Depois do sucesso de bilheteria de “Jogos Vorazes” e do anúncio de “Equals”, filme distópico que já está em pós-produção e é estrelado por Kristen Stewart (Crepúsculo), mais uma grande produção cinematográfica sobre um mundo distópico irá para as telonas pela Sony Pictures.

O cineasta indicado ao Oscar Paul Greengrass (Capitão Phillips), vai dirigir uma nova adaptação da distopia futurista 1984, de George Orwell, clássico da ficção científica. Segundo o site Deadline, o diretor irá visitar a Oceania e a Eurásia, onde serão as possíveis locações do longa. James Graham foi contratado para escrever o roteiro da nova adaptação. Scott Rudin (O Grande Hotel Budapeste) e Gina Rosemblum cuidarão da produção.

O livro originalmente publicado em 1949 foi o último romance do autor, e conta a história de Winston Smith, membro do partido externo, funcionário do Ministério da Verdade. A função de Winston é reescrever e alterar dados de acordo com o interesse do Partido. Winston questiona a opressão que o Partido exerce sobre os cidadãos: se alguém pensasse diferente cometia “crimideia” (crime de ideia em novilíngua) e fatalmente era capturado pela Polícia do Pensamento, sendo vaporizado. Desaparecia. Inspirado na opressão dos regimes totalitários das décadas de 1930 e 1940, o filme não se resume a apenas criticar o Stalinismo e o Nazismo, mas toda a nivelação da sociedade, a redução do indivíduo em uma peça que deve servir ao Estado ou ao mercado, por meio do controle total, incluindo o pensamento e a redução do idioma.

No Brasil, o livro foi publicado em 2009 pela Companhia das Letras.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
809 pessoas visitaram
Publicado em 24/11/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!