Autor: Rainbow Rowell
Editora: Novo Século
Páginas:
368
Classificação:
5/5 estrelas

Lincoln é funcionário da área de TI de um jornal, e sua função, dentre outras coisas, é monitorar um programa que filtra e-mails que fugiriam da política da empresa, isso ainda na virada do ano entre 1999 para o 2000. Através desses e-mails ele conhece duas amigas, que sempre caem no filtro de conversas indevidas, mas Lincoln desde o início não vê problemas nas conversas das duas amigas, que falam mais da vida pessoal, problemas no relacionamento, caras fofos da empresa, família, do que do trabalho em si.

As amigas em questão são Jennifer, uma revisora, casada e que passa por uma pressão do seu marido para engravidar, algo que a coloca em um dilema. E Beth, uma resenhista de filmes o trabalho dos meus sonhos para o jornal, que possui um relacionamento estável com Chris, um rockeiro de uma banda de sucesso local, e aparentemente está feliz com a vida que leva.

O que é interessante, é que o leitor consegue construir uma personalidade para cada uma delas usando só conversas por e-mail, algo que é difícil de se fazer, já vi outros livros contados por e-mail onde ao chegar no final você não conseguia construir aquele personagem como uma pessoa real, aqui não, Rainbow consegue trazer as amigas a vida.

<> Acho que estou grávida.
<> O que? Por que você acha que está grávida?
<> Eu tomei três drinques sábado passado
<> Acho que precisamos ter uma conversa sobra a cegonha. Não é exatamente assim que acontece.

Assim como Lincoln você se torna um voyeur na vida das duas amigas, aos poucos vamos ganhando intimidade, como se você fosse o terceiro amigo dentro da conversa. E em paralelo com a história das amigas, temos o nosso protagonista: Lincoln. Acompanhamos o dia-a-dia dele no trabalho, com sua família, suas partidas de RPG aos sábados e seus poucos amigos, e a medida que a história se desenrola também conhecemos um pouco do seu passado. Lincoln é um bom moço, fofo, sarcástico, nerd e divertido, é impossível não se apaixonar por ele e torcer loucamente para que ele seja feliz para sempre.

– Eu não gosto muito de festas – disse Lincoln.
– Não vai ser uma grande festa sabe? Revisores fazem festas horríveis.
– Você está mesmo me mostrando o lado bom.

Rainbow realmente sabe escrever bons personagens masculinos, que não pareçam a visão de uma mulher de como um homem deveria ser, é simplesmente alguém que nos parece real. É algo que ela faz com todos os seus personagens: trazer verossimilhança ao leitor e fazer com que ele se envolva na vida deles. Seja um funcionário de TI, uma escritora de fanfic, dois adolescentes ou um casal em crise. Você se conecta, se importa, se envolve e torce muito por cada um dos seus personagens, algo que poucos autores possuem a capacidade de fazer.

O que mais agrada em Anexos é a construção do romance. Assim como nos outros livros da autora, ela vai construindo as relações de forma lenta e natural. Não estou dizendo que amor à primeira vista não exista, vai saber, não é mesmo? Entretanto, um romance bem construído é aquele que consegue levar seu tempo para crescer. Particularmente, não gosto de amores arrebatadores e exagerados, gosto da coisa feita com calma e ver algo nascer e crescer com muita expectativa. E é exatamente assim que a autora constrói o romance em Anexos, com calma, aos poucos, em alguns momentos você até desacredita que vá dar certo, mesmo assim você torce e vai vivendo os sentimentos até o final.

Anexos é um livro fofo, divertido, apaixonante, traz a nostalgia da época da virada do milênio para os velhos como eu, até mesmo com referências ao bug do milênio (lembra dele?). Ao mesmo tempo o livro trata da verdadeira amizade, temas da vida cotidiana, e um romance delicioso construído de forma muito singela. Realmente um livro que vale a pena ser lido e que te entretem em suas mais de 360 páginas. Se você ainda não conhece a Rainbow Rowell, o que você está esperando?

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
4147 pessoas visitaram
Publicado em 04/11/2016
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Daniela disse:

    Estava com saudades das suas resenhas! Adoro lê-las porque temos praticamente o mesmo gosto literário. Não sei se a frequência de resenhas diminuiu ou se eu já li praticamente todas e por isso fico no aguardo, ansiosamente, hahaha!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!