[BIENAL DO LIVRO] Companhia das Letras confirma presença de Pauline Alphen


A editora Companhia das Letras confirmou através de suas redes sociais que Pauline Alphen, autora  da saga Crônicas de Salicanda, A odalisca e o elefante e A porta estava aberta, estará prestigiando e marcando presença na  22ª edição da Bienal do Livro de São Paulo, que ocorrerá entre os dias 09 e 19 de agosto. Confira o perfil da autora:

[box_light]Pauline Alphen… [/box_light]


 

 

 

 

… Nasceu no Rio de Janeiro, em 1961. Filha de pai francês e mãe alagoana cresceu na França e ainda hoje vive em Paris. É escritora, tradutora e autora de livros infantis. Em 1994 publicou o livro de poemas Aviso aos navegantes (edição artesanal) e participou da coletânea Língua solta (Rosa dos tempos).

 

[box_dark]Obras[/box_dark]

Claris e Jad são irmãos gêmeos tão inversos quanto idênticos. Compartilham sentimentos e pensamentos, mas enquanto Jad tem um coração frágil e sofre de enxaquecas terríveis, condições que lhe impedem de passar muito tempo ao ar livre, Claris é uma garota cheia de vida, destemida, que sonha em viver grandes aventuras. Aventuras como as que lê na Torre dos Livros, onde seu melancólico pai vive enfurnado desde o sumiço da mulher; aventuras como aquelas que a mãe lia para ela; aventuras como as que Jad, com seus problemas de saúde, não pode experimentar. Eles vivem em uma aldeia chamada Salicanda, em um castelo cravado num vale isolado por uma cadeia de montanhas e encharcado por uma chuva fina e incessante, com o pai, Eben; um preceptor, Blaise; e a ama, Chandra. A mãe, Sierra, desapareceu em uma noite de temporal, no dia em que os gêmeos completavam três anos, deixando a família despedaçada e muitas perguntas no ar. Claris, que divide o tempo entre os livros, as aulas de esgrima e as cavalgadas na floresta, anda obcecada com a ideia de que as aventuras são sempre protagonizadas por meninos – o que ela acha extremamente irritante. Mas está enganada, pois vai viver uma aventura e tanto ao lado do irmão. À procura de respostas para os mistérios que envolvem o sumiço da mãe, a história de Salicanda e os dons sobrenaturais que parecem ter herdado de Sierra, os gêmeos vão ultrapassar as fronteiras do castelo onde vivem e também do seu mundo: aquele da infância dos dois, o de um passado que eles desconhecem.

A odalisca e o elefante – a estréia de Pauline Alphen na ficção – tem a magia das histórias que ficam na memória sem nenhum esforço, sem que ninguém tenha que fazer força para se lembrar delas. O tema é o mais antigo de todos: o amor e suas conseqüências na vida das pessoas. Os personagens são, de certa forma, uma jovem odalisca de orelhinhas perfeitas e um enorme elefante branco. Uma das coisas mais bonitas deste romance é o desfecho, pela maneira como ele subitamente organiza toda a narrativa: de um momento para o outro as peças se encaixam, o amor ilumina o mundo e tudo faz sentido. E, contando uma história na linguagem comum a toda a imaginação humana, A odalisca e o elefante não precisa escolher seus leitores: eles podem ter quinze ou setenta e cinco anos, desde que já tenham ouvido falar em amor.

 

Família. Raízes e ramos que se estendem até onde a vista não alcança mais. Laços e desafetos, afinidades e arestas, aconchego, angústia, dificuldades e situações curiosas ou de extrema felicidade, peças que compõem as histórias, a história infinita de nossa vida. É no vislumbre de uma porta aberta, uma fresta no tempo, que Paulo encontra sua história. Entre a morte do avô querido e o nascimento do irmão tão desejado, a visão da árvore genealógica, árvore da vida, lança o garoto numa vertigem da qual ele sai transformado, amadurecido. Pessoas vão e vêm, nascem e morrem, cumprem seu papel no destino maior, na história maior, da qual as lembranças do passado e a esperança no futuro são esteios fundamentais. O aprendizado? O presente, vida que segue.?Parecia-lhe que tudo estava como devia estar?

strong


Gostou? Compartilhe com os seus amigos!

0

Qual sua Reação?

hate hate
0
hate
confused confused
0
confused
fail fail
0
fail
fun fun
0
fun
geeky geeky
0
geeky
love love
0
love
lol lol
0
lol
omg omg
0
omg
win win
0
win
Gabrielle

"Guerra é Paz. Liberdade é Escravidão: Ignorância é Força"

Primeiros comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Choose A Format
Quiz Personalizado
Série de perguntas que pretende revelar algo sobre a personalidade
Trivia quiz
Série de perguntas com respostas certas e erradas que pretende verificar o conhecimento
Votação
Votar para tomar decisões ou determinar opiniões
Notícia ou resenha
Texto formatado com incorporações e visuais
Lista
Os clássicos da Internet Listicles
Lista aberta
Envie seu próprio item e vote para o melhor envio
Lista Rankeada
Vota ou desce para decidir o melhor item da lista