[RESENHA NOVO CONCEITO] “Um Ano Inesquecível” – Ronald Anthony


Autor: Ronald Anthony 
Editora: Novo Conceito
Páginas: 303
Classificação: 2.5/5 estrelas

Um Ano Inesquecível tem uma premissa bem legal, já que eu sempre quis que meus pais ou avôs tivessem uma história de amor daquelas bem clichês, o que não aconteceu, e como a vida não é um filme de Hollywood eu tenho que me contentar com livros de romance.

No romance, Mickey Sienna é um senhor de idade que perdeu sua esposa há algum tempo e está tentando levar a vida sem ela, o que não é fácil, já que por muito tempo foi ela quem cuidou dele. Jesse Sienna é o filho de Mickey e nunca teve uma boa relação com o pai. Além de ser um filho não planejado, ele também nasceu quando seus irmãos já eram mais velhos. Então, quando um acidente faz com que Mickey seja obrigado a morar com Jesse, ambos tem a oportunidade de começar novamente.

A história do livro é intercalada em diferentes períodos, o atual e em Manhattan no ano de 1947. Isso já traz uma diferença na trama e felizmente o autor consegue explorar bem esse elemento, contrastando o país atualmente com um Estados Unidos que ferve com oportunidades.

— Primeiro, a gente conquistaria o mundo. Depois, teríamos filhos juntos –  ele disse. – Era para a gente conquistar o mundo juntos.

Pena que o livro não chegue a ser tão bom assim. Primeiro com um Mickey aparentando ser muito apaixonado pela esposa e depois descobrimos que de fato não é bem essa a realidade, e essa inconstância me incomodou bastante já que o autor não parecia saber muito bem qual caminho ele queria seguir.

Também foi estranha a forma como ele abordou sobre certos assuntos graves, como o caso da irmã do Mickey, e que foi escrito de uma forma tão leviana que não chegou nem perto de me chocar ou causar à reação que é comum no leitor quando esse tipo de drama está envolvida.

O progresso da relação dos dois foi alternado de momentos doces e aqueles que causam uma certa estranheza na pessoa que está lendo. Também ficou meio irreal a forma em que ele facilmente esquece de sua mãe, sendo que ela foi  a única que deu atenção para ele quando era criança.

Se existe algo que eu gostei no livro foi a Marina, namorada de Jesse e uma pessoa com paciência infinita, pois aguentar a insegurança dele é algo que exige muito isso. Ela consegue até dar uma boa melhorada no livro e é divertida, pelo menos em comparação aos outros personagens terrivelmente chatos.

Então, no final, eu posso definir esse livro com só um sentimento: esperava mais.


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Pedro Henrique

Primeiros comentários

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

    1. Eu também me interessei também, já que achei que não teria muita mortes e tudo mais, mas nem isso ajudou muito.

      Obrigada por comentar 😀

  1. Gente que capa horrível. o.O
    A NC peca muito nas capas na minha opinião. :/
    E sim a gente julga o livro pela capa sempre, isso não vai mudar… rs

    Eu não tenho opinião formada sobre este livro, pois não li, não tenho AQUELA vontade e como vejo uns falando bem outros mal não sei mesmo o que pensar.
    Acho que só lendo para saber mesmo…

    1. Não posso falar nada porque gosto de capa com pessoas. Também não posso discordar que ela está sendo assim, mas você viu as capas de Abril? Eu gostei muito delas e sim, eu julgo muito um livro pela capa.

      Olha eu diria pra você guardar seu dinheiro e não comprar, mas acho que você tem que ter sua própria, então aproveite uma boa promoção e compre ele bem barato.

      Obrigada por comentar 😀

  2. “Cada cabeça é uma sentença”, então vou ler para tirar minhas próprias conclusões, mas por enquanto a premissa da história já me conquistou de cara.

  3. Oi debóra,adorei a resenha,parabéns!
    Realmente a vida não é um filme de Hollywood,mas às vezes bem que poderia ser,né?
    Achei a resenha interessante, provavelmente o tipo de livro que tem dramas familiares com assuntos mal resolvidos, e no caso a relação entre pais e filhos, onde o filho não tem sorte no amor,por causa de relacionamentos fracassados e o pai perdeu o amor de sua vida , depois desse acidente o pai vai ter que morar com o caçula ou então seria mandado para o asilo.O pai vai ficar triste e chocado com o comportamento do filho em relação ao amor. Também vai mostrar como é a vida dos personagens com seus sofrimentos e suas vidas,fiquei realmente muito curiosa para descobrir o que acontece no final.

    1. Sério? Fico feliz que você tenha gostado 😀

      Deveria ser, porque se fosse acho que eu já teria achado o meu protagonista e ele seria italiano. E foi basicamente tudo isso, só com algumas diferenças. Olha se você quiser saber mais, pode me chamar no twitter e eu te conto, acho que o povo vai ficar bravo com o spoiler, mesmo que o livro seja ruim. kkkkk

      Obrigado por comentar 😀

  4. Nossa, faz tempo que eu não tenho uma decepção assim com algum livro. Já não me atraia muito esse livro, depois da sua resenha então… posso dizer que provavelmente nunca irei lê-lo. Sei lá, parece bem parado, com uma trama meio desinteressante…

    1. Então, Ketelin, acho que você deve guardar seu dinheiro e usar em algo melhor. Fazia tempo que eu não tinha dessas, mas minhas marés também tem sido mais ou menos, to esperando algum livro muito bom.

      O autor não soube explorar a trama e ficou bem parado mesmo.

      Muito obrigada por comentar 🙂

  5. Ah sei lá esse tipo de história não me prende..li um livro nesse estilo A promessa e devo dizer que eu meio que sabia qual seria o final do livro desde do início parece que os autores tentam mudar algo mais não conseguem mesmo assim rsrs..
    A história fica cansativa e meio sem a noção que esperavamos.

    1. Olá, Monica.

      Sim, esses livros são muito previsíveis, mas quando bem usado eles fica muito bons, tipo como a Meg Cabot faz. Mas infelizmente não tem muitos iguais a ela e fica igual ao Tio Nick e o Ronald.

      Obrigado por comentar 😀

  6. eu não gosto muito de livro desse estilo, mas tinha ouvido vários comentários bons do livro, que bom que vi sua resenha antes de ler se não ia me decepcionar. E me lembra muito o Nicholas sparks tbm então nem vou ler.
    bjs

    1. Ahh eu gosto desse estilo algumas vezes, quando fico com uma enorme vontade de algo bem clichê, só que esses tem que ser bem utilizados e aqui não foi. Tio Nick não tem uma boa fama. kkkkk

      Brigadão por comentar.

  7. GENTE, eu queria TANTO, mas TANTO ler esse livro, e que depois de sua resenha fiquei com um pé atrás. Sabe, ainda quero ler, mas não sei se será uma leitura que valerá a pena, ainda mais quando se está com uma fila de livros pra ler. Quando surgir oportunidade, irei ler com certeza, pois só assim para eu tirar minhas conclusões.

    1. Oi, Joshua, Tudo Bem?

      Eu não queria ler o livro nessa intensidade, mas tinha algumas expectativas e infelizmente elas não foram correspondidas. Também acho que você deva ler, tirar suas conclusões e depois conta o que você achou ;D

      Obrigada por comentar.

  8. Que pena… eu também esperava mais do livro desde que o descobri. Fiquei frustrada, confesso, pois queria lê-lo. Agora acho que não vale a pena buscar essa leitura.

    1. Então, eu achei que seria um Nicholas Spark, sem que algum personagem fosse morrer durante o decorrer do livro. E como você pode ver, minhas expectativas não foram correspondida.

      Obrigada por comentar 😀

  9. Triste ler você escrevendo isso sobre esse livro Gabi, pois ele tinha chamado minha atenção e já estava até na minha lista de desejados. Vou avaliar se vale a pena mesmo ou não investir nele!

  10. Sempre quis conhecer alguém com uma história de amor “daquelas”, mas realmente, a realidade é outra história. Pena que o livro não seja tão bom e não cumpra seu papel, né? Não sei se eu leria, depois dessa resenha, mas quem sabe? bjs

  11. Eu sou apaixonada pela terceira idade, eles tem histórias maravilhosas para nós contar, além de que no geral são uns doces, pelo menos comigo. Qd vi esse livro de alguma forma resgatei a sensação que eles me trazem, tenho ele aqui e logo devo lê-lo!

    Miquilis

  12. Julgo um livro pela capa antes mesmo de ler a sinopse…e confesso achei a capa muito Down… Perdi o interesse… PENA… 🙁

  13. Eu tenho esse livro só que ainda não o li, mas parece que a historia é linda e deve nos ensinar muito, pois acho que nós devemos dar valor ao que temos do lado, pois se percebemos isso só depois de perder, as vezes pode ser tarde.

  14. Esse livro nunca me chamou muita atenção, mas li uma resenha que falava maravilhas dele e agora você fala que esperava mais… Não sei bem o que pensar. Acho que vou procurar mais críticas dele (:

    Brunna Carolinne – My Favorite Book – @MFBook
    myfavoritebook-mfb.blogspot.com.br

  15. Vc esperava mais, mas eu realmente adorei esse livro, achei que ele passa uma lição muito importante, vc deve dar valor as coisas importantes, deve reconhecer isso… Eu realmente recomendo!

  16. Gosto muito das capas da NC, mas definitivamente essa não é uma das que eu gosto, rs.
    Acho que não li nenhuma resenha muito positiva em relação a esse livro. Gosto mais livros do tipo ou você ama ou odeia, rs. Esses meio termo sei lá na dúvida sempre acabo não lendo, rs.

  17. Debs já até tinha falado contigo que ainda estou louca pra ler esse livro, só me falta tempo e prioridades (sou totalmente aleatória). Nem ligo mais pras capas da NC pq são bonitas ou bem esquisitas, mas nessa nem tenho opinião.
    Apesar de vc não ter gostado, eu acho que vou gostar. Eu gosto bastante de livros de drama familiar, que me faz pensar na vida… Espero que não seja uma decepção =)

  18. A Novo Conceito lança um milhão de livros por mês e no meio sempre vem um BEM fraquinho. Não tinha me interessado nem quando saiu, quem dirá agora, depois de ler sua resenha…

  19. Eu tenho esse livro mas depois da sua resenha, acho que não vou ler tão cedo, não. Também esperava que fosse bem melhor desenvolvido. E personagens chatos, é? Daí fica difícil. Acho que vou dar um tempo para então me jogar na leitura.

  20. Quando vi o livro sendo divulgado, não fiquei curiosa nem nada do tipo, mas depois de saber como é a história me deu vontade de ler… não sei porque, só quero saber mais sobre a relação desses três (Jesse, Marina e Mickey)…

  21. Para começar tenho que dizer que cada vez que olho para essa capa, penso nos livros do Nicholas Sparks xD por que? eu não faço ideia.
    Agora quanto ai livro, você tirou as palavras da minha boca, eu fiquei muito indignada com a parte de eles esquecer tão facilmente da mãe sabe, como isso? ela foi a unica que deu atenção e carinho para ele e ele consegue se esquecer dela assim de uma hora para outra, além dos altos e baixos da relação serem tão surreais que ficava dificil acreditar… uma pena, pois a trama tinha tudo para ser maravilhosa se fosse melhor desenvolvida!

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista