Autora: Abbi Glines
Editora: Arqueiro
Páginas: 
208
Classificação:
3/5 estrelas

Depois dos acontecimentos avassaladores de Simples Perfeição, Rush Sem Limites chega para aliviar um pouco de toda a tensão e preparar o terreno para os próximos livros de Rosemary Beach. Isso seria perfeito se não fosse um pequeno problema: Rush é um cretino!

Minha. Blaire é minha.

O livro conta exatamente a história de Paixão Sem Limites, mas dessa vez pelo ponto de vista de Rush, então pouco a pouco vamos conferindo seu amor paternal por Nan, como a família dele realmente o “suga” e até sua relação com o pai de Blaire.

E então há a evolução de sua relação com Blaire, como ela parou de ser a garota que poderia desestabilizar sua irmã para alguém que ele ama acima de tudo e todos.

Dizem que  você colhe o que planta. Besteira. Porque eu deveria estar queimando no inferno pelos meus pecados. Não deveria poder acordar todos os dias com essa mulher linda que me ama incondicionalmente. Não deveria poder pegar meu fiho no colo e desfrutar tanta alegria.

Mas eu posso.

Acredito que o grande problema desse livro foi focar somente o início do que mais tarde se tornou um relacionamento forte. É difícil terminar Rush Sem Limites com Rush prometendo que fará tudo por Blaire, mas já sabendo que ele ainda vai decepcionar muito a garota e batalhar para se redimir. Então não, esse não é meu livro favorito de Rosemary Beach, longe disso, e eu poderia pular essa leitura sem medo porque tudo que ela me trouxe foi mais raiva e desgosto com tudo que Blaire sofreu e ainda vai sofrer.

Eu lutaria o bastante por nós dois.

A lição que esse livro deixou foi mostrar que quem luta, sofre e se desdobra é Blaire. Rush é só o cara com as palavras bonitas de quem muito promete mas pouco faz. Talvez seja cruel dizer isso, mas foi o que essa história me mostrou — e eu tenho certeza que a sensação seria diferente se Abbi Glines tivesse indo além para que Rush narrasse também os próximos livros. Blaire perdoou e foi quebrada novamente, e então perdoou e perdoou até chegar aonde queria: seu felizes para sempre. Se alguém precisou consertar algo, esse alguém foi ela.

Vou consertar isso. Juro que vou acertar todas as coisas. Eu amo você o bastante para enfrentarmos tudo. Só preciso que você me ame o bastante. Por favor, Baire. Me ame o bastante.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
3685 pessoas visitaram
Publicado em 18/08/2015
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Fabiana disse:

    Não achei que esse livro acrescentou nada na historia e ainda foi bem maçante, pois ele praticamente repetiu o 1º livro sem acrescentar mtos fatos relevantes.

  2. Paula disse:

    Adorei todos os livros é viciante espero que tenha a continuação de Rush sem limites, estou ansiosa pelo próximo, Parabéns
    Adoraria ganhar a coleção inteira, pois li pela internet.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!