[RESENHA ARQUEIRO] “A Vida em Tons de Cinza” – Ruta Sepetys


Autor: Ruta Sepetys
Editora: Arqueiro
Páginas: 240
Classificação: 4/5 estrelas

A Vida em Tons de Cinza passa-se em 1941, quando a URSS anexa os países bálticos (Lituânia, Letônia e Estônia), e o impacto que isso acarreta à uma garota e toda sua família. Lina estava prestes a realizar seu sonho de estudar arte porém sua liberdade é tirada e ela é jogada em campos de trabalhos forçados. Em cada campo que passa, ela encontra miséria, morte, estrupo, e humilhação. Sua única esperança vem dos nazistas mas a situação por todo o mundo também está precária, e a ajuda está longe de chegar.

Quando me achava à beira do abismo da desesperança, ele voltava para o outro lado por causa de alguma pequena bondade.

Ler essa obra é um tanto irônico. Ao mesmo tempo que o livro vende milhões e toca cada leitor, em alguns cantos do mundo há guerras civis e genocídios. A história centra-se em um evento ocorrido há mais de cinquenta anos mas ainda hoje a coisa está podre. Então, mesmo que eu a acredite que a leitura pode mudar o mundo (é sério, eu acredito), eu estou cética se esse livro afetou tanto seus leitores a ponte de os mesmos protestarem contra todas as mortes diárias e a fome por todo o mundo.

É preciso defender o que é certo sem esperar gratidão nem recompensa.

Ruta Sepetys desenhou personagens corajosos, encantadores e fortes nessa obra, e soube demonstrar bem que a vida não é preto no branco, ninguém é totalmente mau nem mesmo bom. Mesclando tristeza e esperança, lágrimas e risadas, sem dúvidas A Vida em Tons de Cinza foi o título adequado para esse livro. Ainda mais adequado foi a autora demonstrar que seu objetivo não é dar uma lição de moral, mas sim consolar ao demonstrar que o amor consola e é objeto de esperança para pessoas que não possuem nada mais além disso. E, acima de tudo, o livro é um lembrete sobre um povo corajoso e esquecido.

O amor nos revela a natureza realmente milagrosa do espírito humano.

Eu considero esse e outros tantos livros que tratam sobre guerra, preconceito, e miséria, leituras obrigatórias, principalmente nos dias atuais. Nunca é tarde para sair de nossa zona de conforto e vivenciar, através de uma história muito bem escrita, que o mundo não é tão cor de rosa como imaginamos e que nossos maiores medos são realidade para muitos jovens em alguns cantos do mundo.

Minha maior esperança é que estas páginas despertem sua mais profunda compaixão. Espero que levem você a fazer alguma coisa, a contar a alguém. Somente então poderemos ter certeza de que esse tipo de mal jamais voltará a se repetir.


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabrielle

"Guerra é Paz. Liberdade é Escravidão: Ignorância é Força"

Primeiros comentários

Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

  1. Gosto de livros que retratem esse período trágico e vergonhoso da história do mundo. Apesar de muito tristes, em geral, servem para que não percamos de vista o quanto podemos construir com a solidariedade e a compaixão.
    Fiquei com vontade de ler, mas confesso ter um certo ‘medo’ pelo sofrimento que esses fatos violentos trazem junto.

  2. Eu concordo com você que esse tipo de livro é leitura obrigatoria, mas li tantos livros sobre guerra e misérias, que por um tempo não quero mais. Acredito que esse seja um ótimo livro e muito bem escrito, quem sabe eu consiga ler futuramente.

  3. Interessante. Gostei do seu ponto de vista.
    Eu apostaria no livro pelo fato de abordar sobre a história também.
    Gosto de livros assim. Enfim, parabéns pela resenha. 🙂

    Beijo!

  4. Gostei muito da resenha, mas confesso que histórias mais fortes e densas não são minhas preferidas. Prefiro ler fantasias, aventura, terror, mistério, investigação, etc. Mas não descarto lê-lo algum dia.

    @_Dom_Dom

  5. Ah, uma amiga minha já leu este livroooo! 😀 Particularmente, não gosto deste tipo de leitura, pois é de muitos anos atrás e não gosto de histórias de “época” HAHA’ mas pelos comentários que vi na net e minha própria amiga me disse que é muito bom, então acho que valha a pena sim ler este livro! 😀

  6. Existem obras que dou um tempo na leitura. O sofrimento fica impregnado em mim, por isso tenho que estar com a cabeça boa. Este é um destes livros. Já o tive nas mãos, mas deixei para um outro momento. Novamente o peguei, mas sem coragem o coloquei na estante. Quem sabe um dia eu ainda o leia.

  7. Já estava namorando esse livro a alguns dias, desde que vi vários comentários positivos seguidos sobre ele e fiquei MUITO feliz quando vi que ele estava custando menos de 9 reais na promoção do Submarino. Adoro esse tipo de drama, guerras e URSS e estou ansiosa para le-lo.

  8. Oi..

    Tu sabe que quase comprei esse livro esse mês, mas achei que era ruim e desistir da compra. Mas, depois de ler a tua resenha me arrependi porque vi que estava completamente errada e ele é muito bom, e assim que entrar em promoção de novo eu compro.

  9. Adorei sua resenha, mas nao me interessei pelo livro, nao por ele ser ruim, pois me parece nao ser, mas pela historia… é muito sofrimento, nao sei se conseguiria ler

  10. Concordo plenamente com você, quando considera “… livros que tratam sobre guerra, preconceito, e miséria, leituras obrigatórias, principalmente nos dias atuais.” Excelente. Já conhecia o livro e essa foi uma das melhores se não a melhor resenha dele que já li.

  11. É muito bom ler esse tipo de livro atualmente, nós precisamos dessas informações e por isso concordo com você…
    Não vou dizer que curto esse tipo de livro que fala da realidade, prefiro os de ficção, mas sempre acabo lendo, história até que não é tão chato assim…

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista