Autora:  P.C. Cast
Editora: Novo Século
Páginas: 389
Classificação: 3.5/5 estrelas

Mitologia e lendas sempre tem um bom apelo na literatura, algo que parece deixar um livro único, ou ainda, uma mancha. É um jogo um tanto arriscado. Quando falo em mitologia, quero dizer mitologia grega, romana, gaélica, deuses, lendas de povos antigos. P.C. Cast segue esta linha na saga Goddess, e em alguns livros dessa série ela acertou em cheio, em outros nem tanto. Não sou suspeita para falar dela, até porque tem uma saga dela que li até a metade e não consigo mais pensar em colocar as mãos gostos a parte, nada contra quem ama a série, mas em Goddess eu pelo menos acredito que encontrei uma escrita mais madura, mais rica, até mesmo mais sexy e apelativa, conseguindo fugir um pouco do clichê.

O destino não era necessariamente cruel, mas tinha um senso de humor um tanto quanto distorcido!

Em Deusa da Lenda, P.C. nos apresenta a dama do lago, Conventina, para os íntimos Viviane, que é apaixonada por ninguém menos que Merlin. Merlin que se autoinduziu em uma espécie de coma por tristeza sobre o futuro de Camelot e a única chance de Conventina/Viviane salvá-lo é mudar o futuro de Camelot, e para isso ela precisa de uma mulher que tenha tal capacidade. Aí que entra Isabel, uma fotojornalista conceituada de 42 anos, que se envolve em um acidente, onde Conventina acaba  ‘salvando-a’. Isabel é mandada a Camelot com a missão de mudar seu futuro, de forma a salvar Merlin. Mas, os plano s não saem como planejados, afinal, Isabel deveria seduzir Lancelot, mas ela se sente atraída por ninguém menos que Rei Artur.

— Ao menos uma vez, Artur, acostume-se com a ideia de que as mulheres podem ser muito úteis ao cuidar de seus homens. Ao menos uma vez.

Os planos acabam mudando conforme a realidade que Isabel encontra lá, mas o foco permanece, mudar o destino escuro que ronda Camelot, e assim salvar Merlin. Mas isso não quer dizer que as coisas são fáceis e simples, bem o contrário, as coisas vão se complicando cada vez mais. Ainda mais com as gafes no vocabulário de Isabel, ou nas suas trapalhadas. Isso sem contar com o risco dela mesma conquistar algo que não espera e temer perder isto.

— Quem é o maluco aqui? Eu ou você?

A trama em si é muito boa, mesmo que em alguns momentos a forma como Isabel age, normal nos dias de hoje, foram aceitas tão facilmente, o que sinceramente não iria acontecer. Esses detalhes não me pareceram forçados, só não desenvolvidos como poderiam ter sido, talvez deixando a trama ainda mais rica. E claro, o romance é o ponto focal, ele foi interessante, divertido, sagaz, com uma pitada de sensualidade  e fofo. O problema foi que no final, quando estava em um ponto alto que possibilitava uma infinidade de coisas, de drama, de chances, aconteceu tudo tão rápido, que aí sim… me pareceu forçado. Como se a autora tivesse chego ao limite de páginas, letras, ou que o prazo acabou e ela precisava de um final. Um final que não foi desenvolvido, simplesmente terminou, em minha opinião, mais um ponto que poderia ter sido muuuuuito mais desenvolvido. Enfim, é uma boa história, divertida, digna de suspiros, ainda que tenha terminado com uma sensação de ter faltado algo. Vale a leitura.

Ao menos ela sabia o que iria acontecer. E imaginava que esse fosse um prêmio mais valioso do que qualquer outro.

obs: se você gosta de livros com mitologia, romance, fantasia e lendas leia o Deusa da Rosa, dessa mesma série. Ele é maravilhoso!

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2237 pessoas visitaram
Publicado em 11/02/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Eu li Deusa do Mar, Deusa do Amor, Deusa da Rosa, Deusa da Luz, Deusa da Primavera. Esta semana, cheguei na livraria e vi que tinha Deusa de Troia e Deusa da Lenda e procurei saber sobre eles e achei sua postagem. Realmente, a outra série dela é bem fraquinha, mas gostei tanto dessa serie que tenho compradinho os livros que citei. Estou na dúvida se compro o Deusa de Troia ou Deusa da Lenda para ler. Vou acabar comprando os dois! Não sei se você leu, mas desses os que eu mais amei foi Deusa do Mar e Deusa da Primavera (neste último até chorei-afff). rsrsrsrs Recomendo! E o final não é tão rápido. Aliás, gostei demais do final desses dois livros, bem acabado. Você vai gostar.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!