Autora: Kimberly McCreight
Editora: Arqueiro
Páginas:
 352
Classificação:
 5/5 estrelas

Kate Baron sempre tomou as decisões certas e em um verão particular quis errar um pouco. E, assim, acabou engravidando. Entretanto, Kate não estava disposta a desistir da faculdade nem de sua carreira, muito menos dar a notícia ao pai, visto que, foi apenas um casinho. Sendo assim, Kate criou sua filha, Amelia, sozinha. E por suas decisões, quem acabou pagando por isso foi Amelia com a falta de atenção.

Eu só conheço um jeito de errar: magnificamente.

Mas Kate nunca percebeu a solidão de Amelia, afinal, era uma garota exemplar. Não dava nem um pouco de trabalho e não exigia nada da mãe. No entanto, certo dia, Kate saiu apressada em razão de uma reunião importante e é lá que recebe a notícia que sua filha Amelia havia sido suspensa. Como boa mãe que é, Kate demora a chegar na escola, tarde demais, e se depara com uma cena inesquecível: Amelia está caída no chão, morta, depois de se jogar de um prédio. Mas por que ela faria isso?

É tão difícil resumir a história desse livro em apenas dois parágrafos… Reconstruindo Amelia, com uma narrativa em terceira pessoa, ora sob a perspectiva de Amelia e ora por Kate, traz a história da morte de Amelia. Junto com mensagens de celular e páginas de blog, é possível saber exatamente o que se passou com ela e perceber que Kate realmente não a conhecia. Sim, esse é um livro arrebatador.

É muito mais difícil perdoar alguém que não quer perdão.

Amei a forma como Kimberly McCreight aborda e crítica dois assuntos da atualidade. O primeiro é o caso dos pais deixarem tanto tempo os filhos sozinhos para poder dar a eles dinheiro –- como se isso fosse a coisa mais importante do mundo. Claro que é necessário mas será que deve-se sacrificar todo o tempo em razão disso? E o segundo tema abordado é o bullying e o que ele pode causar aos adolescentes. Será que as escolas estão realmente atentas a isso? Ou estão fazendo vista grossa como a escola de Amelia? O livro mostra o que já é muito comentado em notícias, o que para muitos pode parecer uma simples “brincadeira”, para a vítima é algo esmagador e que pode trazer sérias consequências.

Tudo vai ficar mais fácil, prometo. Sempre fica.

Outro ponto positivo de Reconstruindo Amelia é que a cada página virada você tem uma nova surpresa. Juro a vocês que não estou exagerando. Há sempre novos fatos que fazem você ficar de boca aberta e sentir a frustração e decepção de Kate na pele. Sinceramente, esse é um livro para se ler e nunca esquecer, o tipo que fica marcado para sempre em sua vida. E se você está pronto para ser arrebatado por um livro apresse-se e leia Reconstruindo Amelia.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2144 pessoas visitaram
Publicado em 11/08/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!