Autora: Lauren Kate
Editora: Galera Record
Páginas:
336
Classificação:
 3.5/5 estrelas

Sim, eu admito que eu comecei a ler Lágrimas porque primeiramente amei Fallen (apenas o primeiro livro) e também em razão da capa – que inclusive já vi muita gente dizendo que é a mais linda do ano. E acabei me surpreendendo bastante com o enredo que Lauren Kate usou.

Eu nunca amei até encontrar você.

Eureka nunca chorou. Ou melhor dizendo, a primeira vez em sua vida que ela chorou sua mãe, Diana, a repreendeu fortemente e disse uma frase que permaneceria para sempre na mente da jovem: “Nunca, jamais volte a chorar!” Eureka nunca entendeu o porquê de a mãe dizer isso. Mas, tudo isso muda quando mãe e filha sofrem um acidente e Diana morre. Eureka acredita que nunca mais conseguirá sorrir. Sua vida está nada menos do que despedaçada. Agora ela tem uma nova família: seu pai se casou com Rhonda e teve gêmeos.

Se sua vida já é insuportável, ela não sabe o que aconteceria sem as duas pessoas que mais ama: Cat, sua melhor amiga que está sempre ao seu lado e Brooke, um amor de infância. Aos trancos e barrancos, Eureka faz o melhor que pode para ao menos sobreviver. Mas está difícil. Desde o acidente, ela não é bem vista em lugar nenhum, muito menos na escola. Tudo parece piorar depois que conhece Ander – um estranho que bateu em seu carro e que aparece nas horas mais incomuns.

Sua mãe deixou uma herança um tanto diferente para ela. O principal é O Livro do Amor, escrito em uma língua desconhecida que traz uma história que pode se assemelhar com a sua. Seu papel será descobrir o que tudo isso tem a ver com ela e como usar as outras duas heranças de sua mãe. Em quem se pode confiar? Eureka tem que decidir e não pode derramar uma lágrima sequer mesmo durante todo o caos que está a sua vida.

Ela sofria todo dia, o tempo todo, com cada átomo de seu corpo.

Nas primeiras 100 páginas do livro minha reação foi: O que é isso? Sinceramente, a leitura simplesmente se arrasta, você fica desmotivado a seguir com ela. E continua assim 150 páginas depois. Lauren Kate seguiu a mesma linha que Fallen e fez o primeiro livro de sua nova série com nada menos do que enrolação.

Mas, graças ao bom Deus, as últimas 50 páginas se tornam completamente diferentes. A leitura flui e você começa finalmente gostar e simpatizar com os personagens (do mesmo modo que acontece em Fallen). E aí percebemos que grande mitologia Lauren tem em suas mãos. Espero que ela consiga desenvolver essa história nos próximos volumes da série sem medo de ser feliz.

Você precisa sobreviver porque eu não conseguiria viver num mundo sem você.

Eureka é uma personagem muito diferente da famosa Luce. Ela não precisa de ninguém. É fria e segura de si, além de ter total controle sobre suas emoções. Que mulher não gostaria de ser assim? Ander é um mistério a parte e fiquei com a pulga atrás da orelha durante toda a enrolação do livro e só descobri qual é o seu real papel nas últimas páginas. É um tanto triste ter tão pouco dele no começo de Lágrima. Quem sabe mais aparições dele teriam salvado a lástima que foi o início e meio do enredo.

Mas, no fundo, acredito que a enrolação tenha valido a pena. Essa introdução à série Teardrop não foi muito convincente, porém, eu aposto na série. Acredito que Lauren vai conseguir arrasar nos próximos volumes e vamos nos apaixonar, e quem sabe ser fortes como Eureka e nunca mais derramar uma lágrima.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
8894 pessoas visitaram
Publicado em 12/12/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Hmmm, eu vim atrás de uma confirmação se deveria dar uma chance para essa série, mas agora fiquei com mais dúvidas ainda hahaha Afinal, pode-se dizer que não sou a maior fão do mundo da Lauren e de Fallen, é uma série que não gostei muito e que talvez tenha mais baixos do que altos, mas o último livro Extâse me fez acreditar no talento da Lauren e por isso não sei se leio esse livro, pois não sei se vale a pena perder tempo já que metade do livro é enrolação. Mas, por via das dúvidas deixarei ele na lista dos “talvez”, porque gostei da sinopse, bem interessante todo essa ideia de não poder chorar e senti um pouco de mistério ai, principalmente em relação ao Ander.
    Beijos!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!