Autora: Raine Miller
Editora: Atria Books
Páginas:
 352
Classificação:
 4.5/5 estrelas

Olhos nos olhos é o volume final da trilogia The Blackstone Affair — porém a autora decidiu que haverá uma sequência para contar o que aconteceu com o casal após o final da trilogia, como um extra.  Se você não leu os dois livros anteriores, pare por aqui porque a resenha contem uma série de spoilers referente aos livros anteriores.

O único que poderia me desmontar também é o único que tem o poder de me juntar outra vez.

Após os acontecimentos do livro anterior, Brynne e Ethan decidiram viajar mais cedo para fugirem do caos que estão suas vidas. Um perseguidor ainda está a espreita, tramando contra Brynne, e os homens que causaram mal em seu passado continuam a morrer. Apesar da promessa de não deixar nada separá-los, está cada vez mais difícil mantê-la.

E então algo acontece que abala ainda mais o mundo do casal, e não bastasse isso uma perda partirá o coração de Brynne em dois. É chegado o momento de eles escolherem o que realmente é importante para suas vidas para que o passado possa finalmente ficar para trás. Mas talvez o amor entre eles não seja o suficiente para que haja também um futuro.

“É  você real?” Ele sussurrou, roçando meu rosto com o dorso dos dedos em uma carícia. “Porque eu te quero para sempre.”

O que mais me cativou no livro anterior, Entrega Total, foi encontrar Ethan como narrador, então nada mais justo que fechar a trilogia com ambos narrando. Essa escolha da autora foi ótima, o leitor pode melhor conhecer o sentimento de ambos em relação aos dramas que estavam passando.

Em Olhos nos olhos, Ethan está ainda mais dono da situação, ele não pede, ele exige, e aquele cara taciturno é coisa do passado, com Brynne ao seu lado ele é outro, mais feliz, mais cheio de charme para dar e vender. Enquanto Brynne vive cheia de medos — e ela tem razão para isso -, Ethan é o que se doa completamente, é ele quem mantem o casal em frente.

E a sensação a ler esse livro também foi completamente diferente, a forma como foi narrado já deixava claro que era um fim, estava tudo bonitinho, lindinho, com jeito de felizes para sempre, e então algo acontece para balançar toda a história. Mesmo esse evento não sendo suficiente para me deixar tão vibrada quanto nos livros anteriores, ainda sim foi um ótimo complemento. Foi um ótimo felizes para sempre e terminei o livro já nostálgica.

The Blackstone Affair de longe está entre meus top achados, é uma história que eu já conhecia antes mesmo de sair no Brasil e foi mais um passatempo, um erótico mais leve e água com açúcar em contraste com outros que encontrei. Melhor ainda, eu me emocionei com a história de ambos os protagonistas e posso indicar sem medo, é ideal para quem gosta de um bom romance. Apesar de curtos, os livros de Raine Miller são uma ótima escolha. Essa é mais uma história que se joga fundo no sexo, na paixão, mas também envolve lutar e proteger aqueles que ama, e com isso o romance não poderia ser nada menos que viciante.

“Puta merda… eu poderia morrer com tanto sexo.”

Ela encolheu os ombros… “Sim, mas seria uma forma divertida de morrer, não é?”

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2656 pessoas visitaram
Publicado em 15/08/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!