Love Always de Candace Knoebel and Sonya Loveday

Lançamento: 25 de agosto
Comentário: AMEI a capa e sinopse. Para mim pareceu ser um típico new adults e eu amo eles. O livro mais famoso de Candace é Everlasting, primeiro volume da série Night Watchmen.

Eu já conheci caras como ele. Ricos. Chatos. Sempre usando um sorriso obstinado. Mas tem algo diferente nele que despertou minha curiosidade. O jeito que ele me olha, como se ele estivesse olhando através das grades de uma gaiola dourada. Como se ele tivesse a um suspiro de distância de se sufocar debaixo de tantas responsabilidades. Ele é diferente dos outros porque ele não usa o seu dinheiro… o dinheiro usa ele. Mas eu acho que ele ainda não sabe disso.

Ela é algo que eu nunca vi antes. Ela é tudo que eu não pude ser. Despreocupada. Caprichosa. Uma sonhadora. A risada dela é infectuosa. Ela é irresistível. Eu não posso evitar ser atraído a ela com uma intensidade que rouba minha respiração e confunde meus sentidos. Eu quero conhecê-la, preciso, mas como eu posso me permitir tamanha liberdade quando eu não posso nem tomar minhas próprias decisões?

Phillip e Maggie acham que possuem tudo. Mesmo que eles possuam vidas diferentes, ambos têm futuros brilhantes, sem distrações os prendendo.

Até o dia que eles se conhecem.

Depois de uma pequena aventura juntos no The Hamptons, Maggie e Phillip se veem dizendo adeus com as faíscas de amor brilhando entre eles. Pode a conexão deles ser o suficiente para sobreviver às mudanças, ou eles se afastarão antes mesmo de eles terem uma chance de explorar o que eles poderiam ter sido?

Darken the Stars (Kricket #3), de Amy A. Bartol

Lançamento: 8 de setembro
Comentário: A autora conhecida pela série The Premonition chega com o terceiro volume de Kricket – e que e aguardado com bastante ansiedade pelos fãs. Mas eu sei que essa história tem a fórmula secreta para dar certo: jovem adulto + distopia + fantasia + romance. Então que Amy. A. Bartol continue no mesmo estilo de seus livros antigos e que fisgue nosso coração mais uma vez.

Kyon Ensin finalmente tem o que ele sempre quis: a posse de Kricket Hollowell, a sacerdotisa que prevê o futuro. Juntos, o poder deles combinados será incomparável. No entanto, Kricket, não almeja o trono de Ethar— ela tem um desejo inquebrável de viver sua vida em seu próprios termos, uma vida que ela quer desesperadamente compartilha-la com eu amor, Trey Allairis.

Conforme conspirações acontecem na guerra em Ethar, os aliados de Kricket querem usá-la como uma espiã. Até mesmo aqueles mais próximos não são dignos de confiança – incluindo Astrid, sua irmã e Giffen, um membro de um pedido misterioso e uma agenda escondida. Mas a determinação de Kricket não a permitirá ser usada como o caminho de ninguém, mesmo com os planos dos Brotherhood para cortar seu coração.

Conforme o destino profetizado por sua mãe se aproxima, Kricket irá recuar através de seu futuro impetuoso para remodela-lo. Mas ela só tem certeza de uma coisa: a única pessoa que ela pode confiar é nela mesma.

Skin Deep (Stolen Breaths #3), de Pamela Sparkman

Lançamento: 20 de julho
Comentário: Não conhecia a autora até então. Stolen Breaths é sua primeira série e o segundo volume agradou bastante os leitores americanos – tanto que o livro está sendo ansiosamente aguardado no Goodreads.

Ela me odeia. 
Eu estou apaixonado por ela.
A vida dela é um disfarce.
A minha é cheia de segredos.
Ela acha que não posso vê-la.
Mas ela é a única coisa que eu posso ver.
Ela acha que não temos nada em comum.
Nós temos tudo em comum.
E eu estou cansado de ser paciente.
Eu estou determinado.
Ela é teimosa.
Você acha que nos conhece.
Você não conhece.
As coisas que você sabe sobre nós são apenas profundezas da pele.
Stray (Spark #2), de Rachael Craw
Lançamento: 1 de setembro
Comentário: Primeira série da autora Rachel Craw (ainda não muito conhecida). Apesar disso o primeiro volume da série foi bem avaliado pelos leitores e espera-se que Stray siga a mesma linha. Ainda assim, não gostei da capa e não fiquei atraída a história.

É difícil se lembrar de odiar qualquer coisa tanto quanto odeio Affinity; uma aversão do meu próprio DNA sem rosto e desconhecido. Evie é uma Shield: designada a matar para proteger, e o Projeto Afinidade finalmente chegou nela. Mas Evie não está pronta para a organização sinistra ter o controle da vida dela, além do corpo e da mente. Ela não está pronta para seguir a regra deles sobre quem deve viver ou morrer – não quando inocentes são condenados. Ela tem uma opção: arriscar perder tudo e todos – incluindo Jamie – e fugir.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1619 pessoas visitaram
Publicado em 06/07/2015
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!