Autora: Sarah Dessen
Editora: Seguinte  
Páginas:
 408
Classificação:
 5/5 estrelas

Os bons segredos conta a história de Sydney, uma garota que sempre viveu a sombra de seu irmão mais velho, Peyton, o menino de ouro da família, mas quando este acaba sendo preso por causar um acidente que deixou um garoto paraplégico, Sydney percebe que é hora de mudar. E é e sua nova escola que conhece Layla Chatham e descobre que sua vida nunca será a mesma.

Sarah Dessen é uma das minhas escritoras favoritas de Jovem Adulto, principalmente porque ela sabe retratar a adolescência de uma maneira deliciosa e sincera, sem pecar em excessos e ações melodramáticas. Assim, foi maravilhoso saber que a editora Seguinte publicaria o mais novo livro da autora.

Uma das coisas que eu mais amo na Sarah são seus personagens, pois a autora retrata eles de uma maneira muito humana, é permitido a eles terem dúvidas, defeitos e medos. Assim, é fácil se apegar a Sydney, nossa protagonista, que está tentando se encontrar no meio da turbulência que é sua situação familiar enquanto torce para que tudo melhore.

Se eu era a garota invisível, Layla era a estrela cintilante em torno da qual seus amigos e parentes giravam.

Falando na Sydney, eu nunca tinha percebido quão “barraqueira” sou até ler esse livro, havia situações que eu queria brigar com a mãe dela por não prestar atenção na filha e não perceber o perigo em que estava colocando-a. Em contrapartida, acho que não tem como não amar a família Chatham, principalmente Layla, que sempre esteve com Sydney e abriu para ela um mundo novo de possibilidades. Sem dúvidas ela merece o cartão de melhor amiga do mundo.

Outra coisa que eu amo nos livros da Sarah é como o romance não tem tanto foco assim na trama, mas não deixa de estar presente e foi muita fofura acompanhar o desenvolvimento da relação entre o Mac e a Sydney, principalmente porque não tem nada de atração instantânea e juras de amor depois de dois dias do primeiro encontro.

De repente, me senti tão impotente. Se eu odiava multidões mas também odiava minha própria companhia, onde isso me deixava?

A narrativa por si só já é maravilhosa, a autora sabe achar o equilíbrio perfeito entre desenvolver os personagens e  progredir com a história. E mesmo com uma trama mais pesada sobre como a prisão de alguém afeta uma família, Sarah consegue trazer uma leveza na narrativa que faz você não querer largar o livro em nenhum minuto.

É bem visível que eu só tenho a falar bem da escrita de Sarah. Mesmo com a pegada juvenil, seus livros não tem idade, e mais uma vez ela apresentou um romance fascinante, recheado de personagens incríveis e descrições de comidas que vão te deixar com água na boca, agora só falta você provar.

Para todas as garotas invisíveis e para meus leitores, por me notarem.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2333 pessoas visitaram
Publicado em 18/09/2015
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Tish disse:

    Até agora só vi resenhas positivas sobre o livro e minha ansiedade de lê-lo só aumenta.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!