Autora: Jennifer Lyon
Editora: Charme
Páginas:
212
Classificação:
3.5/5 estrelas

Só Você é a segunda parte de The Plus One Chronicles e mostra como a relação do bilionário Sloane Michaels e Kat Thayne amadurece enquanto eles precisam fazer difíceis escolhas.

Você tem o poder de partir meu coração.

O selvagem Sloane Michaels sempre escolheu suas parceiras cuidadosamente, inclusive a sua mais recente conquista, a confeiteira Kat Thayne. Mas o controle de Sloane é desafiado quando seu mentor fica gravemente doente e sua necessidade de possuir Kat, a qualquer custo, rivaliza apenas com seu único objetivo, que é motivado pelo espírito de vingança pelo assassinato de sua irmã.

“Você está chorando.”
“Estou.”
“Por Sara?”
“Por vocês dois.
“Por que eu? Eu não morri.”
“Acho que uma parte sua morreu.”

Já Kat, após sobreviver a um ataque anos atrás, só que aprender a seguir em frente, e para isso ela precisará enfrentar o passado e ganhar mais força para o que está por vir. E o encaixe seria perfeito se o lado sombrio do homem que quer protegê-la a qualquer custo também não fosse capaz de destruí-la mais facilmente do que qualquer outro.

Kat e Sloane são tão diferentes quanto iguais. Ambos querem superar o passado, mas cada qual com um caminho diferente. Sloane quer vingança pela morte de sua irmã, já Kat só quer desvendar a verdade sobre o que realmente aconteceu em seu ataque há seis anos. E esse é o principal conflito do relacionamento, porque apesar do passado de Kat não ser maravilhoso, ela não está disposta a correr para um futuro encharcado em sangue, nem mesmo por Sloane.

Ele não é capaz de amar, mas é plenamente capaz de assassinar.

E então há Drake, a peça chave para fazer esse romance dar certo. Por mais frágil que esteja, ele mostra a todos, inclusive o leitor, que a força vai muito além do físico e essa é exatamente a lição que os protagonistas precisam aprender antes que ele se vá.

“Isso não vai mudar nada, apenas você. Você ainda vai carregar a memória de encontrá-la, ainda vai sentir como tendo falhado com ela, mas só que depois você vai saber que também é um assassino. E isso muda um homem.”
“Não sou você.”
“Não. Você é melhor do que eu.”

Entretanto, o nosso mocinho é um ogro, muitas vezes estúpido e com a incrível fé de que as pessoas precisam dançar conforme sua música, e mesmo ao encontrar uma mulher que o entenda e quebra suas barreiras, deixar o orgulho de lado já é mais complicado. Então mesmo que role a química, haja uma história triste para emocionar, com um ao lado do outro para lamber suas feridas, entre outras coisas, não dá para dizer que rolou.

Todos os ingredientes estão aqui, o drama, romance, o cara sexy, mas a ligação com a história não aconteceu, foi somente uma entre tantas outras, boa o suficiente para ler toda a trilogia, mas longe de entrar para minha lista de romances favoritos — e aparentemente eu sou uma exceção, essa trilogia já garantiu uma legião de fãs no GoodReads.

Não que eu não tenha aproveitado a leitura. Mesmo que por vezes doce demais, essa é uma história curta, não dá nem tempo de enjoar, e enquanto Sloane precisa decidir entre conseguir o quer, e perder Kat no caminho, ou perdoar e seguir em frente, confesso que torci loucamente para o chicote estralar e o drama se intensificar até mais. Não aconteceu, mas o livro terminou com a promessa de que o desfecho será melhor.

“Entramos muito fundo nisso.”
“Talvez, mas estamos nisso juntos. Agora, é isso que importa.”

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
4566 pessoas visitaram
Publicado em 10/12/2015
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!