[RESENHA LEYA] “A Morte da Luz” – George R. R. Martin


Autor: George R. R. Martin
Editora: LeYa
Páginas: 336
Classificação: 3/5 estrelas

A Morte da Luz é o primeiro romance de George R. R. Martin, conhecido por seu bestseller As Crônicas de Gelo e Fogo, mas é um ledo engano quem pegá-lo esperando mais do talento que o autor demonstrou na saga que o tornou famoso. O livro é bom e encontramos vislumbres do porque de George R. R. Martin ser quem é hoje, mas nada muito surpreendente.

O livro gira em torno de Worlorn, planeta que está morrendo, e suas quatorze cidades, construídas durante um breve momento em que foi possível a vida prosperar, estão morrendo também. planeta está prestes a morrer, seu caminho se afasta das estrelas que trazem vida àquele lugar.  Worlorn não é o planeta que Dirk t’Larien imaginava, e Gwen Delvano não é mais a mulher que conhecera. Ela está ligada a outro homem e a esse planeta moribundo preso no crepúsculo, seguindo em direção à noite sem fim. Em meio à paisagem desoladora, há um violento choque de culturas, no qual não há códigos ou honra e uma batalha se espalhará rapidamente.

O que mais impactou nessa obra foram o choque entre culturas, eu gostei da forma que o autor explorou isso, apesar de nem sempre de uma forma bonita. Quanto ao suspense, a trama demorou tanto a tomar força, que logo a vontade que eu tinha de ler o  livro foi se esfumaçando, lendo poucas páginas por dia por simples curiosidade, e confesso que o massacre de personagens também não ajudou muito em alavancar a leitura.

Com personagens bem construídos, esse livro é ideal para quem adora ficção científica. Apesar de não ter me agradado tanto, isso se deve mais ao fato de que iniciei a leitura esperando mais enquanto, na verdade, eu deveria ter esquecido quem estava escrevendo o livro, deixando as comparações de lado, já que com os outros livros do autor em mente, não foi possível aproveitar a leitura de algo que não chegou nem aos pés de As Crônicas de Gelo e Fogo.


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabrielle

"Guerra é Paz. Liberdade é Escravidão: Ignorância é Força"

Primeiros comentários

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. O Martin é um mestre e esse livro deve ser maravilhoso. Mal posso esperar para comprar. Me arrependi muito de não ter comprado em uma promoção que estava 10 reais.
    Eu amo As Crônicas de Gelo e Fogo e tenho certeza que vou amar ainda mais esse livro. Ainda mais depois de ler sua resenha.
    Beijos

  2. Para ser sincera, eu não gosto muito de ficção científica, e nem sou muito chegada ao Martin, não tenho nada contra os livros deles, só não me interessam… É bem ruim quando a gente ler um livro com muitas expectativas e eles não as preenchem.
    Enfim, gostei da resenha, beijoos :*

  3. George é um autor genial e estou super ansiosa pra ler a nova história dele. Achei legal vc ter mencionado como ele abordou o choque entre as culturas. Adoro esses assuntos *-*
    Parabéns pela resenha!

  4. Eu quero muito, muito ler esse livro! Nunca li Martin, mas tenho mt vontade de ler as cronicas de gelo e fogo também! A maioria das resenhas que li falaram muito bem, elas estão na minha lista de leitura, mas quando eu vou consequir chegar nelas só Nossa Senhora da Literatura pra saber,rsrsrsr. Parabéns pela resenha ficou ótima!!!

  5. Ainda não li As cronicas de Gelo e Fogo, sempre penso que poderia estar lendo 5 livros e to somente naquele gigantesco rs Mas logo logo vou ler.

  6. sou super, super fã de George R. R. Martin, depois das Crônicas de gelo e fogo, assisto loucamente e estou ansiosa pela terceira temporada de Game of Trones.

  7. Eu li esse livro com altas expectativas depois de A Dança dos Dragões, e não me decepcionei nem um pouco. O livro não é tanto ficção científica quanto um estudo sobre relacões, culturas e honra. O background desse universo é muito bom e bem denso, servindo como base para diversas outras histórias de Martin, como o excelente Tuf Voyaging. A Morte da Luz descreve vividamente as belas paisagens, me deixando cada vez mais curioso pela descrição da próxima cidade. Muito criativo, muito sincero e sem rodeios (como sempre), o autor virou um favorito meu depois deste livro.

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista