Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Páginas:
320
Classificação:
 4/5 estrelas
Essa resenha contêm spoilers de Como Eu Era Antes de Você.

Depois de soltar rios de lágrimas em Como Eu Era Antes de Você, chega o inesperado Depois de Você, onde seguimos com a história de Louisa Clark, que ainda não conseguiu superar o fato de ter perdido Will. Agora ela mora em um apartamento – que em suas palavras, o dinheiro de Will comprou – em Londres e trabalha em uma lanchonete no aeroporto. Tudo segue na tranquilidade que a rotina lhe proporciona, até que ela cai do terraço de seu apartamento e tudo muda.

Devido ao acidente, ela é obrigada a voltar a sua antiga casa para ficar sob os cuidados de seus pais, onde ela precisa encarar sua atual situação e a pergunta que mais uma vez surge: o que fazer de sua vida? Ela também conhece o paramédico Sam Fielding –- que a resgatou no dia de sua queda.  Ao voltar para Londres, Lou tenta aos poucos se reerguer. Porém, ela se depara com uma GRANDE surpresa pairando a sua porta e o seu maior desafio será lidar com isso. Lou agora encontrará força em um grupo de terapia de luto -– pessoas com dificuldades para seguir em frente –- e com a pessoa que mais lhe entende no momento: Sam.

Você não me deu vida, deu? De jeito nenhum. Só acabou com a minha antiga. Desfez em pedacinhos. O que eu faço com o que sobrou?

Foi difícil encontrar coragem para conseguir ler a sequência de Como eu era antes de você. Como lidar com esse novo cenário, com uma Lou sem Will? Pelo que ela teria passado? E o pior: será que Jojo Moyes estragaria uma história tão perfeita com sua sequência?

Bem, eu já adianto que Jojo acalmou os corações dos leitores que estavam apreensivos de continuarem com a leitura ao continuar com o mesmo ritmo de leitura. Sério, eu consegui ler perfeitamente sem sentir nenhuma dor por ser “um livro forçado” – e eu fiquei muito feliz com isso. Lou continua a mesma pessoa de antes. Ela sente muito a falta de seu amor e é muito difícil voltar a ter uma vida significativa. E, mais uma vez, nos deparamos com seu amadurecimento. A diferença é que dessa vez ela conta com a ajuda de outras pessoas nesse processo e não o nosso querido Will.

A vida é curta, não é?

E estava tudo indo bem, até eu chegar nas partes finais de Depois de Você. Jojo nos deu um final um tanto inconclusivo e agora ficarei para sempre me perguntando o que irá acontecer a seguir.

Mas sem contar esse detalhe descrito acima, esse livro não diminuiu em nada meu amor por essa história, só foi um caminho diferente a percorrer. Dessa vez, a maior lição está na dificuldade em superar uma perda, seguir em frente e colocar sua vida nos trilhos, e mesmo que não haja Will para nos emocionar, a autora ainda suga algumas de minhas lágrimas  quando tenta ajudar Lou, e o leitor, a se levantar e seguir em frente para uma próxima aventura. Não é fácil, mas como Will disse, é nossa obrigação aproveitar a vida da melhor forma possível, ou pelo menos tentar.

Nenhum de nós segue em frente sem olhar para trás. Seguimos em frente sempre levando aqueles que perdemos.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
30081 pessoas visitaram
Publicado em 10/02/2016
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Jullyane Prado disse:

    Ansiosa pra ler esse sequência e imaginando como será triste sem o Will! Ainda não superei o final de Como Eu Era Antes de Você!! Preciso de coragem pra ler esse livro! Bjs!

  2. Cibele disse:

    Terminei de ler ontem e, apesar de ter gostado muito da história, dos personagens e ter devorado o livro em um dia, achei o final inconclusivo também… penso que a autora poderia ter sido “mais generosa” com Lou e Sam. Mas, enfim, de modo geral gostei muito.

  3. Monique disse:

    Depois de ler depois de você, na minha humilde opinião o livro ñ precisaria existir. A historia não tem liga e chega a ser revoltante… Em muitos momento me deu sono, em outros uma revolta, em outros tédio e por fim frustração!!!! A tal surpresa inesperada é insuportável e não há sentido nenhum dessa bomba cair p Lou. O Sam na minha opinião não tem química alguma com a Lou, ñ houve uma conquista, nem um romance envolvente o que tornou o casal frio e chato. Gostaria muito que a autora seguisse a mesma linha de como acaba o livro anterior, que nos faz pensar em uma Lou modificada o que nao ocorre. JÁ APAGUEI ESSE LIVRO DA MENTE E ME CONTENTO EM IMAGINAR O QUE HOUVE COM A LOU DEPOIS DO WILL…

  4. Lívia disse:

    O Como eu era antes de você é uma catarse, toda vez que eu lembro me dá muita vontade de chorar, por mais que não quisesse que ele morresse esse livro nos faz refletir sobre o quanto somos egoístas ao amar alguém; Amar é arte de ceder, saber respeitar a decisão do outro mesmo não concordando e aceitando, sobrepor a nossa vontade, ser altruísta, pois isso que Lou é.

    O Depois de você merece uma continuação, pois Lou merece um final feliz após todas essas desgraças, pra ver se ela finalmente se encontrou e, gostaria de saber qual será o desfecho dela com o Sam.

  5. Katnisstris disse:

    Confesso que perdi a coragem de ler a sequência…não encontrei razões ainda (apesar de ter folheado, com a intenção de ver se fale a pena?… ) Loucura né?
    Agora entendo que o título do livro não se refere a Will e sim a Lou.

    *Spoiler*

    De certa forma, é compreensível o fato de Will ter desistido, era evidente e em certos momentos ele deixa claro o quanto queria que suas mãos pudessem tocar nela, sentir… talvez um abraço…
    Mas pensei que ele daria um pouco mais de tempo… acreditei que o amor de Lou fosse transformar.
    Achei um tanto egoísta sua morte. E podem dizer que ele tinha escolha e direito e essas coisas, mas ele pensou somente nele e não naqueles que o amava… seria menos doloroso se ele tivesse partido quando estava com pneumonia, por exemplo.
    Fiquei totalmente frustrada. Tanto que resolvi desabafar aqui.
    Ele não deu chance à ela, nenhuma.
    Ainda posso imaginar o toque da pele deles quando ela o barbeava, ou o rubor no pescoço, quando ela cortou a etiqueta da camisa com o dente.
    Ele tentava mudá-la, assim como ela também tentou.
    Fiquei esperando o primeiro beijo… houveram tantas cenas que poderia ter acontecido naturalmente, como na dança ou depois do labirinto por exemplo. Mas só aconteceu em um ato desesperado dela tentar fazer com que ele mudasse de ideia.

    Achei a relação dela com o namorado muito arrastada… dava pra ver que não tinha conexão, era questão de tempo até que ele a traísse… se é que não o tinha feito.

    Mas, para mim ficou um pequeno vazio.
    Penso que não deveria ter lido… no começo achei incrível, depois foi perdendo a força…
    Estranho como a gente se envolve na estória…

    1. Camila disse:

      minhas palavras as palavras da leitora acima… KATNISSTRIS

    2. Eline disse:

      Eu nunca me senti tão tocada por uma história como me senti por essa de Jojo Moyes, no fundo também me apaixonei por Will e também não consegui superar, assim como acredito que Lou nunca conseguirá, justamente por não ter tido escolha, não ter havido tempo de se decepcionar, de viver de forma intensa esse amor. Acredito que por mais que o tempo passe ela sempre vai se imaginar ao lado dele, cuidando dele, amando ele, afinal é o que todos fazemos quando estamos apaixonados. Mesmo lendo o ” Depois de você” e achando também um bom livro, não era esse fim que queria pra Lou, ou seja, reviver o passado todos os dias ao lado de Nathan, relembrando pra sempre os momentos e namorando a distância com alguém que parece ser só um objeto sexual em sua vida tipo pra suprir suas carências. Lou merece sim ser feliz, nem que seja um livro espirita. kkkkk

  6. Jéssica Borba disse:

    Ainda estou lendo o livro, e não vejo a hora que termine.

    Simplesmente desnecessária esta continuação.

  7. Mizael da Silva disse:

    Não terminei de lê-lo, mas estou à par dos acontecimentos. Sinceramente eu esperava que a Lou fosse fazer com que o Will mudasse de idéia, mas infelizmente não é o que acontece. E sinceramente, acho que aí está o forte do livro. Fugir do clichê dos finais feliz e surpreender o leitor. Eu queria que o Will mudasse de idéia, mas é um ensinamento que o livro nos dá, que a vida foge as expectativas. Nem sempre as coisas funcionam como queríamos que assim fosse.
    Enfim, é um livro maravilhoso. E aconselhável lê-lo com uma caixinha de lenços.

  8. Cristiane Santos disse:

    Ao ler um comentário em um jornal,fiquei apaixonada e desejei muito ler,Como eu era antes de você.Ganhei o livro de presente de meu irmão,e á cada página lida,me vinha ansiedade em descobrir qual seria o desfecho…confesso que me senti desolada.Em meu dia dia,vejo pessoas partindo das mais diversas formas,mas pq não tinham possibilidades ou houve alguma fatalidade.Apesar de Will ter uma vida cheia de limitações,pensei que o amor de Lou faria a diferença,mas prevaleceu a vontade de Will.Estou ansiosa para ler a continuação e já receosa imaginando que haverá mais dor e sofrimento…Lou tbm merece uma chance.

  9. Carina Marques disse:

    Eu gostei muito de ler os dois livros e estou quase implorando por um terceiro! Para tirar essa má impressão de que Lou não aprendeu nada com tudo o que houve e honestamente não concordo em Endeusar o Will, poxa o cara abandonou todo mundo, que lição ele poderia ter deixado para a Lou sofrer tanto no segundo livro, em minha opinião pessoal ele não merece créditos. Fato que ela não aprendeu nada foi o final terrível que concordo, voltar a trabalhar com Nathan seria doloroso, e quando ela finalmente encontra alguém para cuidar dela, eles vivem longe. Espero que Jojo nos dê um terceiro livro mais feliz, uma Lou completa e mudada!

  10. Anie disse:

    Sinceramente, achei desnecessário esse livro.Não vejo sintonia de Lou/ Sam. Estórias sem nexo, pai de Will tendo filho, flha problemática aparecendo do nada, irmã que nada e não sai da praia…Não me senti envolvida como no primeiro,sem graça e sem estória. Nem terminei de ler!!!!

  11. Marcia disse:

    Não gostei do livro depois de você. A autora devia ter engavetado essa obra. História forçada. Louisa pega os problemas de todos pra si como uma desculpa pra não viver. Justificativa ridícula pro comportamento da Lily. Ela era problemática mesmo antes da chantagem. A Camilla era juíza e não pediu um exame de DNA da suposta neta? Sei não… Me arrependi de ler.

  12. Luciana Fuster disse:

    Nossa, acabei de ler Como eu era antes de você ontem a noite, confesso que ainda estou chocada, estamos acostumadas com finais felizes, o que não aconteceu…senti tanta dor, tanta dor…Num primeiro momento me arrependi de ter lido, chorei horrores, acordei meu marido, e me pergunto: que sofrimento é esse?
    Depois me acalmando pensei realmente que a vida é assim, a decisão era de Will, concordo, mas…sei lá, acho que o amor entre eles merecia viver.
    Estou com Depois de você aqui comigo, não sei quando vou começar a ler, gostaria que contasse que Lou tornara-se uma pessoa bem sucedida, que fez faculdade, mas pelo jeito não é bem assim, bom a hora que tomar coragem começo a ler, sinceramente não sei quando será…

  13. Sayonara disse:

    li os dois livros, gostei e tal, mais, tipo a garota passa a historia toda se lamentando pela vida que te tem, ela se acha um fracasso (depois de voçê). Fiquei toda empolgada quando ela começou o romance com Sam. quer dizer ela fez as pazes com a familia superou o luto, fez amigos, tinha um emprego, casa propria, carro, um namorado legal, conseguiu ajudar a filha do will. ai simplismente ela vai embora deixa tudo pra tras, pra ir em busca da felicidade? quer dizer terminou a historia sendo a mesma imbesil que era no primeiro livro.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!