Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Páginas:
288
Classificação:
2/5 estrelas

Sara tem dois objetivos para seu último ano na escola: encontrar o amor verdadeiro e entrar na renomada faculdade NYU. E ela já começa bem: durante suas férias, Dave, o garoto mais popular da escola já pediu o número de telefone dela. E ela está super ansiosa a espera da ligação dele. Ela acredita que finalmente terá o amor que todos falam a respeito. Enquanto isso, Tobey também quer duas coisas para o ano: ganhar a batalha de bandas e o coração de Sara.

O que é meio difícil já que Sara está encontrando o amor verdadeiro com Dave. Mas será que ele é tudo isso que ela imagina mesmo? Uma nerd e um popular podem formar um casal? Porém, Tobey também não tem aquela reputação que um pai amaria: ele não faz nada na escola e nem mesmo faculdade pretende cursar. Em De Repente Acontece vemos as mudanças que o amor fazem nas pessoas. E que ele está no lugar onde menos se espera.

Finalmente consigo acreditar que as coisas podem dar muito certo. É claro que não tudo, e não como a gente imaginou que seria. Mas, quando você menos espera, a vida pode surpreender.

Já havia lido outros livros de Susane Colasanti. Então já esperava um livro com narração simples e temas joviais (lê-se desnecessário, infantil e fútil). Porém, De Repente Acontece conseguiu se superar e ser o pior livro da autora. É isso mesmo. Durante toda a leitura a pergunta que não saia da minha mente era: nunca vai acabar?? E depois que finalmente terminou o que me questionei: qual o objetivo do livro? Aonde ele me levou?

É sério, depois de ler tal obra eu sinto como se tivesse perdido algumas horas da minha vida, lendo algo que não me levou a lugar algum. Não me acrescentou em nada. Não é possível nem odiar e nem amar esse livro. Ele ficou apenas no meio termo de um livro sem graça, meia boca, que você vai apenas perder tempo lendo. Afinal, o objetivo da leitura é fazer você se prender com o livro, sentir as emoções dos personagens e conhecer lugares até então desconhecidos. Se você acredita que esse é o objetivo de leitura esqueça De Repente Acontece.

Aqui vai uma dica para a editora Novo Conceito: parem de publicar esses livros fúteis e desnecessários quando vocês possuem tantos outros bons e que mudam sim a vida dos leitores. É disso que precisamos: livros que façam as pessoas entenderem o prazer da leitura.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2244 pessoas visitaram
Publicado em 03/04/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Fernanda disse:

    Oi Gabriela,
    eu também li “De repente acontece” e achei tive uma opinião totalmente diferente da sua, li outros livros da autora e achei esse o melhor, mas quando peguei para ler já não esperava muito dele =/

    Beijos,
    Fernanda.
    http://blogimaginacaoliteraria.blogspot.com/

  2. Lucas disse:

    Concordo plenamente em sua resenha, o livro é um saco (os, porque a autora é um), NC detém vários direitos de livros, mas não adiantar comprar e não publicar.

  3. Julia Barbosa disse:

    Que pena você não ter gostado, eu ao contrário achei esse o melhor da autora, uma história simples e personagens apaixonantes.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!