Half-Resurrection Blues (Bone Street Rumba #1), de Daniel José Older

Lançamento: 6 de janeiro
Comentário: Uma nova saga, com um assunto interessante e inovador… não consigo me lembrar de nenhum outro livro que se trata sobre “intermediários”… Bom acho que vai ser uma boa.

“Porque eu sou um intermediário – e o único que alguém conhece – a morte vem à mim quando algo está torto entre eles e os vivos. Geralmente, é algo mundano como um suicídio que deu errado ou alguém que foi revivido e que não deveria ter sido.”

Carlos Delacruz é um dos agentes mais incomuns do New York Council of the Dead— um intermediário, parte ressuscitado de uma morte que ele mal se lembra de sofrer, depois de uma vida que está faltando em sua memória. Ele acha que é o único de uma raça – até ele encontrar outras intidades andando na fina linha entre a vida e a morte.

Um intermediário é um feiticeiro. Ele convocou uma horda de ngks capazes de eliminar espíritos, e eles estão se espalhando pela cidade como uma praga. Eles já tiraram alguns dos NYCOD, deixando Carlos desesperado para parar o mestre deles antes que ele abra a porta para o Underworld— o que destruiria o equilíbrio entre os mortos e os vivos.

Mas ao descobrir a identidade desse homem, Carlos confronta-se com a verdade da sua própria vida – e morte…

The Only One (End of Days #3), de Meg Collett

Lançamento: 30 de junho
Comentário: Fim de uma trilogia sobre anjos. Bom, não conheço a autora nem End of Days, no entanto, esse volume final tem uma sinopse interessante. Acredito que um dia darei uma chance a essa saga.

No volume final da série End of Days, uma guerra celestial civil se inicia entre os anjos,  e os riscos são maiores do que nunca. É a guerra que Michaela queria, mas ela está percebendo que não é a guerra que ela deveria lutar. O que é misericórdia e sacrifício em face da tirania e loucura? É uma lição que Michaela pode não viver o suficiente para entender completamente.

Firestorm (Deadtown #6), de Nancy Holzner

Lançamento: 31 de março
Comentário: O sexto volume da série Deadtown – que vem perdendo os leitores a cada livro publicado. Sinceramente achei MUITO estranho o plot desenvolvido pelo autor. Eu não leria.

Eles a chamam de Deadtown: a seção quarentena da cidade para os residentes inumanos e mortos-vivos. A maioria dos humanos ficam longe  de suas fronteiras – mas Victory Vaughn, a única profissional caçadora de demônios de Boston não é exatamente humana…

Quando Vicky permitiu uma antiga deusa a possuir, ela não tinha nenhum arrependimento – era a única forma de proteger as pessoas que ela amava. Mas agora Ceridwen, preso em um poder forte com o Hellion que há muito tempo clamou Vicky com sua marca, se nega a ir embora. Ambos os seres acreditam que controlar Vicky é a chave para ganhar a guerra que se aproxima dos humanos.

Apesar das forças que a deixam para trás, Vicky precisa de todos o seu juízo. Os demônios do Inferno estão ficando mais fortes e ela mal pode manter-se com os ataques que aterrorizam a cidade: sirenes em Mystic River, duendes rosnando o tráfego em Storrow Drive e diabinhos rasgando o ouro das cúpulas de State House. Conforme os sinais da guerra se multiplicam e o Inferno ameaça superar s seus limites, Vicky se encontra dividida entre o dever de salvar o mundo e o seu desejo de salvar algo dela…

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1319 pessoas visitaram
Publicado em 04/06/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!