Se você não está acompanhando a temporada atual não leia. Contém spoilers! Esse texto foi escrito por Gabriela e Débora (cor azul).

Depois de uma onda de episódios fracos e queda de audiência, The Vampire Diaries iniciou a sexta temporada com a promessa de uma possível melhora em sua trama.  E isso aconteceu, porém com uma triste notícia: Nina Dobrev –- mais conhecida como a personagem Elena Gilbert – deixaria a série. Como a série poderia ter continuação sem a personagem principal? Qual seria o rumo de TVD? O que aconteceria com o tão famoso triângulo amoroso?

Com muitos mistérios e ansiedade conferimos a última cena de Elena. Eu, particularmente, gostei do fim que os produtores decidiram dar a ela. Eles conseguiram dar uma brecha para a mesma retornar no fim da série e solucionar algumas questões ainda abertas.

Primeiramente, eu queria parabenizar todos que ainda estão assistindo TVD. Afinal de contas, não foi nada fácil ter que aguentar plots horrorosos e sem nexos, como a caça da outra Salvatore que não deu em nada e aquela coisa horrível que foi a história da origem dos doppelgangers, personagens avulsos que não serviram para nada e só roubaram tempo dos nossos favoritos – cof April Young cof-, vilões que prometiam tanto e não entregaram nada, como Silas e aqueles mágicos viajantes que eram moradores do reino do patético e que agora os nomes eu não recordo  e por fim a morte da nossa amada, diva, rainha de TVD: Katherine Pierce.

A sexta temporada não foi tão ruim assim, eu particularmente gostei daquele mundo alternativo que era a prisão de Kai e as interações entre Bonnie e Damon trouxeram um frescor a série que eu não via desde as primeiras temporadas e eu realmente queria que tivesse durado um pouco mais, afinal Kat e Ian possuem uma química incrível e não é a toa que grande parte da crítica americana elogiou as cenas que eles fizeram juntos.

Ademais, Kai foi até um bom vilão – nunca no nível dos Originais, mas quem consegue? – e realmente causou bastante estrago, sinceramente acredito que ele tinha potencial para ser um vilão incrível na sétima, mas todo mundo sabe que Julie Plec  não se importa com potencial – um exemplo seria a Kat, que foi mal utilizada por mais de cinco temporadas.

E foi nessa sexta que a querida Nina decidiu se libertar e procurar novos horizontes – acho que ela tava cansada de interpretar mil e quinhentas doppelgangers, afinal de contas é TVD e não Orphan Black. Mas como a Gabi disse, haviam várias especulações de como seria a saída da Nina e como ficaria a série depois dela.  

Eu gostei do último adeus da Elena, tocou vários pontos importantes da personagem, nos fez relembrar de vários momentos fundamentais, como quando  Bonnie revelou que era uma bruxa, e nos fez derramar algumas lágrimas. Mas eu acho que seria muito melhor se a personagem tivesse decido sair da cidade por um tempo para descobrir quem ela é depois de tudo, afinal, Elena e seus amigos passaram por muitas coisas e perderam pessoas suficiente para que uma viagem para longe de Mystic Falls pareça uma ótima saída.

Mas como The Vampire Diaries está se saindo depois da saída da personagem principal?

Damon: Damon ainda estava aprendendo a lidar com a falta de seu amor. Ele me parece uma “alma perdida” e não sei o que esperar dele pelos próximos episódios.

Para mim, o Damon sem Elena está bem melhor, não que isso seja um opinião imparcial já que eu estou farta do triângulo e suas angustias. Mas mesmo ainda se apegando a memória da Elena, o que é meio chato, nem reclamo porque é algo tão Damon,  afinal o cara ficou cento  e tantos anos procurando a Katherine. Além disso, é divertido e interessante ver ele interagindo mais com outros personagens, como a Bonnie, Alaric e, principalmente, Stefan.

Sinceramente, eu acho que uma das escolhas mais acertadas foi focar mais na relação entre os irmãos, os dois tem muita história juntos que merece ser melhor explorada e cada momento entre eles é uma delícia de assistir.

Stefan: Raramente se lembra de Elena, e está mais focado em seus problemas pessoais (que são muitos!). Stefan teve um maior destaque nessa temporada e estou gostando das mudanças

Stefan é um dos personagens que eu mais gosto na série e, como eu declarei acima, estou amando todos os momentos entre ele e Damon, é ótimo ver os dois interagindo sem o triângulo pesando em suas consciências e ações. E claro, estou adorando o relacionamento de Stefan e Caroline, que merece o troféu de casal mais fofo do ano.  Tem algumas coisas que são desnecessárias, mas eu falo mais delas abaixo.  

Bonnie: A Bonnie continua sendo maravilhosa como sempre e roubando o meu pobre coraçãozinho a cada momento. Eu estou amando todas as interações dela com o Damon e como ela não tá nem aí para o mimimi dele, sempre pronta para chamar a atenção do bad boy quando necessário, ajudar nos planos malucos deles (mas vamos falar a real, esses dois juntos são muito mais eficientes que a gangue de Mystic Falls inteira), e ser uma das melhores amigas do mundo, além de um potencial interesse amoroso para Damon (O quê? Não me culpe. O meu clichê predileto é de amigos que viram algo mais e se funcionou para Stefan e Caroline, por quê não Damon e Bonnie?)

E enquanto isso não acontece, eu estou amando ver o desenvolvimento do relacionamento entre Bonnie e Enzo, a química entre os dois está irresistível e  deixa sempre com um gostinho de quero mais, aquele beijo no flashfoward só me fez ficar mais ansiosa para ver os dois juntos e como o Damon vai reagir depois de souber seu amigo e sua melhor amiga estão ficando juntos.

Caroline: Agora com ainda mais destaque após a saída de Nina, Caroline se faz muito importante na série. A atriz que a interpreta engravidou na vida real (parabéns, Candice!), e a pergunta no ar é o que será agora sem Caroline?

Caroline continua fofa como sempre, mas participando do plot mais sem noção da temporada, quiça de toda TVD. Gente, até que deu para engolir o bebê do Klaus, sendo ele um híbrido e a mãe uma loba, mas vampiro tendo filho? Como assim? Não faz nenhum sentido biologicamente e nós poderíamos ter vivido sem essa.  

Além disso, o que que foi aquilo nos flashfowards? Que coisa horrorosa, eu não sei como pode aquele povo teve a coragem de colocar a Caroline, minha baby vamp e a pessoa mais doce do mundo, com aquele professorzinho aspirante a caçador que está ficando mais horroroso a cada ano.

Matt, Alaric e Tyler: Sim, vamos falar deles todos juntos porque são aqueles personagens ignorados que já deram o que tinha que dar e agora estão aí sem função na trama.

O Trevino, que interpreta o Tyler, estava até pronto para sair da série e deu o adeus junto com Nina, mas retornou porque o piloto da série que ele estava fazendo não deu certo e agora está fazendo ponta, o que para mim não é problema porque né, homem bonito é sempre bom de se ver. Mas gostaria que os roteiristas tivessem mais amor pelo Tyler, pelo menos poderia explorar mais a mitologia dos lobos e parar um pouco de inventar mil e quinhentos híbridos.

No entanto, os outros dois personagens, Matt e Alaric, já deveriam ter saído da série, primeiro que o Matt não serviu para nada desde o início e não acrescenta em nada agora, enquanto Alaric deveria estar morto há muito tempo ao lado de Jenna, a história dele já teve seu desfecho e não dá mais para investir nessa trama de noiva cadáver, gêmeas de O Iluminado e pegando a sua antiga estudante (alguém lembra o povo que isso aqui é TVD e não PLL).

Triângulo amoroso: O novo triângulo amoroso envolvendo Stefan é demais. Eu mal posso esperar pelo seu desfecho. Quem diria que ele teria tanto o que viver após Elena, não e mesmo?

Diferente da Gabi, eu não curti muito esse novo triângulo amoroso, porque antes de mais nada é um triângulo  e eu tenho pavor disso, e ainda há essa bobagem de primeiro amor do Stefan que já deu, a cada temporada um amor novo não dá, colega, sério.

Novos vilões: Esperava muito mais deles e no fim eles estão longe de representarem um real terror como nos tempos de Klaus (bons tempos).

Vamos falar a verdade, faz muito tempo que os vilões de TVD não são críveis, bons tempos aqueles entre a segunda temporada e a terceira. E vocês pode me falar: Mas Débora, os Originais só começaram a agir mesmo na terceira e quarta temporada e eu concordaria, porém desde que Klaus começou a fazer desenhos do My Little Pony para a Caroline, a Rebekah ficou correndo atrás do amor eterno e o Elijah dividido entre a Elena e Katherine que o meu radar de péssimos vilões começou a apitar.

Se vale a pena destacar alguns dos vilões, eles seriam Kol, que acabou sendo morto pelo pseudo caçador Jeremy (e que coisa vergonhosa  é ser morto pelo irmãozinho mais novo da Elena), e  Kai Parker, que merecia ter continuado como vilão dessa temporada.

Já com os novos vilões é difícil distinguir quem é quem naquele círculo e olha que eles tinham tudo para serem extremamente fodas, afinal de contas são híbridos de bruxa e vampiro, algo que nunca antes visto. Mas não! Eles ficam nesse mimimi ridículo e estou esperando que apresentem um vilão melhor nessa nova metade que está para estrear, porque a versão paraguaia do Klaus não me convenceu e nem esse vampirinhos de nada. 

O único desses Heréticos que eu salvaria seria  o Oscar – e olha o que aconteceu com ele – e o Kai, porque ele pelo menos era um vilão digno e dava até mesmo para ser um anti-herói dessa turminha do barulho que é o povo de Mystic Falls.

Enfim, já tivemos perdas, surpresas e romances nessa temporada. E eu admito: até que está andando, mas, espero do fundo do meu coração que pare por aí. Não há mais o que acrescentar em TVD. A questão da audiência está tão crítica que a partir desse ano a série começará a ser exibida nas sextas-feiras (anteriormente era nas quintas) e agora estamos apenas aguardando a notícia de seu cancelamento.

Diferente da Gabi, eu ainda acho que a série vai durar por um bom tempo, primeiro porque ela passa na CW e todo mundo sabe que essa daí nunca deixa suas séries acabarem com dignidade, vide Supernatural. Segundo porque aparentemente TVD e TO triplicam sua audiência quando se conta as visualizações online, então acho que vamos ter que aguentar TVD por algum tempo. 

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
7180 pessoas visitaram
Publicado em 07/01/2016
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Joice Cardoso disse:

    Olá pessoas! Adorei o resumão que fizeram, eu tinha dado uma desanimada depois que a Nina saiu mas agora vejo que tem muita coisa boa e relevante rolando. E nossa não sabia que o Tyler tinha voltado adorei, mas queria ver ele com a Caroline, podia justificar mais o filho dela quem sabe hahaha sei lá!

    Vamos ver ^^

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    1. Gabriela disse:

      Olá Joice! Que bom que gostou 🙂 Nossa voce nem vai acreditar a justificativa que deram… depois que voltar assistir comenta aqui o que achou!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!