Autor: Raphael Montes 
Editora: Companhia das Letras
Páginas: 280
Classificação: 5/5 estrelas

PERTURBADOR! Ao perguntar para qualquer um ou ler sobre o livro em algum blog, a palavra que aparecia constantemente era perturbador.  Ao começar a leitura, meu maior medo era me desapontar, depois de inúmeros elogios eu estava tão empolgado e sinceramente não era para menos, afinal os direitos de publicação no exterior e os direitos de adaptação para os cinemas já haviam sido vendidos. Mas todos os meus medos acabaram ao ler o primeiro capítulo, começamos a conhecer um pouco mais sobre a história de Téo e sua total insanidade. Não só perturbador, mas também surpreendente e inovador serviriam para descrever Dias Perfeitos.

Téo é um estudante de medicina que sempre viveu durante toda a sua vida fingindo sentimentos que deveriam florescer normalmente como qualquer um, mas ele sempre foi imune a qualquer tipo de sentimento. Mas isso muda ao conhecer Clarice. Ela é uma garota totalmente diferente de qualquer uma que Téo já tenha conhecido, e isso chama sua atenção. Decidido a chamar sua atenção e conquistar seu amor, Téo fará de tudo. Tudo mesmo.

“Não precisava que Clarice o amasse de volta. Melhor amar e não ser correspondido do que não amar.”

Amor e obsessão caminham lado a lado na trama, Téo decidi que precisa de Clarice e ela dele e não descansará enquanto isso não acontecer. Durante muitos momentos você pensa que a situação não terá uma saída mas Téo usa sua mente doentia e da forma menos espera ele se safa novamente. O melhor de tudo ou não é que Téo sempre encara suas atrocidades como algo em que Clarisse necessitasse, que o amor de ambos dependia disso.

Se você decidir começar a ler este livro, se prepare porque no momento que você começar não conseguirá mais parar enquanto não folhear as últimas páginas. Com sua narrativa cativante e altamente viciante , o autor conseguiu com que eu acabasse lendo mais um capítulo e mais um e mais um. Tensão persegue o leitor a cada novo capítulo e sua forma irônica às vezes de encarar os fatos só tornava as situações ainda mais interessantes e envolventes.

Preciso confessar que o último capítulo onde o desfecho se revela, me desapontou um pouquinho. Como tragédias e horrores acontecem durante todo o enredo eu esperei um final realmente dramático, se possível cheio de sangue também mas não foi exatamente o que aconteceu. Na verdade o final foi BEM inesperado, demorei a acreditar que tinha terminado daquela maneira mas esperava um pouco mais do final.

Dias Perfeitos é mais do que um thriller bem construído, Raphael nos permite entrar e explorar cada canto obscuro da mente de um psicopata sem escrúpulos.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2937 pessoas visitaram
Publicado em 08/04/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. esse foi o melhor livro que já li na vida!! E posso dizer que gostei do final diferente da maioria dos leitores!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!