Autora: Carrie Elks
Editora: Universo dos Livros  
Páginas:
 312 
Classificação:
 4/5 estrelas

Sempre foi você foi uns dos livros de romance mais diferentes que já li, logo nas primeiras páginas a autora solta uma noticia “bomba”, um suspense que vai controlar o leitor durante toda a leitura, e a história me pegou de tal jeito que acabei por devorar cada página.

Voltar para casa. Voltar para ele.

Hanna Vincent é uma garota um tanto gótica de dezessete anos e deveria estar com seu pai e sua madrasta em uma viagem de final de ano, mas ante as decepções e catástrofes ela decide retornar e passar o ano novo com sua mãe, que ganha a vida planejando festas, e é ao ajudá-la a servir em uma festa que conhece os Larsen e sua vida muda completamente.

Lá, ela conhece o maravilhoso e tudo de bom Richard, de quem se aproxima ao tornar-se babá da filha mais nova dos Larsen, a fofa da Ruby, e é ao conhecer a família mais a fundo que você se apaixona e diverte com eles, até que uma fatalidade e o preconceito coloca tudo a perder.

Hanna é uma protagonista de personalidade super forte, que por morar em Londres não possui tantas mordomias, mas isso não a torna menos independente e disposta a lutar pelo que acredita. E é quando encontra um Richard Larsen, de 20 anos de idade, rico e super sedutor,  que nasce uma forte e bonita amizade, e logo uma paixão que não é bem aceita por todos.

Em idas e vindas da vida – visto que cada capítulo tem um pulo no tempo – Hanna faz faculdade, namora, é traída, cuida da irmã de Richard como se fosse sua própria e até acontece a queda das torres gêmeas, e a cada passagem vamos encontrando personagens mais maduros e diferentes de como encontramos nos primeiros anos.

Richard, nós tivemos um bebê.

É uma história que oprime o coração do leitor durante toda a leitura, é difícil pensar que o amor entre Hanna e Richard pode dar certo. São tantas intrigas, problemas familiares, doenças, sonhos diferentes, países diferentes, e é quase certo que toda essa carga vai fazer você amar ou odiar o livro, não há meio termo, ou ele te ganha por completo ou será ódio para a vida toda. Ao questionar algum dos leitores que gostaram e detestaram o livro, a opinião geral é que a história foi escrita para um público mais adulto já que os problemas envolvem personagens mais maduros, porém acredito que acima de tudo, como em qualquer livro, vai do leitor, da fase que passa atualmente, seus humores, ainda que sua idade seja algo a se levar em conta.

Outra questão envolvendo Sempre Foi Você é o romance não destoar muito de outras fanfics envolvendo a saga Crepúsculo, é fácil perceber suas similaridades e Carrie Elks não desafia sua escrita para ir mais além do que encontramos em muitas outras histórias desse público.  Mas essa não é uma característica que me incomodou ao extremo, se conheço outras fanfics levemente similares é exatamente por gostar desse tipo de enredo, e se você também gosta de histórias envolvendo personagens baseados em Edward Cullen e Bella Swan esse livro talvez seja perfeito para você.

Lembro de cada minuto, Hanna. É você que me faz perder a cabeça.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
4834 pessoas visitaram
Publicado em 13/03/2015
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Adriana disse:

    Já desanimei com a historia por saber q é fanfic de Crepusculo…ninguem merece!!!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!