extase

Autora: Nicole Jordan
Editora: Planeta/Essência
Páginas:
 384
Classificação:
5/5 estrelas

Esse é o quarto volume de Notorious — e o penúltimo da saga, mas se você ainda não leu os livros anteriores, fique tranquilo, cada livro possui protagonistas diferentes e apesar de ser preferível seguir uma ordem, não é obrigatório.

Fugir não era a resposta.

Em Êxtase, os protagonistas são Raven Kendrick e Kell Lasseter, ambos com muito em comum, mesmo tentando ignorar isso. Raven, como mostrado em livros anteriores, é uma filha bastarda que tenta esconder isso da sociedade. Por anos sendo humilhada por seu pai postiço e com uma última promessa em mente feita a sua mãe no leito de morte, Raven tenta esconder sua verdadeira natureza para se encaixar no que esperam dela: a debutante perfeita, noiva de um homem poderoso. O amor não entra nessa equação.

E então temos Kell Lasseter, um homem que se aproxima muito das fantasias mais eróticas de Raven, mas alguém que ela não quer próxima de si na vida real. Entretanto, quando o irmão de Kell compromete Raven e causa sua ruína, mais uma vez recai sobre Kell a responsabilidade de consertar tudo e Raven se casa, mas não com o homem que todos esperavam. Com o tempo e a distância entre eles cada vez menor, tudo em que ambos acreditavam fica balançado quando o desejo e, logo, o amor, brigam para se tornarem prioridade.

Vou ser repetitiva ao dizer que Nicole Jordan gosta mesmo é de um clichê. Aliás, poucos romances de época que leio não apelam para isso, com o grande diferencial que Jordan sabe dar seu toque especial para tornar sua história agradável, diferente, e boa o suficiente para o leitor pedir pelo próximo.

No caso de Êxtase e com a sinopse me dando uma prévia do que estava por vir, logo de cara imaginei que leria sobre um casamento de fachada que não agradava nenhuma das partes, mas o que encontrei foi bem mais do que isso, os momentos de tensão, a culpa que tanto Kell quanto Raven sentem por desejarem algo proibido e que provavelmente jogará por terra seus esforços por sua família, além dos vários personagens secundários que mereciam seu próprio livro, bem, isso a sinopse não me mostrou.

Eu não diria que o romance é de tirar o fôlego, mas todo o suspense, como os personagens lutam contra seu sentimentos um pelo outro e também com as perdas, ah!, isso sim me fez suspirar mais de uma vez.

O amor é êxtase e tortura. O amor me enche de alegria selvagem e temor doloroso…

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
3116 pessoas visitaram
Publicado em 02/04/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!