Autora: Yeda Lins
Editora: Penalux
Páginas:
 150
Classificação:
 4/5 estrelas

Eu, sinceramente, não esperava muito desse livro. Estava nas minhas primeiras páginas, sem muito ânimo para continuar a leitura, até ler um trecho que a autora me ganhou completamente:

“Desde cedo, entendeu que era diferente. Que não era bonita como as meninas da sua turma do colégio, ou sua irmã mais nova. Que havia um mundo ao qual ela não pertencia. Que os livros eram os melhores amigos e a melhor companhia.”

Imediatamente me identifiquei com Vera. E embarquei na leitura de Suíte N° 3, e apesar de alguns pequenos detalhes, não me arrependi em nada.

Sérgio era um recreador de hotel e precisa de dinheiro para ajudar no tratamento de seu tio que está com câncer. Desesperado por ajuda pede dinheiro emprestado. E a sua dívida só faz aumentar a chegar a um ponto que ele corre perigo de vida. Seu amigo, Marcos, não quer perder seu amigo, então sugere a ele a se aproximar de Vera – uma mulher de 34 anos que acaba de perder seu pai na morte e é milionária. Sérgio não vê problemas e o faz afinal o que é uma noite com uma mulher feia em troca de sua dívida paga?

Eu nunca fui tão feliz na minha vida.

Porém, tudo acaba saindo do controle desde o primeiro beijo do casal. Sérgio acaba se envolvendo emocionalmente com Vera e começa a se apaixonar. Vera, que nunca teve um namorado em toda sua vida, por sempre ter sido focada nos estudos, também se apaixona por Sérgio, mesmo os dois sendo tão diferentes um do outro. Será que o amor deles será maior do que mentiras, o risco de vida e a diferença de classe social?

Algo que eu não sabia e que eu descobri apenas depois de terminar o livro é que esse é o primeiro romance de Yeda Lins. Bom, eu não esperava que fosse, porque sua escrita foi realmente impressionante. A narrativa é envolvente, você não larga o livro até terminá-lo. Chega a um ponto que você termina a leitura e nem percebe como isso aconteceu.

O que me agradou muito também foram os personagens reais que Yeda nos apresentou. Sérgio é um típico brasileiro que não quer nada mais que sexo e dinheiro, mas que acaba se apaixonando. E ao acontecer isso, vemos a transformação nele e isso é o que mais me comove. Também vemos a transformação em Vera, que antes só se importava com si mesmo, mas que agora aprendeu a amar e a viver a sua vida além dos livros.

Enfim, mais um livro que mostra que a literatura brasileira pode ser sim tão boa quanto à estrangeira. Recomendo a todos que gostam de uma boa dose de romance e erotismo.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1805 pessoas visitaram
Publicado em 25/11/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!