Autora: Hélène Grémillon
Editora: Aeroplano
Páginas:
256
Classificação:
4.5/5 estrelas

Após a morte de sua querida mãe, Camille começa a receber cartas de condolências. Quando finalmente tem coragem, ela inicia a leitura delas, e descobre, entre elas, uma carta que não é exatamente como outras. É destinada a ela, mas, se trata de uma história sobre duas pessoas: Louis e Annie. Ambos se conheceram na infância e cresceram juntos, porém se separaram quando Annie virou amiga de uma senhora que se mudou para o vilarejo deles.

Camille não entende o motivo de estar recebendo tais cartas. Ela acredita ser um engano, que estejam enviando para a pessoa errada. Mas como não tem nenhuma informação de remetente, ela não sabe o que fazer. E se as cartas, na realidade, fossem para ela mesmo? Camille começa a acreditar nisso quando a história das cartas progride e ela percebe algumas semelhanças com a sua vida. E se as informações contidas nessas cartas mudassem tudo que ela sabe sobre a sua vida até aquele momento?

Recebi esse livro como cortesia da editora Aeroplano e não sabia muito bem o que pensar sobre ele. Na verdade, não esperava muito dele. Mas, ao pesquisar, descobri que O Confidente é um sucesso na Europa e que foi escrito pela jornalista Hélègene Grémillon.

Nunca sabemos como é morrer até morrermos de verdade.

Não contei muitos detalhes da história, acredito que uma das melhores maneiras de o ler é sem saber muito sobre o que irá acontecer.  Durante a leitura, eu não fazia a menor ideia do que aconteceria a seguir e há todo momento eu tinha uma surpresa diferente. Esse foi um dos maiores motivos por ter gostado tanto dele.

O Confidente tem sua narrativa feita em primeira pessoa por Camille e também pelas cartas que a mesma recebe, escritas por um desconhecido. Dessa forma, conseguimos entender melhor a história que ocorreu no passado e o que a personagem está sentindo e como está reagindo a isso. Fiquei impressionada pela força dela, ao lidar com a morte da mãe, com o que está descobrindo e com sua gravidez. Ao invés de ficar se lamentando, ela conseguiu enfrentar tudo e sozinha.

Não são os outros que nos infligem as piores decepções, mas, sim, o choque entre a realidade e o entusiasmo da nossa imaginação.

O sentimento que a autora conseguiu nos passar através dessa história foi incrível. Até agora não sei como lidar com todo o enredo e o que faria se fosse eu no lugar da personagem. O Confidente é uma história completa, repleta de sentimentos e emoções, com personagens fortes e intrigantes, como plano de fundo a segunda guerra mundial e o maior amor que pode existir: o amor entre mãe e filho.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
3884 pessoas visitaram
Publicado em 22/12/2015
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!