corações

Autora: Louisa Reid
Editora: Novo Conceito
Páginas:
 256
Classificação:
 5/5 estrelas

Como introdução para Corações Feridos, eu só posso escrever: ele vai mexer com você…

O livro é narrado através de dois pontos de vistas, as gêmeas Hephzibah e Rebecca. A primeira antes de sua morte, e a segunda narrando após a morte de sua gêmea. E apesar de gêmeas, as garotas nada têm a ver uma com a outra. Hephzibah é a perfeita, linda e popular, arranca sorrisos por onde passa. Já Reb nasceu com Síndrome de Treacher Collins e é vista por seu pai como cria do demônio e conviveu durante anos escutando que ela era um nada. Entretanto, após o falecimento de sua gêmea, sua vida muda completamente e ela não está mais disposta a seguir se escondendo, fingindo que tudo está bem. Reb possui segredos obscuros, e chegou a hora de se livrar deles.

Quem irá me salvar quando eu cair?

Como e por que Hephzibah chega a falecer é algo que o leitor só poderá conferir nas páginas finais, mas enquanto isso não acontece, pouco a pouco, a autora nos mostra como a garota fez de tudo para se libertar da família opressora e lutar por algo que sempre quis: ser normal. Não importa o custo, não importa que sua irmã fique para trás com isso, ela está disposta a tudo por uma real chance de felicidade, mas ela não faz ideia do verdadeiro monstro que supostamente a criou, e quando ela perceber já será tarde demais.

O grande destaque desse livro, sem dúvidas, é Reb, que mesmo passando toda sua vida sendo menosprezada e tomada pela dor, tinha uma parte dela que se reservou a esperar e se preparar, pois um dia, só Deus sabe quando, ela conseguiria ir embora, e então sua irmã, a pessoa que mais amou na vida, morre, e Reb falhou em protegê-la e vamos descobrindo o que aconteceu na vida dessas duas irmãs, tanto na infância quanto após a morte da gêmea perfeita, e a verdade é de partir o coração.

Você é perfeita, meu amor, diferente, mas perfeita. Você não pode mudar sua aparência, não é culpa sua. Você me entende, Rebecca?

Esse livro me envolveu de tal forma que eu ainda estou estática. Inicialmente, ao mesmo tempo em que adorei a autora abordar algo diferente, também me irritei com tudo o que acontecia, com a forma como a Perfeita resolveu lidar com tudo e me senti pessoalmente atingida muitas vezes. Por minha família ser extensa, há uma regra que reina nessa selva: eu posso falar mal do meu irmão, o chamar de gordo, mas se você xingar ele, eu retruco, se você encostar nele, eu parto para a briga, e é assim que sempre deve ser, defendemos que nós amamos, mas quanto mais atitudes egoístas Hephzibah cometia, mais desgostosa eu ficava, porém agora, após terminar tudo, posso dizer que entendo, apesar de não concordar com algumas de suas atitudes, eu entendo completamente essa garota que queria ter uma vida normal, ser uma adolescente normal e se apaixonar e mostrar que a perfeitinha não era tão perfeitinha assim e nunca quis ser.

E eu chorei pelas garotinhas que nunca tiveram a chance de ser crianças, nem de se tornarem mulheres, chorei pela mãe que deveria lutar por elas com unhas e dentes contra qualquer monstro, e chorei, principalmente, por essa ficção ser realidade em muitas famílias e eu cheguei a parar a leitura, porque dói demais, é cruel demais, acompanhar uma narrativa tão crível que você chega a sentir que está acontecendo diante de seus olhos e você nada pode fazer para impedir os abusos de acontecerem.

Eu estou tentando não revelar muito sobre o livro, espero que se decidir lê-lo você se depare com várias surpresas e não quero impedir isso, mas Louisa Reid, basicamente, focou em escrever um drama envolvendo fanatismo religioso, abusos, coragem e esperança. É sobre duas garotas que tiveram coragem de fugir e tentar viver, seja de corpo, seja de alma, elas tentaram. Corações Feridos  não é só perfeito pela ótima narrativa, pelas descrições tão críveis que o leitor se coloca na história. Não, esse livro é perfeito porque nos faz ter mais consciência de que temos que viver por aqueles que não podem, e da necessidade de olhar além das aparências. Nem sempre algo bonito é realmente belo e divino, talvez seja o diabo em pessoa.

Você tem de ser corajosa. Eu estarei pronta quando você estiver.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
6045 pessoas visitaram
Publicado em 27/09/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Esse é um livro que eu também quero muito ler! E sua resenha só me fez querer tê-lo logo em minhas mãos!

  2. Marina disse:

    Uau! Fiquei super curiosa depois dessa resenha. Parabéns! Já adicionei às minhas futuras leituras 🙂

    Bjs

  3. camila nogueira disse:

    Você pode me dizer por favor se esse livro tem pelo menos um final feliz?

    1. Gabrielle disse:

      tem final feliz, Camila (eu gostei)

  4. Nossa, nossa! Eu não fiquei interessada pelo livro por causa da capa, mas após sua resenha vou querer lê-lo, agora quando, boa pergunta 😐

    :*

  5. Juh Sutti disse:

    Nossa, que resenha boa Gabi!
    Eu estava animada para ler esse livro, mas nem de longe eu imaginava que fosse algo tão intenso! Já vou me preparar psicologicamente viu?

    Beijos
    Livros e blablablá

    1. Gabrielle disse:

      Siiim, Ju, respira, pq esse, meu Deus, é para quem gostou de Extraordinário mas precisa conferir um cenário pior ;s

  6. Lica disse:

    Caraca Gabi não pedi esse livro pra resenha com medo dele ser ruim, e agora vc me fez ficar com mta vontade de ler!!!

    1. Gabrielle disse:

      shusahusahusa VOU TE BATER, LICA! Como assim não pediu!? Você tinha que ter pedido, os outros dá NC desse mês não chegaram aos pés (falta eu ler o da Sarra, que eu adoro, e Dois Rios, que falaram que é bom, vamos ver)

  7. Eu gostaria de ler este livro, mas simplesmente não consigo nem pensar em lê-lo pois já imaginava que seria um livro pesado no sentido de abalar com seus sentimentos… não, não estou no momento para isto. Estou em uma fase de coisas felizes e leves. No futuro, que sabe?

    1. Gabrielle disse:

      É, pegue um chick-lit para ler, de boas risadas, e um dia leia Corações. Eu acho imperdível, mas como você tb acho que tem hora e lugar para lê-lo

  8. Menina, confesso que estava evitando marcar esse livro para uma futura leitura. A capa é linda, mas depois de Extraordinário (que foi emocionante) não queria ter que lidar com outra protagonista que sofre por uma deformidade. É um tema pesado e triste. E por ser na vida adulta, não é algo leve para se divertir. :/ Mas, como ignorar uma resenha assim? Como ignorar um livro que realmente toca o leitor e o faz pensar até em si mesmo diante da sua própria família?
    Ah, maldade sua, hm! Agora terei que ler também! (rs)
    Ótima resenha.
    Beijos!

    http://www.myqueenside.blogspot.com

    1. Gabrielle disse:

      eu tento me distanciar um pouco desses livros também, Fran, acho que leio uns 4 por mês e olhe lá, mas eu já estava esperando há tanto tempo esse livro que não aguentei, e o pior de tudo é que a vida das protagonistas é feia, não é o rosto, mas a vida em si e isso é horripilante ;s

  9. Megan disse:

    Eu amei esse livro!! Um dos melhores que eu já li!!!
    Eu conversei com a Louisa Reid e ela disse que ela vai lançar outro livro esse ano, mas ela não sabe quando vai chegar no Brasil. 🙁
    Enfim.. Ótima resenha! Amei!
    Beijos

  10. Otima resenha, estou ansiosa pare ler esse livro.

  11. Railine Ferry disse:

    Esse livro e perfeito , começei a lê e não parei ate terminar. Sem palavra muito bom mesmo .

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!