Autora: P.D. James
Editora: Companhia das Letras
Páginas:
 344
Classificação:
 2/5 estrelas

Morte em Pemberley conta a história de como seria se depois de alguns anos de casados os famosos heróis Elizabeth Bennet e Fitzwilliam Darcy tivessem que lidar com um assassinato dentro de sua propriedade, sendo que uma das partes menos favorita da família deles, Lydia e George Wickham, estão envolvidas nesse mistério.

Sinceramente eu esperava muito mais desse livro, acreditei que a autora iria fazer algo ousado e matar um personagem querido, só que isso não aconteceu e talvez isso tenha feito a decepção ser tão grande, adicione isso a investigação pouco convincente — é possível descobrir o culpado bem cedo — e tudo tornou-se pior.

P.D. James ainda insistiu em um triângulo amoroso (ugh) entre alguns personagens e cada vez senti mais que a autora não honrou muito a escrita de Jane, faltou um pouco do espírito desas mulher maravilhosa para que houvesse pelo menos uma razão em todo esse romance desnecessário.

Acredito que a melhor parte do livro foi poder ver como seria a vida da Elizabeth e Darcy depois de Orgulho e Preconceito, e isso sim valeu a pena, é fofo imaginá-los em sua vida em conjunto com filhos que são um amor como os pais, P.D. esboçou bem ao menos essas personalidades, além de  Jane e Bingley que sempre me conquistam em todas as versões.

Em suma, essa foi a adaptação menos querida que já li, não gostei do livro, havia potencial para mais tanto na trama como em seu desenvolvimento, e não posso dizer que recomendo. Porém, se você também é fã de Austen, qualquer adaptação é válida para sentir pelo menos um gostinho de personagens que sempre sentimos falta.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2103 pessoas visitaram
Publicado em 29/05/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!