Autora: Christine Feehan
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 408
Classificação: 3/5 estrelas

Para quem não conhece a saga d’Os Cárpatos, a mesma é composta de mais de vinte livros e eu nem sei dizer se há uma previsão de quando ela se encerra, mas espero que eu ainda esteja aqui para conferir isso. Sim, eu li os vinte e tantos livros escritos por Christine Feehan, entretanto o terceiro da saga, Pecado Sombrio, eu decidi pular na época por não prometer nenhuma grande história, e agora que o li posso dizer que meu sexto sentido estava certo: o livro não chega aos pés de seus companheiros.

Continue lutando, Alexandria. Não fará nenhum bem para você, mas, se você se sente melhor, continue.

O livro gira em torno de Alexandria, uma mulher trabalhadora que vive uma vida difícil com seu irmãozinho. Ótima design de jogos, Alexandria está lutando pelo emprego de seus sonhos quando sente que algo sombrio está a espreita, e logo tudo dá errado.

Quando é atacada e sequestrada por um vampiro, é o Dourado, Aidan Savage, que surge para salvá-la, entretanto inicialmente ele a confunde com outro vampiro e a primeira impressão entre ambos não é nada feliz. Mas com o tempo, e com o Cárpato percebendo que ela é sua outra metade, a luz para a escuridão que o persegue, um romance se inicia e a vida de Alexandria muda completamente, mas ela não sabe se está preparada para enfrentar um cenário completamente diferente ao que estava acostumada, principalmente quando uma guerra milenar está adiante.

Ai, não acredito que encontrei um livro dessa saga que posso chamar de decepcionante. Aliás, tenho dúvidas se o problema foi o livro ou a tradução, pois nos volumes anteriores, aqui no Brasil, encontrei algo bem precário, repleto de erros e nada digno de uma grande autora como a Feehan. Como no caso desse terceiro livro eu não havia lido anteriormente em inglês ou espanhol, fica essa dúvida, e não sei se tenho paciência suficiente para ler esse livro novamente em outro idioma porque meu santo simplesmente não bateu com o de Alexandria.

“Em todos os séculos de minha existência, ninguém jamais me chamou de idiota.”

“Provavelmente porque todo mundo tem medo de você.”

A mulher simplesmente é uma chata. Sério, Alexandria bateu tanto numa mesma tecla que em grande parte do livro torci para algo dar errado com ela e temperar mais o livro. Em suma, comparada as outras protagonistas, ela teve um papel ordinário e tediante, o que muitas vezes tornou o livro cansativo, e a protagonista pedante. Claro que houve momentos ótimos também, Aidan é uma delicinha de homem e sabe fazer uma mulher pegar fogo rsrs!

Mas, sinceramente, Pecado Sombrio foi mais um interlúdio para tapar o buraco entre o segundo e o próximo livro, onde os protagonistas tem mais destaque e suas histórias são mais aguardadas.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2550 pessoas visitaram
Publicado em 29/11/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. kira disse:

    eu estava procurando os livros da feehan tradoto e publicado ai no brasil.quantos ja foi publicado?
    eu esplico o motivo;eu comecei ler a serie publicada na ligua italiana
    mais aqui ja estamos no livro n9 .e deu uma parada e eu no consigo ler bem o ingles.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!