Autora:  John Marsden
Editora:  Fundamento
Páginas:
 236
Classificação:
 4/5 estrelas

O Silêncio da Noite é o segundo da saga Amanha e continua a saga de Ellie e seus amigos, que agora tomam uma nova visão sobre a invasão e o que fazer para reconquistar o domínio de sua cidade. Além disso eles precisam lidar com o fato de que o inimigo está habitando suas antigas residências, assim muitos tem que lidar com o fato de terem suas casas ocupadas, e diminuir a influência desse invasor parece cada vez mais arriscado.

Desculpa por esse péssimo resumo do livro, a trama não chega a um terço disso, mas sinto que se eu falar demais posso acabar dando spoilers enormes, então como não quero morrer tão cedo, deixo vocês com apenas isso. Primeiramente, eu devo dizer que eu por muito tempo subestimei John Marsden e sinto muito por isso, ele é um escritor fantástico e fico triste pelo fato dele não ser tão conhecido no Brasil.

John provou que não foi afetado pela maldição do segundo livro e consegue ilustrar uma trama maravilhosa e bem amarrada, na qual tudo tem uma função e as ações tomadas terão enormes consequências depois. Além disso, algo que eu amo nele é o fato de descrever jovens de uma maneira realística que te impede de duvidar  das ações tomadas ou das emoções que eles estavam sentindo em determinados momentos, assim é possível se apegar a todos e torcer para que o jogo vire a favor deles.

Em O Silêncio da Noite temos o desenvolvimento dos personagem e também a perda de sua inocência, algo que vinha sendo construído durante o primeiro livro e aqui ganha uma intensidade maior, assim eles amadurecem e percebem que as coisas podem sim piorar e que o melhor agora é começar a se preparar para isso.  Ademais, eles tem que enfrentar os momentos de incerteza e aprenderem novamente a conviver uns com os outros, afinal, mesmo que amigos, a maioria deles nunca permaneceram juntos por muito tempo e algumas decisões podem prejudicar suas relações.

O autor não poupa momentos de ação e tensão na saga, ele vai montando cada situação, me fazendo ficar ansiosa e virar a página desesperadamente para saber o que acontece, afinal cada momento  pode significar o fim dos personagens e devo dizer que eles são muito fãs de se meterem em situações incrivelmente mortais. Nesse livro, também podemos conhecer mais sobre outras pessoas que sobreviveram e como elas lidaram com esse novo cenário.

É difícil falar desse livro, porque ele é muito bom e está entre os meus favoritos, pois tem de tudo um pouco e esse tudo é muito bem trabalhado pelo autor, assim é impossível largar o livro e não querer as continuações. Então, o melhor conselho que posso dar a vocês é para ler esse livro pois mesmo eu, uma chata, facilmente o classifico como maravilhoso.

PS: O autor é australiano e parece que ele se inspirou em algumas paisagens, acho que terei mais lugares para visitar quando eu visitar esse maravilhoso país.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1954 pessoas visitaram
Publicado em 19/11/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!