Autora: Alexandra Bullen
Editora: Galera Record
Páginas: 381
Classificação: 3/5 estrelas

Você já desejou algo? Soprou as velinhas, olhou as estrelas, e desejou profundamente que algo acontecesse? Esse livro é sobre isso, e principalmente desejos que acontecem, mas tudo tem um preço.

Tudo que quiser que aconteça pode acontecer. Você só precisa escolher.

Primeiro de uma duologia, esse livro gira em torno de Olivia “O”, que mudou-se para uma nova casa e uma nova escola e além de lidar com esses novos cenários ela precisa lidar com uma perda recente, algo que a acompanha onde vá.

Nessa nova escola, ela tenta não chamar a atenção e nem sequer tenta fazer amigos. Ela não quer se destacar e muito menos seguir em frente. Mas quando é obrigada a ir à uma festa por sua mãe e decide concertar um vestido, ela entra em uma ateliê com poder de mudar sua vida, literalmente.

Lá, uma garota lhe dá três novas chances, três novos vestidos. Para cada um, um desejo, mas o que foi desejado não pode ser desejado novamente ou desfeito e Olivia tem que ter certeza do que quer e do que realmente precisa. Nessa aventura, ela conseguirá uma parte de seu passado de volta, mas isso será suficiente para finalmente seguir em frente?

Você diz que quer mudanças, mas nada vai acontecer até você agir.

Bem, eu não quero revelar muito sobre o que Olivia perdeu, esse livro ficou tanto em banho maria que é melhor não estragar as pequenas surpresas, é delas que Desejos sobrevive. Mas, antes de falar mais sobre a história, preciso destacar o quão decepcionante foi a revisão da obra e isso é mais péssimo do que o normal, afinal esse é um livro para um público mais juvenil, faz parte do selo  Junior, e deixar as crianças de hoje encontrar algo com “agente” nas páginas é no mínimo de doer o coração.

Enfim, voltando ao livro, é mais uma história clichê, uma garota que precisa lidar com um drama forte em sua vida — esse é o grande potencial do livro-, acaba se metendo em enrascada, se apaixonando pelo garoto popular e assim batendo de frente com a It Girl da escola, e assim a leitura se arrasta, mas são suas últimas cem páginas que fizeram tudo valer um pouco mais a pena. Sim, aqueles trechos de redenção, união familiar e finalmente aceitar que o passado não pode ser mudado, entre outros, mostraram que Alexandra Bullen pode sim escrever algo bom e fazê-lo fluir.

Talvez o grande problema seja que atualmente esse rótulo de livros para crianças, mais leves e parados, não exista mais, há livros bons infanto juvenis sendo publicados e ganhando toda uma geração e pessoas de outras idades também, então encontrar em Desejos algo que não foi muito além da média diminui um pouco minha ânsia para indicá-lo. É bom? Sim. O melhor? Longe disso, mas se surgir a oportunidade, vale a leitura.

Às vezes estar viva significa correr riscos…

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2830 pessoas visitaram
Publicado em 03/06/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Rubia disse:

    Depois que eu li a resenha eu definitivamente NÃO quero ler o livro, porque eu tenho certeza que não iria conseguir chegar até o final. Eu tinha pensado em ler o livro, mas agora… Bom melhor pra mim né? EU tenho 100 livros á minhas espera.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!