Em seu perfil no Twitter, J.K. Rowling explicou um tema há muito debatido por seus fãs: a escolha do nome de Snape para um dos filhos de Harry Potter. “Snape morreu por Harry por amor a Lilian. Harry lhe prestou um tributo como forma de perdão e gratidão,” disse a autora. Mas nem por isso ela — e os fãs — esquecem que ele estava longe de ser um herói perfeito, então Rowling adiciona: “Snape era completamente cinza. Você não pode fazer dele um santo: ele era vingativo e praticava bullying. Mas você também não pode transformá-lo em um diabo: ele morreu para salvar o mundo da magia”.

E a autora é categórica ao dizer que o objetivo é fazer uma homenagem por quem lutou até o fim, mesmo que não de uma forma muito legal em várias de suas ações: “Em homenagem ao Snape, Harry confiou em seu coração que ele também seria perdoado. As mortes na Batalha de Hogwarts iriam assombrar Harry para sempre. Snape não morreu por ‘ideais’. Ele morreu em uma tentativa de extinguir a sua culpa. Ele poderia ter quebrado o disfarce a qualquer momento para se salvar, mas ele escolheu não contar a Voldemort que este estava cometendo um erro fatal ao perseguir o Harry. O silêncio do Snape assegurou a vitória do Harry“.

Rowling ainda disse que Harry decidiu escolher o nome do Snape e do Dumbledore — e não outros importantes personagens que também faleceram — porque os dois não possuíam mais ninguém na família que pudesse perpetuar os seus nomes.

Lord Voldemort.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
33524 pessoas visitaram
Publicado em 27/11/2015
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!