Autores: Kathleen Grissom
Editora: Arqueiro 
Páginas:  331
Classificação: 3/5 estrelas

Escravas da Coragem conta a história de Lavinia, que em um golpe do destino acaba perdendo os pais, sendo afastada do irmão e comprada pelo capitão James Pyke e levada à fazenda Carvalhos Altos, onde é colocada aos cuidados de Belle, filha ilegítima do capitão, e irá apreender a como servir como escrava e como o fato dela ser branca a distância de sua família.

Ler esse livro me deu a sensação de visualizar um filme, temos uma protagonista que irá fazer de tudo pela sua família adotiva, sendo que esta é cheia de pessoa maravilhosas, além de termos os vilões que irão tornar a vida dos personagens um inferno. Além disso, a autora tem uma escrita simples e fluída, assim é possível devorar o livro e descobrir mais sobre os segredos daquela fazenda e como isso afeta os moradores dela.

Achei acertada a escolha da autora de colocar a personagem principal como uma escrava branca, permitindo ao leitor transitar entre os dois mundos, casa grande e senzala, além de destacar as diferenças entre brancos e negros naquela época. Além disto, ajudou o fato que a Kathleen decidiu colocar duas narradoras, Lavinia e Belle, para dar uma maior abrangência sobre tudo que está acontecendo no local, já que a Lavinia não tinha muita ideia do que estava acontecendo por ser nova na época em que chegou.

Os personagens foram a melhor parte do livro, principalmente porque  Kathleen tem o dom de escrever personagens que são diferentes e tem personalidades marcantes, assim é difícil até não sentir um pouquinho de pena pelo vilão, principalmente porque a autora mostra por tudo que ele passou e como ele chegou aquele estado. Ademais, houve momentos em que a Lavinia fez escolhas erradas e se omitiu em certos casos de mal tratos com sua família adotiva, porém mesmo que eu queira brigar com ela em razão disso, entendo que pela cultura em que foi criada e sua situação atual impossibilitou ela de ter uma voz mais ativa.

Algo que eu não gostei na leitura foi que a maioria dos problemas que ocorreram no livro poderiam ser evitados se os personagens tivessem conversado mais sobre os assuntos em questão, sendo que eu não me importaria se ocorresse apenas uma vez, porém é um acontecimento constante durante o livro e foi me deixando cada vez mais irritadas com os personagens. Além de ser um livro bem exagerado na tragédia, principalmente porque parecia que os personagens não teriam pelo menos um momento de descanso de todos aqueles problemas.

Assim, eu digo que gostei do livro, porque os personagens são maravilhosos e fazem todo o livro valer a pena e também me fizeram perdoar essas partes irritantes da trama. Sendo assim, eu recomendo esse romance para quem quiser ler um livro com personagens cativantes, com uma trama que é bem semelhante há alguns filmes e que tem uma escrita bem fluída.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1445 pessoas visitaram
Publicado em 01/09/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!