Autora: Sylvia Day
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 296
Classificação: 4/5 estrelas

Como muitos sabem, a Universo do Livros comprou vários livros de Sylvia Day, muitos deles bem antigos e que se encaixam em romance de época vendido em banca. Eu já li um outro da autora desse mesmo estilo e apesar de agradar, pouco surpreendeu e me fez deixar a linha de livros de época de Sylvia, mas Obstinada mudou totalmente minha visão.

Não quero a dor que você traz. Não quero você.

Toda a saga vai girar em torno de homens maravilhosos, másculos e protetores, todos espiões da Coroa. E o primeiro deles será Marcus, Conde de Westfield, um homem que há anos enfrenta situações perigosas uma atrás da outra, já foi baleado e entrou em vários duelos, mas todas essas aventuras esmorecem em comparação com sua luta para conseguir a mulher que o largou para se casar com outro.

Elizabeth está viúva há três anos e finalmente saiu de seu período de luto e nada pode dar errado em seu primeiro baile. Preocupada em vingar a morte de seu marido e ajudar os agentes em sua busca pelo criminoso, ela só não esperava encontrar seu ex-noivo no baile. Pior, ele é o agente da Coroa designado a auxiliá-la. Com o assassino cada vez mais próximo e o clima entre eles esquentando em todos os sentidos, dessa vez Marcus está decidido a não deixar Elizabeth escapar. Ele quer vingança, e ela vai pagar na cama.

— Por que você não desiste? Não perde o interesse? Por que não busca a atenção de outra pessoa?

— Porque eu não consigo.

Bem, preciso avisar: se você é fã de Sylvia Day mas nunca leu um romance de época, dificilmente esse livro vai agradar — a não ser que você descubra seu amor por romance de época logo com esse livro. Vou explicar, esse gênero segue uma linha de receita de bolo, dificilmente há alguma surpresa no enredo, no fundo tudo gira em torno dos protagonistas e se há alguma ação ela é minima. Nada disso foi problema para mim, eu adorei Obstinada e mesmo o plot sendo algo que já encontrei diversas vezes, Marcus é o protagonista que vale o espaço em minha estante. Nossa, que homem!

Isso mesmo, não importa o gênero, o protagonista continua tão intenso quanto outros da autora, ele quer algo e vai atrás disso, essa deve ser a marca forte de Sylvia Day. A linguagem usada também continua forte, o que não é assim tão comum encontrar em romances de época e eu gostei, estou um pouco cansada de ler “seu mastro firme” em descrições envolvendo a masculinidade do personagem.

Já Elizabeth irrita algumas vezes mas é audaz — e nada submissa, aliás — o suficiente para conseguir meu carinho. O que eu preciso deixar claro é que durante o livro inteiro o cerne da história são os protagonistas e personagens que vão ter seus próprios livros na saga então se você procura um romance quente, suado e intenso, leia Obstinada.

Você é a minha família, você é o meu lar.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
4514 pessoas visitaram
Publicado em 11/04/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Julaina disse:

    Gostei muito da sua resenha.

    Achei o livro muito eu gosto muito de livros de epoca e este foi com certeza uma surpresa.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!