    Com toda aquela propaganda da NC eu tinha criado uma ideia totalmente diferente (e mais atrativa). E saber que ele não seguiu essa linha que eu queria me desanimou.
    Sério, se eu quisesse ler uma estória juvenil sobre bruxos eu leria HP, que ainda nem li e é muito mais recomendado.

  3. Nossa senhora como é isso ??? O que aconteceu com aquela premissa de maravilhas do livro ? AQUELA divulgação que deixou todos de boca aberta ??? Sua resenha desmontou em 2 minutos aquela expectativa toda que eu tinha com o livro sério.. Nunca li tb nada de James e acho que ainda vai demorar para eu ler qualquer coisa depois dessa sua resenha…pq esse livro era aquele que eu estava apostando minhas fichas para apreciar a escrita do autor..mais como temos gostos bem parecidos..acho que darei um tempo e se aparecer alguma promo dele no sub posso me dar a chance mais fora isso…Tô fora por enquanto.

  4. nossa essa resenha foi bem brochante, veja bem, nao estou falando mal da resenha, pelo contrario, amo as resenhas desse site, é que eu espera va muito do livro, acabo de receber um tapa na cara. rsrsrs

  5. Ainda bem que você me alertou e não gastei meu dinheirinho com esse livro hahahaha.
    Tks pela resenha. Tb vou aguardar o segundo pra ver se vale a pena investir =)

  6. Já li “Dia da Caça” do James, e até que gostei do estilo policial de escrever dele… agora esse lado mais juvenil literário dele eu queria muito conhecer, e fiquei bastante ansioso para Bruxos e Bruxos, mas desde o início eu ficava me perguntando o que o livro ia passar, eu ficava com um pé atrás. Sua resenha me esclareceu bastante coisa, e espero ainda ler esse livro pra concluir minha opinião. Ótima resenha 😀

  7. Duas estrelas? Eu ficava vendo esse livro em todo lugar e sempre pensei que ele seria O livro… Como você comentou, “uma grande promessa”. Não sei se vou querer ler ele ainda, mas quem sabe….

  8. Apesar do bom marketing da NC, não adiantou para que o livro tenha tido críticas negativas, estou vendo outros blogueiros com a mesma opinião que você. Bem, ainda pretendo ler o livro para saber como vou reagir, mas não irei com expectativas, pois afinal, o livro não é tanto o que eu esperava.

    Beijos.

  9. E o que fazer? Resenha boa, resenha ruim….É por essas e outras que já nem ligo pra resenhas do livros dele. E levo as ruins mais a sério, porque odiei a maioria que li…Queri mudar isso, mas pelo jeito não vai dar, vai ser outro muito mais ou menos =/

  10. Pelas resenhas que já li, esse é um livro que não vou ler tão cedo, e se eu puder te aconselhar não leia Private Jogos Olimpicos porque o enredo é cansativo. Nossa eu esperava mais desse autor, começo a pensar que ele é só propaganda. Espero que continuação desta série melhore.

  11. Gabi, eu tô no finalzinho do livro e concordo com cada palavra que você disse, e ainda digo mais: os irmãos Allgood estão mais X-men do que para Bruxo (a), e as jogadas com as sagas como HP e Percy Jackson? Tô achando o livro muito ruimzinho, de verdade.

    Beijo

  12. É uma pena que você não tenha gostado. Eu nunca tive muito interesse por esse livro e agora, tenho menos interesse ainda, rsrs.
    Beijoos

  13. Todo livraria que você entra tem falando alguma coisa sobre esse livro por isso fiquei bem interessado,mas não sei porque sempre achei que o livro iria ser ruim e parece que eu estava certo né kk

  14. Já ouvi o mesmo comentário em outras resenhas. Prometia muito,mas no final não era o que esperavam. Bem, lendo sua resenha entendo sua reação e fico um pouco triste. Porque estava louca pra ler e pensava até em comprar. Mas agora vou esperar, vou deixar rolar. Beijos.

  15. Caramba, eu estava tão empolgado com um livro e acabo tomando um balde de água fria.
    Realmente fizeram muita propaganda pelo livro e por esse motivo eu fiquei curiosa. Enfim, ainda quero ler pra ver se concordo ou não com a sua resenha.
    Beejo

  16. Ai gente esse livro ai eu achei um fracasso, de verdade como podem ter investido tanto no marketing para um livro tão raso? Eles fizeram tudo isso só pelo nome do autor que o livro levava? Porque o livro pela sua resenha (entra tantas que já vi) dizem que o livro tem personagens e enredo que não encantam ninguém e nem deixam o leitor com vontade de se aventurar por esse mundo!
    Ou seria esse o problema, fazer muito marketing e o povo todo ir cheio de expectativas fazer a leitura?
    Eu tenho que dizer que depois de tudo que já li a respeito, só vou dar uma chance a ele se eu ver que os proximos livros melhorem muito! Se não deixo passar, com certeza!
    :*

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista