[RESENHA NOVO CONCEITO] “Sociedade dos Meninos Gênios” – Lev AC Rosen


Autora: Lev AC Rosen
Editora: Novo Conceito
Páginas: 
544
Classificação:
4/5 estrelas

Violet Adams não é como as garotas de sua idade. Na verdade ela não é como nenhuma. Violet tem um sonho: ela ama a ciência. Vive e respira por isso. Dessa forma, Violet não quer arrumar um homem para se casar cedo, como é aconselhada a fazer. Ao contrário disso, ela quer entrar na faculdade e estudar. Porém a faculdade de Illyria só aceita garotos. Violet encontra a solução perfeita quando seu pai faz uma viagem de um ano a trabalho.

Junto com seu irmão gêmeo, ela viaja para Londres e se veste como ele para conseguir sua vaga na faculdade. Mas não é tão fácil quanto ela imaginava. Fingir ser um garoto foi o maior desafio de sua vida, principalmente quando sua amiga Cecily (que ela conheceu na faculdade) começa a se apaixonar por ela, e Violet pelo primo de sua amiga, o duque. Mas ela acaba em uma grande confusão de gênero e de sentimento. Vale a pena destruir corações para ir atrás de um sonho?

Em geral, as mulheres são fisicamente mais fracas, que é uma razão pela qual elas há tanto tempo são relegadas a uma condição de segunda classe. Elas são consideradas frágeis.

Esse steampunk é fan-tás-ti-co!!! Imagine quantas confusões temos dentro desse plot maravilhoso devido à coragem de Violet – o que nos dá muitas risadas. Além de todo o humor que temos nessa obra, o que mais me chamou atenção foi a determinação da personagem. No século 19 as mulheres eram desvalorizadas e esquecidas. Seu único papel mediante a sociedade era se casar, ter filhos e cuidar da casa. Mas, Violet mostrou ao mundo que isso é mentira. Que nós podemos ser muito mais do que isso (e somos!). Me apaixonei pela força de vontade de Violet.

Ela mostraria ao mundo – ou pelo menos ao mundo científico – que as mulheres eram iguais aos homens em todos os sentidos.

Além disso, Lev Ac Rosen abordou outro ponto que foi um casal gay. O irmão de Violet mantinha relações com seu empregado – o que seria um choque para toda a família – e eu gostei do autor ter falado sobre o assunto, visto que, o tema é tão temido pela maioria dos autores. Temos diversos papeis sendo invertidos, papeis que a sociedade naquela época era contra, mas que o autor mostrou ao contrário. Esse foi, sem dúvidas, o melhor do livro.

Que amor mais verdadeiro pode existir do que o amor à primeira vista?

Com uma narração em terceira pessoa, Rosen, infelizmente, se alongou muito em sua obra. O que nos levou a 544 páginas. Me desculpem, mas sou contra a tantas páginas em um livro. Principalmente quando há tanta informação desnecessária. Sendo mais sucinto, tenho certeza que o autor conseguiria ter atingido seu objetivo com muito mais eficiência.

Sempre acreditara que a melhor coisa a se fazer pela vida era viver sem medo, e era exatamente como fazia.

Apesar disso, é um ótimo livro e recomendo a todos sem exceção (menos aos que não têm paciência, devido ao número de páginas). Principalmente a aqueles que amam o gênero steampunk e que lutam a favor das mulheres que não são meras donas de casa, e, sim, a força que molda o mundo.


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabriela

"Nunca deixe os seus sonhos para trás".

Primeiros comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista