Autora: Alma Katsu
Editora: Novo Conceito
Páginas:
352
Classificação:
 4/5 estrelas

Mortais ou imortais, todos os nossos problemas se resumem apenas a uma palavra: amor. É isso que Alma Katsu nos traz no segundo volume da trilogia Taker, Refém da Obsessão.

Somos todos subjugados pelo amor.

Depois de ter aprisionado Adair e ter matado Jonathan, Lanny está tentando aproveitar sua vida como pode. Ao lado de Luke, ela está realmente feliz e vivendo o que imaginava não ser mais possível para ela. Mesmo com a dor na consciência de ter matado Jonathan, ela está bem, pois sabe que foi melhor para ele assim. Toda sua vida de viagens e felicidade muda quando ela volta a sentir a presença de Adair em sua mente, e isso só pode significar uma coisa: ele está vivo novamente. Lanore se apavora e não sabe o que fazer porque já sabe a vingança que Adair quer contra ela.

Adair é liberto depois de 200 anos preso e a única palavra que volta a sua mente é Lanore. Ele a odeia tanto e a ama igualmente. Esse é um conflito eterno que ele não sabe qual dos sentimentos se sobrepõe ao outro. Mas o que ele quer e precisa é encontra-la e não medirá esforços para isso. Lanore começa imediatamente a procurar proteção por parte de seus companheiros de milhares de anos atrás. Porém, Adair parece estar cada vez mais próximo e o encontro inevitável está prestes a acontecer.

Adair amava Lanore e também a odiava, mas era incapaz de se vingar dela; estava cada vez mais determinado a encontrá-la. Seu amor por ela era sublime e também uma maldição cruel, corria em suas veias como uma infecção. Não precisava de mais provas para saber que estava condenado, incapaz de ser redimido e amaldiçoado, e que não havia nada que pudesse fazer sobre isso.

Confesso que ao ler Ladrão de Almas eu não fiquei tão convencida assim da história em si. Ficava me perguntando no que ia dar uma sequência. Porém, ao pegar Refém da Obsessão e começar a sua leitura, eu finalmente entendi o porquê de todos serem tão loucos por essa trilogia. Alma Katsu surpreendeu e muito nessa obra não se esquecendo dos melhores componentes do primeiro livro: sexo, amor e sobrenatural.

Em Refém da Obsessão conhecemos a verdadeira história de Adair e que OMG! Fiquei literalmente de boca aberta sem conseguir ter nenhum tipo de reação. Além disso, Lanny parece que está finalmente amadurecendo e não está tomando atitudes prematuras como antes fazia. Também conhecemos alguns personagens mais a fundo o que nos dá um entendimento maior sobre toda a trama.

Não podia estar apaixonada por um monstro. Não me permitiria estar apaixonada pelo demônio.

Os únicos pontos negativos foram a enrolação para a cena mais aguardada do livro acontecer. E quando aconteceu não foi realmente nada do esperado. Foi um tanto frustrante. Além disso, não vi uma questão final ser deixada em aberto para o terceiro volume, o que novamente me faz pensar aonde Alma chegará ao final da trilogia. Espero que seja um lugar bom porque os fãs não merecem nada menos do que isso.

Mas a série de redenções e mudanças nos personagens conseguiu me ganhar. A questão central da obra nunca deixará de ser o amor e os sacrifícios para conquista-lo. Nunca amamos quem nos ama e nunca quem amamos nos amará. É uma triste realidade que chega a partir o coração.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2587 pessoas visitaram
Publicado em 26/11/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. karleane disse:

    Terminei ontem de ler Ladrão de Almas, gostei, mas fiquei decepcionada achando ser aquele o final de Lanny, não sabia que era uma trilogia… ainda bem que tem mais!

    1. Gabriela disse:

      Tem mais sim! Se fosse aquele final seria horrível kk

  2. Lica disse:

    Eu adoro A série The Taker… e acho que esse segundo livro surpreendeu msm, só não sei se gosto tanto do Adair pq ele me lembra a paixão do Lestat sabe… ainda estou em duvida sobre isso!

    Bjokas
    Lica
    bookeando.com

    1. Gabriela disse:

      Eu fiquei meio assim com o Adair também :/ um tanto decepcionada

  3. Para mim este livro foi bem melhor que o anterior, e me deixou com uma curiosidade que o livro 1 não deixou. Estou na maior torcida pelo Adair.
    Bjs, Rose.

  4. Nivia Alice Sales disse:

    Já li os dois primeiros,espero que o terceiro não demore a sair. Adorei.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!