Autora: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Páginas: 430
Classificação: 5/5  estrelas

Finalmente o tão esperado final da saga Infernal Devices (As Peças Infernais, pela Galera Record). Princesa Mecânica, de Cassandra Clare, chega as mãos dos leitores que esperaram ansiosos pelo desfecho de um dos triângulos amorosos mais divididos e disputados dos últimos tempos. De um lado, no canto direito, está ele, Will Herondele, com cabelos pretos, intensos olhos azuis, personalidade arrogante e leitor ávido. No canto esquerdo, diretamente de Xangai, com os olhos cor de prata, aparentando calma e tranqüilidade, além uma incrível habilidade no violino, Jem Carstais!

A vida é um livro e há centenas de páginas que ainda não li.

Brincadeiras à parte, eu queria esclarecer dois pontos a respeito desta resenha. Primeiro, foi muito difícil escolher as palavras para colocá-las aqui sem que revelasse muito sobre o desfecho final da saga e, segundo, eu realmente tenho que tirar o chapéu para Cassandra Clare por sua incrível capacidade de tecer histórias fortes sem nunca perder a sensibilidade e a integridade dos seus personagens. Ela conseguiu me deixar atônita!

Foi o maior privilégio e honra da minha vida conhecer você.

Este livro é uma verdadeira tempestade de emoções do prólogo ao epilogo. Como sempre, Cassandra nos brinda com momentos de tensão, risos e muita emoção, fui às lágrimas várias vezes! O que posso dizer sem deixar claro o final? Bem… Ela conseguiu encaminhar os fatos que levam a saga TIM, e fez isso sendo fiel aos personagens até o fim, mas o mais me marcou como leitora da saga, e vejam bem só consegui enxergar nesse último livro, foi o seguinte: que a relação entre personagens mais importante da saga não era o triângulo amoroso Will x Tessa x Jem. Não, na verdade a relação mais importante era a relação de Will e Jem, mas fiquem calmos vocês vão entender quando lerem.

E que final arrebatador! Digno dos livros e da categoria de Cassandra Clare. Ainda não acredito que acabou depois de esperar meses para o capítulo final. Ainda me sinto tão anestesiada pela leitura, pelas emoções e sensações deixadas por esses personagens que ficarão em nossos corações por muito tempo e se você ainda não leu, leia, eu garanto que você não irá se arrepender.

Ninguém pode dizer que a morte encontrou em mim um companheiro disposto, ou que eu me deixei levar facilmente.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2794 pessoas visitaram
Publicado em 31/12/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Fernanda disse:

    Chorei do começo ao fim com esse livro
    Simplesmente divino
    E a relação Will x Jem é encantadora e foi o que me fez chorar em 99% das vezes, o amor que um sentia pela outro é lindo demais.
    Cassandra com certeza esta de Parabéns!!

  2. Amoooooooooo esse site <3

  3. Laisa disse:

    Essa trilogia foi uma das poucas que eu reli, Tessa x Will x Jem se você me disser um triângulo amoroso melhor que esse eu te dou um doce. O que foi aquele epílogo? Meus feelings foram destroçados e ao mesmo tempo fiquei feliz.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!