Autores: Gabrielle Zevin
Editora: Paralela
Páginas:
192
Classificação:
 5/5 estrelas

A.J. Fikry está um tanto desanimado da vida. Depois que sua mulher morreu tudo parece estar cinza, nem mesmo sua livraria está indo bem. A Island Books é a única livraria no local, e sem concorrência deveria ter um grande número de vendas. O problema é que seu dono está numa fase difícil e, bom, ele não gosta muito de pessoas. A cada dia que passa sua vida regride mais. Porém, ele tem um plano: vender a livraria e sua edição especial e única de um livro que em um leilão pode valer milhares.  Só que ele não contava com que o seu precioso fosse roubado.

Mais do que nunca ele não sabe como agir. No entanto, depois de uma GRANDE surpresa a vida dele literalmente vira de cabeça para baixo. Quem diria que uma pessoa tão triste, fria e desanimada em relação a vida poderia se reerguer de uma forma tão inesperada. Que ele poderia encontrar o amor nas formas mais puras. E o melhor de tudo, que ele pudesse ser amado.

Como você se sente ao encontrar na rua, na internet ou por acaso alguém que ame a leitura assim como você? Sabe essa sensação de que alguém no mundo te entende? Que você não é a maior estranha só porque vive ao redor dos livros? E que se pudesse se casaria com um personagem deles? Então, esse sentimento te segue durante toda a leitura de A Vida do Livreiro A.J. Flikry.

Você descobre tudo o que precisa saber sobre uma pessoa com a resposta dessa pergunta: Qual é o seu livro preferido?

Uma das coisas que mais achei interessante foi no momento em que o viúvo A.J. conhece a vendedora de livros Amelia – que está exercendo esse cargo pela primeira vez depois que o seu antecessor faleceu. Amelia é outra amante de livros e está cheia de ideias para livros que A.J. poderia vender em sua livraria. Mas, assim como seu humor, a sua vida literária está cinza. Ele já tem seu gosto certo e não aceita mudanças, e não vai ser fácil para a novata lidar com isso.

As palavras que não encontra, pede emprestado. Lemos para saber que não estamos sós. Lemos porque estamos sós. Lemos e não estamos sós. Não estamos sós. Minha vida está nestes livros. Leia estes livros e conheça meu coração. Não somos como romances. Não somos como contos. No fim, somos como obras selecionadas.

A partir de então, você consegue visualizar as pequenas mudanças que acontecem. E a felicidade chegando na Island Books. Um livro sobre livros… essa é a melhor definição que você pode encontrar da obra A Vida do Livreiro A.J. Fikry. Com uma narrativa em terceira pessoa, Gabrielle Zevin traz grande leveza e sinceridade em sua escrita. Um livro curto, com poucas páginas e cheio de emoção – muito mais do que em livros ou série que nunca acabam. Se você é fã da leitura aposte que também é fã desta obra incrível.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1580 pessoas visitaram
Publicado em 15/07/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!