Autora: Jenny Han e Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
Páginas: 320
Classificação: 4/5 estrelas

Três garotas totalmente diferentes tanto em personalidade quanto aparência e status social se unem em prol de um objetivo: vingança. A narração é dividida entre as três, sendo a primeira delas, Mary. Ela sofreu muito durante toda a sua adolescência devido a sua trágica infância – tudo graças a um garoto sem noção que praticou bullying com ela e, por isso, assim o fez toda a escola. Mas ela sabe que irá superar tudo isso, afinal ela está voltando e ele vai pagar por tudo que fez.

A segunda é Lilia, uma das garotas mais populares da escola vive em festas e se diverte ao máximo. Lilia tem uma atitude super protetora sobre sua irmã e não quer que nada nem ninguém a machuque. Porém, depois de algumas más decisões, ela acaba deixando sua irmã sozinha em uma festa. E as consequências disso logo aparecem: aparentemente, sua irmã dormiu com seu amigo e bebeu. Lilia não pode acreditar que confiou nele tantos anos para ele lhe passar a perna dessa forma. Só existe uma solução para isso: vingança.

E por último a grandiosa líder do grupo: Kat. Uma vez ela já foi popular e teve melhores amigas. Ela também já foi muito feliz. Mas tudo isso mudou quando sua melhor amiga a deixou pra trás e nunca mais olhou para sua cara, assim como Lilia também o fez. Toda aquela felicidade se transformou em ódio. Além disso, o cara que ela estava ficando durante as férias de verão não responde mais suas mensagens e parece estar com uma garota mais nova (a irmã de Lilia). Como todas as coisas ruins podem acontecer todas de uma vez? Kat se une às meninas e pega todas essas pessoas que merecem colher o que plantaram.

Sou eu. Eu sou o problema. Eu… eu apenas não consigo superar. Não consigo seguir adiante.

Meu Deus há quanto tempo espero ler esse livro!!! Eu estava muito ansiosa para lê-lo e quando finalmente o consegui não demorei a iniciar a leitura. Sim, eu estava cheia de expectativas. Porém entre um excelente e o péssimo Olho por Olho ficou no muito bom. Acontece que durante toda a narrativa eu estava gostando do plot e dos acontecimentos que estavam se desenrolando, mas o problema foi o fim. O mesmo ficou numa pegada tipo Carrie, a Estranha e isso se destruiu toda a beleza da obra.

Se vamos mesmo fazer isso, ninguém pode desistir na metade do caminho. Se for para entrar, é para ir até o fim. Se não, bem… você pode se considerar a caça. A estação de caça vai se abrir, e nós teremos muita munição para usar contra você. Se você não puder jurar que irá até o fim, então é melhor fingir que esta noite não ocorreu.

Para que acrescentar fatos desnecessários? Foi o que pensei enquanto lia o desastre que se torna a vingança das garotas. Ainda não entendi o porquê de Jenny Han e Siobhan Vivian decidirem levar a serie a uma pegada mais sobrenatural. Não deveriam ter feito isso, estava ótimo do jeito simples que era antes.

Seremos uma máquina de vingança potente.

Tirando o desastre, Olho por Olho é muito bom! Desde sua capa que eu acho linda, a sua narração que é de prender o fôlego – eu amei a ideia de todas as três personagens principais narrarem, assim, podemos entender todos os lados – e também o plot que as autoras usaram, afinal, não é sempre que se encontra um livro sobre vingança por aí. Mas ainda há a continuação e espero que as autoras contornem essa situação “sobrenatural” que colocaram em sua obra.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2283 pessoas visitaram
Publicado em 07/04/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Mareska disse:

    Espera o segundo livro que explica a razão da coisa mais sobrenatural e é bem WOW

    1. Gabriela disse:

      Sério? OMG! Preciso ler logo então, obrigada por avisar *–*

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!