Autora: Jodi Meadows
Editora: Valentina
Páginas:
288
Classificação:
3.5/5 estrelas

Dentro de um mundo onde apenas velhos existem, Ana nasceu pela primeira vez e é uma almanova. Sim, os outros habitantes de Range reencarnam há milhares de anos e nunca houve nenhuma novidade no processo. São sempre as mesmas almas, apenas em corpos diferentes. Porém, Ana, uma almanova, foi um erro. Ela nasceu no lugar de outra alma – que acabou perdendo sua vida para sempre graças à Ana.

Você não está feliz por ter a chance de existir?

Todos têm medo dela, afinal, quem seria o próximo a perder uma vida para a chegada de uma almanova? Sua própria mãe acreditava que ela era um mau presságio, uma sem alma. Dessa forma, a tirou de todo o convívio social e a prendeu em casa. Aos 18 anos, Ana sai de casa e vai à busca de seu caminho e respostas. No processo, ela acaba conhecendo Sam e juntos vão à cidade de Heart. No entanto, Sam – diferente de todos – acredita em Ana e em sua alma. Na medida em que ele a protege e a defende, sentimentos aparecem.

Não quero ficar sozinha (…) Não quero perder você.

Seria possível haver amor entre eles? Entre uma alma de cinco mil anos de idade e uma almanova que talvez nem reencarnasse em uma próxima vida? Além disso, a cidade está sendo tomada por dragões e sílfides – o pior pesadelo de Sam. Eles conseguirão sobreviver a tantos desafios? E ao conselho que os esperam com garras afiadas?

Se não se sentir real, ninguém mais pode fazer isso por você.

Almanova é um livro que espero ler a MUITO tempo. E finalmente tive a oportunidade de lê-lo. Mas, por criar tantas expectativas, que seria um livro nada menos que perfeito, que ele acabou me decepcionando. Me desculpem tirar a esperança de vocês, mas a grande verdade é que essa obra não é tudo isso que você está esperando. Vou ser sincera, eu gostei muito, mas não tanto quanto eu imaginava.

Para começar o plot em si é um tanto difícil de “engolir”. Conforme você conhece a história, vai achando meio estranha essa história de reencarnação e de que são as mesmas pessoas há tanto tempo. Que às vezes até mesmo casais românticos reencarnam em corpos do mesmo sexo, ou podem ser jovens ou idosos e, por esse motivo, se matam para que em uma próxima vida possam ficar juntos.

Bom, depois de toda a estranheza passar, conseguimos nos conectar com Ana, nossa personagem principal. E, bom Ana é muito inocente. Claro, é compreensível com a mãe que tinha e por nunca ter saído de casa. Mas às vezes é meio chatinho ver sua criancice enquanto Sam é um cara tão maduro – confesso esse casal foi meio difícil de começar a gostar.

Você sempre terá uma casa comigo.

Além disso, não há muitas surpresas a mais do que a autora promete. Porém, Almanova também tem seus pontos positivos: mesmo eu tendo achado um pouco estranho à história da reencarnação, também posso afirmar que foi uma inovação e tanto da autora se compararmos com os livros populares de hoje em dia. Não consigo imaginar nenhum livro que essa obra se assemelhe. Realmente, Jodi Meadows fez a trilogia Incarnate única.

E, depois de um final eletrizante – onde descobrimos todas as dúvidas que foram formuladas no livro inteiro – eu mal posso esperar para ler sua continuação. E, depois que você se acostuma, Ana e Sam podem até mesmo serem fofos. E eu quero muito saber o que acontecerá com eles. Então, que venha que Almanegra e que me surpreenda e me fascine como Almanova não o fez.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2067 pessoas visitaram
Publicado em 21/03/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!