[RESENHA PARALELA] “A Idade dos Milagres” – Karen Thompson Walker


Autora: Karen Thompson Walker
Editora: Paralela
Páginas: 216
Classificação: 4/5 estrelas

Pense em um distopia que você leu recentemente. Um mundo devastado, seres humanos próximos à extinção… Agora imagine o mundo antes de chegar a tal ponto e o evento que mudou tudo. Assim é A Idade dos Milagres. O livro reflete o nosso mundo atual transformando-se com a desaceleração da Terra. Ninguém esperava, ninguém sabe explicar. Você já imaginou que o final dos tempos já pode ter começado?

Estou sempre em busca de uma prova de que aquilo que é feito às vezes pode ser desfeito.

E se os dias ficassem cada vez mais longos — primeiro minutos, depois horas, e logo após dias? Julia, uma garota com onze anos no momento em que ocorre o evento, narra sua história e como sua vida mudou após essa desgraça que afetou os dias, o clima, os seres vivos na Terra e, principalmente, sua vida.

 Eu não sei direito como começar, como passar a mensagem que esse livro me deixou.  A narração de Julia é tão simples e expressiva, e junto à isso há os pedaços de informações que ela deixa do futuro — é uma Julia já adulta que narra os acontecimentos de quando tudo aconteceu –, que é muito fácil se jogar na leitura, ficar curioso para saber o que está por vir. Eu sinto como se conhecesse Julia, como se a qualquer momento fosse encontrar ela na rua e não só em minha estante. A autora soube investir em pequenos detalhes que, juntos, formaram um ótimo e tocante livro.

Há também outros personagens onde a autora não se aprofundou tanto mas mesmo assim ótimos. Um deles é Seth, o garoto taciturno que encontramos quase sempre nos livros e por quem sempre nos apaixonamos também. Eu sei que é perto do impossível mas seria ótimo ter um livro onde ele é o narrador.

Agora, quantos aos pontos negativos, o que mais destoou foi a idade de Julia. As ações e sentimentos da protagonista simplesmente não batem com sua idade. Tudo bem, ela poder ter uma alma velha, uma Julia adulta está narrando, não importa, esse é um ponto que deixará muitos leitores confusos. Só por essa razão acho que o livro merece três estrela, mas eu fui tão completamente sugada, eu cai tão fundo por esse livro, que eu simplesmente não consigo diminuir sua nota. Você se pega torcendo, se enchendo de esperança e, claro, chorando. O que mais me abalou foi como a desaceleração interrompeu milhares de vidas e amores que não tiveram a oportunidade de ir em frente.  Eu não definiria a obra como distopia, mas com certeza ela dá um baile em muitas por aí.

Talvez as histórias mais tristes são as que menos exigem palavras.

 É difícil recomendar o livro de Karen Thompson Walker. Eu sinto que o público em geral prefere ou romances ou livros sangrentos e cheios de bang bang. Mas deem uma chance, leia algo que te faça pensar no mundo em que vivemos. Deixem de lado somente dessa vez esses livros eróticos que cada vez conquistam mais o mercado, e parem para ler A Idade dos Milagres.


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabrielle

"Guerra é Paz. Liberdade é Escravidão: Ignorância é Força"

Primeiros comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Oi Gabi,
    Eu adorei esse livro, ele é mto profundo. Refleti nele de uma forma simples um romance dramático em um cenários apocalíptico… E descordando de vc acho que Julia é daquela forma mais madura pela sua criação… pelas transformações e traumas… Mas realmente adorei sua resenha… e a graça de ler um livro é essa as diferentes percepções né?
    bom domingo!
    bjokas

  2. Adorei essa sua indicação:Mas deem uma chance, leia algo que te faça pensar no mundo em que vivemos. Deixem de lado somente dessa vez esses livros eróticos que cada vez conquistam mais o mercado, e parem para ler A Idade dos Milagres.

    Gosto de leituras que irão trazer algo de inspirador para minha evolução. Pela sua resenha esse livro é assim. Espero ter a oportunidade de lê-lo em breve.

    Um leve bater de asas para todos!!!!!!!!!!

  3. Gostei muito da resenha. Despertou em mim um desejo ardente de ler este livro. Posso afirmar que lia apenas uma distopia em minha vida, mas valeu a pena. Me interesso muito, também, por livros que coloquem de lado um pouco da ação irrefletida e deixem aos leitores reflexões sobre a sociedade…
    Enfim, se der, lerei.

  4. é complicado quando a narrativa vem de uma pessoa e a idade nao combina! já li livros em primeira pessoa, por exemplo, em que era uma criança falando, mas o vocabulário e a maturidade envolvida nao tinham nada a ver!
    mesmo assim gostei dessa resenha, tenho pego muitos livros por causa da editora e nao li nenhum da paralela ainda! acho que vou começar com esse!

  5. Nossa, que tudo esse livro!!! Não queria estar na pele da Julia, que medo do mundo acabando e os dias ficando mais longos kkkk

    Que pena a ação da Julia não é apropriada para a idade dela, a autora podia deixar ela mais velha!

    Não vejo a hora de ler *o*
    Beijos

  6. Tenho visto alguns livros em que a idade da personagem destoa de seus pensamentos e ações, mas ainda bem que isso não diminuiu o seu envolvimento com a história. Ótima resenha.
    bjs… Elis Culceag.

  7. Tenho lido muita coisa sobre esse livro. Ainda não tive oportunidade de lê-lo.
    Sabemos que para ter uma distopia é necessário ter uma causa. No caso de Julia, ela passa por problemas tipicos da adolescência, mais o fato de que seus pais estão com crise no casamentos, etc… O fato da terra estar com seus dias mais longos, interfere também no humor das pessoas. Isso tudo faz com os leitores passem a ver o final do mundo sob os olhos da adolescente.
    Gostei de sua resenha.

  8. amo esses livros que tem muito mais a te dar,claro que darei uma chance pra ele rsrs. um livro que tbm achei mensagens que coloca o leitor pra pensar, foi esperança de jogos vorazes,ele diz bastante que somos nos que vamos,acabar uns com os outros, ótima resenha.

  9. Só li um livro de distopia, que foi Delírio, da Lauren.
    Esse parece ser bastante interessante e comovente, e como você mesmo disse, nos faz parar pra pensar !
    Também acho que devíamos ler mais distopias, para ver se damos mais valor ao que temos hoje ! E começamos a se importar com outros !
    Vai que essas distopias viram realidade ! kk
    Beijooos :*

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista