Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Páginas:
 117
Classificação:
 3.5/5 estrelas

Esse é um livro que eu não esperava e sequer desejava ler. Se você acompanha a série Rosemary Beach, então já está claro o tipo de personagem que Kiro é: egoísta, tão centrado em seu mundo que fica difícil pegar um carinho e se aproximar. Mas, quando a Arqueiro liberou o livro para download gratuito, não pensei duas vezes e me joguei na história (afinal, foi de graça né amigos!!), e que delícia foi morder a língua. Kiro, se não foi um dos melhores protagonistas dessa série, está perto de ser.

Nesse conto/livro, retornamos ao passado para ver como ocorre o primeiro encontro entre Kiro e Emily, e como a paixão cresce a partir de então até Emily tornar-se a única mulher que Kiro amaria para sempre, a única mulher que mudou a vida de Kiro. Esta é sua história.

Esta mulher é a minha salvação. Ela é a minha âncora neste mundo.

Infelizmente em alguns pontos a autora não se aprofundou — e faltou esse leve mergulho na trama para que eu chorasse todas as pitangas de vez. Mas no geral ela se jogou para apresentar Emily, a mulher que conquistou Kiro de tal forma que ele vive assombrado desde que ela “saiu” de sua vida.

O melhor é que toda a construção não apelou para que o leitor perdoasse Kiro. É bem claro sua obsessão, e ainda mais evidente como ele fica sem chão com tudo o que ocorre, então ao leitor só nos resta lidar com sua dor. Em essencial, esse é o apelo da série: anos após tê-la iniciado, e ainda que eu aponte os livros como superficiais e bem água com açúcar em alguns pontos, as histórias escritas por Abbi Glines também conquistam de tal forma que você se vê sendo parte de uma família, curiosa com o caminho que cada um vai seguir, e sofre e se alegra com cada acontecimento. Assim foi com Kiro, e assim será com os próximos personagens.

Acredito que, a cada vida, recebemos uma alma gêmea. Não me entenda mal, acho que uma pessoa pode se apaixonar mais de uma vez. Mas encontrar sua cara-metade é algo completamente diferente. A gente não apenas ama essa pessoa, a gente a adora. Essa pessoa é o nosso mundo. O nosso motivo de viver. A única coisa nesta existência que fará tudo ficar bem. Quando encontramos nossa alma gêmea, encontramos nosso propósito. Amar essa pessoa. Desfrutar a vida com ela.
O problema de tudo isso é: o que acontece quando perdemos nossa cara-metade? Quando essa única pessoa que vamos amar por toda a eternidade nos é tirada?

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
14228 pessoas visitaram
Publicado em 03/10/2016
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!