[RESENHA GERAÇÃO] “Algemas de Seda” – Frank Baldwin


Autor: Frank Baldwin
Editora: Geração Editorial
Páginas: 320
Classificação: 3/5 estrelas

Em Algemas de SedaFrank Baldwin nos apresenta um thriller erótico envolvendo um homem perturbado e uma mulher inocente. Mimi Lessing está noiva e há poucas semanas de se casar quando conhece Jake Teller, seu novo colega de trabalho. Disposto a seduzi-la, ele a convida a ser voyeur em seus jogos eróticos e Mimi acaba entrando em um jogo de prazer e dor à medida que questiona seus sentimentos e a pessoa que realmente é.

Enquanto isso, um homem perigoso secretamente a vigia em todos os momentos. E quando as mulheres que relacionaram-se com Jake começam a desaparecer, Jake e Mimi vão logo perceber que em jogos envolvendo dor eles ainda são meros iniciantes.

Alguns livros são eróticos mas ainda assim adaptáveis para maiores de dezesseis. E outros, como Algemas de Seda, vão além do que eu considero aceitável para menores de dezoito. Na Coleção Muito Prazer, esse livro está na categoria mais leve, a Picante, mas se esse livro é considerado um picante razoável para a editora, estou com medo de saber o que estará na categoria Muito Picante.

Nós pecamos com plena consciência de que estamos pecando.

Baldwin escreveu uma obra cínica, depravada e cruelmente fiel. Jake, ao nascer, deve ter sido untado em mel, jogado no açúcar, e lambuzado no chocolate, e meu único pensamento referente a ele em grande parte do livro era “nossa, o cara é bom“.  E em meio a flashbacks envolvendo Jake, o autor tenta forçar um thriller, mas ele só chega a ser feliz, algumas poucas vezes, ao aplicar o erotismo.

Os homens veem garotas decentes e querem destruí-las. Eles não conseguem evitar.

Apesar de a trama não convencer, ou melhor, a resolução da trama, pois Jake descobre o possível assassino em um estalar de dedos, é um bom livro e o primeiro de uma coleção que tem tudo para dar certo.


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabrielle

"Guerra é Paz. Liberdade é Escravidão: Ignorância é Força"

Primeiros comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Em meio a moda de livro eróticos, este me parece ser bem razoável.Confesso que não curto livros eróticos, não pela questão de moralismo nada disso, o fato é que nestas estorias as mulheres sempre são são postas como objeto masculino e nada mais.

  2. estava curiosa sobre esse livro,nunca li um livro de suspense erótico,como sempre resenha impecável,que faz agente querer ler o livro a todo custo. rsrs

  3. Quando vi a capa, me apaixonei por ela e fui logo procurar sobre o livro. Com a onda dos livros eróticos é interessante ver como os autores levam a história a diante. Achei o livro interessante, porém a história repetitiva.

  4. Depois de cinquenta tons de cinza, veio um bombardeio de livros eróticos aqui no Brasil que me impressiona. Porque muitos deles não são nem tão bons, não tem uma história bem construída e parecem ter sido feitos apenas para vender, sem se preocupar com a escrita. Estou fugindo dos livros eróticos atuais hahaha É muito livro que não vale a pena. Parabéns pela resenha!

  5. Sempre gostei do tema e realmente alguns livros do gênero são ruins, principalmente agora que virou moda. Pela resenha, parece tem um toque de suspense que pode tornar a estória interessante.

  6. Não gosto muito de histórias que vem uma pessoa e acaba com a história talvez esse eu ñ goste tanto, mas vc pode indicar outros livros bem melhores pra mim.Bjs

  7. Opa essa capa muito me chama atenção lendo seu post fiquei curiosa sobre a historia mesmo sabendo q não ha muito suspense sobre o assassino.

  8. Muito interessante esse livro.

    Muito boa sua resenha.
    Acho de depois de 50 tons de cinza tudo que existe de literatura picante. Abriu espaço para outros autores.

    Ah, mas dentro dessa nova febre de romance hot, eu recomendo um nacional “Redes Sensuais”. Ele me tocou por ser mais real e pela trama mais elaborada sem deixar de lado o erotismo.

    Eu fiquei sabendo deste livro pelo Facebook e comprei pela internet, mas agora apareceu uma versão gratuita aqui neste link http://ge.tt/78mDJLP. Quem curte esse tipo de romance vale a pena conferir.

  9. Finalmente alguém falou de “Redes Sensuais” então não estou ficando louca!!! Porque este livro só eu conheço, ninguém nunca ouviu falar. O problema é que trata-se de uma história com sexo sim, só que é bem mais intrigante e exige mais atenção (e inteligência) do leitor. Não sabia da versão gratuita comprei o meu pela internet meio ao ver a indicação no “Jornal da Orla” e adorei!!!! Viva o livro nacional!

  10. O livro é interessante. O problema é o final…muito confuso. Agora dizer que é “mais intenso que cinquenta tons de cinza” é demais!A história em nada se parece com a do Grey e Ana. Jake e Mimi nem transam… Enfim,é um livro interessante. I

  11. O livro é interessante. O problema é o final…muito confuso. Agora dizer que é “mais intenso que cinquenta tons de cinza” é demais!A história em nada se parece com a do Grey e Ana. Jake e Mimi nem transam… Enfim,recomendo, mas sem entusiasmo.

  12. Oi gabi. Um dia antes de comprar este livro, fui ler algumas resenhas sobre ele. Como nao gostei da maioria, nao comprei. Mas como sou compulsiva,nao vai demorar muito ate eu resolver compra-lo.

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista