Autora: Ka Hancock
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
Classificação: 4/5 estrelas

O romance Dançando sobre Cacos de Vidros conta a história de Lucy e Mickey, ambos possuem doenças genética, ela tem um histórico familiar de câncer e ele um transtorno bipolar, e ambos não deveriam se apaixonar, porém não conseguem resistir a atração e acabam casando-se. Porém, no décimo primeiro ano de casamento, eles são surpreendidos com uma notícia extraordinária: Lucy está grávida e agora ambos deverão tentar aprender com as mudanças que essa notícia irá trazer para suas vidas.

A premissa é muito interessante e foi uma das principais razões que me levaram a ler o livro, afinal poucos são os livros que tocam nesse assunto de bipolaridade e como é lidar com isso. Acredito que a autora aprofundou-se em todos os assuntos para criar uma narrativa cativante, mesmo que no começo do livro a escrita dela tenha feito que as situações retratadas parecessem bem forçadas, mas eu a perdoo, afinal esse é seu primeiro livro e tenho certeza que ela melhorará muito.

Ka Hancock soube retratar muito bem os personagens e dar a eles várias características bem humanas, o que até me fez ficar com raiva de alguns deles. Além disso, é gostoso ter a participação da vida familiar, não somente da Lucy e do Mickey, e a autora soube transmitir perfeitamente a relação entre pessoas da mesma família, assim não ficamos apenas concentrados nos dramas do casal principal.

Quanto ao romance entre Mickey e Lucy, é tocante e gostoso de ler, mas são os momentos descritos que passam a sensação de que são casados há tanto tempo. Assim, é muito bom ver o crescimento que eles tem no decorrer da trama e a exploração que a autora faz na relação deles, acompanhar as lutas desse casal foi uma montanha russa de emoções: tristeza, raiva e alegria.

Mesmo que o percurso seguido para o enredo seja previsível, o desenvolvimento que a autora fez foi surpreendente e tocante, capaz de fazer alguém chorar. Principalmente por ser uma história realista, que te faz aprender e entender as pessoas que são colocadas nessa situação, assim Hancock nos faz compreender porque o casamento é uma dança, que certas vezes essa dança tenha que acontecer sobre cacos de vidro.

Esse livro conseguiu superar minhas expectativas e ao mesmo tempo que é uma leitura gostosa, também é algo triste para se aprender. Os personagens nunca deixam de surpreender e você vai se apaixonando por eles depois de cada página, e pouco a pouco você se envolve, torce e ama a cada momento. Esse é um livro especial, que realmente merece ser lido, mas está longe de ser um conto de fadas, é a realidade crua, logo nem tudo termina bem.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2380 pessoas visitaram
Publicado em 07/01/2014
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Camila disse:

    É um livro lindo e emocionante. Eu não sou de chorar em livro, mesmo porque eu costumo a ter ataques de raiva as vezes. Tanto que procuro ler vários spoleirs antes, porque eu não quero acabar um livro e fala puxa vai ter mais 5 volumes. Entretanto esse foi no meu coração. Quando você começa o livro você já sabe onde vai acaba… a capa é maior spolier. Mas diferente das narrativas tristes que vc não quer nunca revista, esse é contrario, daqui um tempo vou ler novamente e chorar um pouquinho. Boa review!!!!

  2. Fiquei bastante interessada por esse livro… Gosto de livros assim, que passa a realidade de qualquer pessoa. Bipolaridade e câncer ainda são um tabu que precisam ser quebrados no mundo literário… Espero poder encontra-lo logo para ler. Achei a capa bem bonita também. Bela resenha… Beijo :3

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!