Autor: Andy Robb
Editora: Galera Record
Páginas: 303
Classificação:
 3/5 estrelas

Fator Nerd conta a história de Archie, um adolescente nerd que está passando por um momento difícil: sua mãe acaba de mudar para uma casa nova e ele vai ter que aprender a conviver com seu padrasto; além disso seu pai está pensando em se mudar para outra cidade.

Ainda bem que ele tem o Casebre, lugar onde os nerds da cidade se refugiam, como porto seguro. Mas quando uma garota, Sarah, aparece em sua vida é que tudo começa realmente a mudar, e nem sempre para melhor.

MI: Negue! Negue! Negue! Mesmo diante de evidências fotográficas! Você não estava lá! Era seu irmão gêmeo! Qualquer  coisa menos a verdade!

Primeiramente, eu devo dizer para ninguém ir com muitas expectativas, não é um livro que vai virar um dos favoritos ou te deixar sem fôlego, em contrapartida posso dizer que vai te deixar com um sentimento agridoce e de que não foi uma total perda de tempo.

Archie é um adolescente complicado, o divórcio fez com que ele se afastasse dos pais e criasse o MI, que é basicamente a sua consciência, na qual ele projeta tudo o que queria dizer e não pode, assim é por causa de “MI” que as coisas mais engraçadas e ácidas do livro acontecem.

Ele passa o livro todo falando que ele é um nerd e é interessante como o autor entra em um dos assuntos que são pouco discutidos em livros atualmente, como o universo do RPG, assim, aproveitamos para ver como tudo funciona e como é esse mundo. Os amigos dele também dão um toque a parte, principalmente Matt, e conseguem dar o tom ideal a narrativa.

Também é divertida e fascinante a visão que o autor dá sobre o primeiro amor, que vem na forma da Sarah, uma menina que é normal na escola, porém em suas horas vagas se veste como gótica. Uma pena que Andy Robb não explorou mais essa personagem. Mesmo que seja um livro focado em Archie, não sei se isso é desculpa para essa falta.

Já a favor do livro temos o conflito parental que ocorre e a forma como tudo acontece é bem crível,  como exemplo o fato de que as mudanças impedem o personagem de dizer o que pensa e sente, sendo que isso acaba prejudicando sua conexão com essas pessoas. Em suma, não dá para dizer que esse livro é sobre o primeiro amor do protagonista — como deixa a entender o título -, mas sim como ele lida e amadurece como pessoa quando adversidades aparecem e como isso afeta seus relacionamentos e decisões.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1668 pessoas visitaram
Publicado em 03/12/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Andy Robb disse:

    Muito obrigado por seu comentário! O segundo livro deve ser publicado no Brasil no próximo verão, eu espero que ele responde a tudo para você!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!