E Se Fosse verdade

Autor:  Marc Levy
Editora:  Suma de Letras
Páginas:
 232
Classificação:
 3.5/5 estrelas

Você já deve ter ouvido falar de E Se Fosse Verdade…, estrelado por Reese Witherspoon e Mark Ruffalo, provavelmente até assistido, como eu. O que eu não sabia, e você também não deve saber se você ainda não leu o livro que originou o filme, é que  pouco ou quase nada se encaixa ao compararmos o livro com a adaptação.

O romance gira em torno de uma residente de medicina em um hospital de São Francisco. Lauren é uma mulher que se destaca em sua vida profissional, entretanto sua vida pessoal é comum e pacata, com somente sua cachorra, Kali, para acompanhá-la em seu dia a dia. O cenário muda quando ela sai de viagem e sofre um acidente de carro e morre… ou assim todos acreditavam até que por um mero acaso ela volta a respirar e entra em coma.

Meses se passam e Arthur, um arquiteto, é o novo inquilino de seu antigo apartamento, e Lauren o vigia de perto, até que certa noite ele não só a nota como consegue tocá-la. Ele parece não acreditar em sua história e só pede que ela saia do local para que ele possa finalmente descansar. Após exaustivos diálogos, Arthur começa a tentar entender o que realmente está se passando e esse é o ponto inicial de uma busca insana, repleta de amor e esperança.

O primeiro encontro do casal é, no mínimo, inusitado, e com certeza fantástico. Para ser sincera, também é um dos pontos altos do livro, que não teve lá muitos. Primeiro Arthur chama Lauren de puta, e logo depois melhora a situação dando-a como uma louca que fugiu do hospício. Como não poderia deixar de ser, eles também possuem características e jeitos completamente diferentes um do outro. Lauren tem um gênio terrível, já Arthur tenta levar tudo com calma. Para piorar, ele não acredita em Deus, no sobrenatural então muito menos.

E, narrado em terceira pessoa, a trama deveria abranger todos os lados, mas não foi bem isso que aconteceu. Esse livro é de Arthur, o autor se aprofunda na infância do personagem, seus medos, amigos, família, como cresceu e seus sonhos para o futuro. Pouco fica claro quando se coloca em foco Lauren,  e mesmo isso não impediu de que eu me apegasse mais a essa personagem. Outro personagem que merecia mais espaço era Paul, melhor amigo de Arthur. Já Arthur, apesar de ser fofo e o homem ideal, pouco me ganhou. Talvez a culpa seja de seus diálogos um pouco longos demais, profundos demais, líricos demais, tudo demais.

Não sei para onde estou indo, mas se houver um além, vou continuar te amando

E Se Fosse Verdade… é mais um dos livros de Marc Levy que me cativou e durou poucos horas em minhas mãos, entretanto não se tornou meu favorito dentre todos os livros que já li do autor. Repleto de metáforas e com alguns trechos um tanto entediantes, o livro começou com uma pegada mais divertida, porém acabou por deixar a desejar. A obra ao todo é linda, mas poderia  ter sido espetacular.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
5335 pessoas visitaram
Publicado em 13/07/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Faby Tedrus disse:

    Estou só na metade do livro e posso dizer que já sinto o mesmo que você, sinto até preguiça de ler, tem partes bem entediantes. Podia ser MUITO melhor! Espero que a continuação, Encontrar Você, seja melhor!

    1. Gabrielle disse:

      Eu também, Faby, ainda mais pela forma como tudo terminou. Agora é torcer \o/

  2. Leila Schmitz disse:

    Ainda não li nenhum livro do autor. Quero ler.
    Também não gosto de diálogos muito longos e trechos entediantes, acho que prejudica um pouco.

    http://www.meuslivrosesonhos.blogspot.com.br
    *Ficarei feliz com uma visita sua ao meu blog!

  3. Eu adoro o filme, quando soube que era baseado em livro fiquei animada em ler, mas pelo visto foi só ‘inspirado’ mesmo no livro…
    Algum dia leio esse livro xD

    :*

  4. Dalila Souza disse:

    Sinceridade? Gostei MUITO mais do filme do que do livro.
    Fiquei meio traumatizada com Marc Levy depois que li Se Eu Fosse Você… o livro é totalmente diferente!

    1. Gabrielle disse:

      Em parte eu gostei mais do livro, mas por outro lado o livro também me decepcionou mais );

  5. bianca guimaras disse:

    na verdade so vi o filme, mas me disseram que o livro é muito cansativo e que n vale a pena ler, mas como sou teimosa comecei a ler e… tinham razão é um porre.

  6. Vanilda Procopio disse:

    Eu só vi o filme até agora e só há pouco tempo soube que existia o livro. Mesmo com essas partes entediantes, acho que vale a pena ler, porque a história é tão bacana. Pena que o autor não se ateve mais a essas partes de humor e romance.

  7. Yasmin disse:

    Ahhh eu vi o filme e amei,mais ainda quando soube que tinha o livro.Confesso que com a sua resenha fiquei um pouco desapontada,pois achei que o enredo do filme e do livro em si eram bem semelhantes.Só de saber que a leitura é um pouco entendiante já fiquei alarmada, mas vou dá uma chance ao livro e vê como é de fato.Bjos 🙂

  8. Taiane disse:

    Então, amei o filme. E pelo jeito o livro deve ser muito bom. Está na lista…kkkk

  9. Vanessa disse:

    Será que esse é mais um caso de filme que é mais legal do que o livro? Adoro a capa dele, mas todo mundo que eu já vi que leu este livro não pareceu gostar muuuito dele. Enfim, não pretendo ler E Se Fosse Verdade… tão cedo!

  10. Gabi, confesso nunca li nada do Marc Levy 🙁 Tenho o primeiro dia e a primeira noite na estante mas ainda não me aventurei, o filme eu já vi e gostei mas só, acho que não leria o livro (confesso que nem sabia que tinha sido inspirado em um livro) ainda mais depois de você falar que são muito diferentes e que o livro nem é essa coca-cola toda!!

  11. Hannah disse:

    Nunca li nada do autor, amei o filme… Mas, com essa resenha eu desanimei total. :/

  12. Isabelle disse:

    Desde que eu descobri que esse filme era baseado em um livro fiquei louca pra ler, afinal esse filme é a cara da minha pré-adolescencia! Mas depois de ler a resenha fiquei meio desmotivada :/ algum dia ainda leio!

  13. não sou muito fã desse lance de pós morte, talvez eu dê uma chance…

  14. não gosto muito de pós morte, fiquei desmotivada…

  15. Acabei de comprar esse livro na promo do Submarino e acho que vou amar a leitura. Já conheço a história pelo filme e espero me surpreender com o autor porque ainda não li nada dele.
    Beijos!
    😉

  16. Oliveira disse:

    Para mim o filme foi lindo! Agora o livro ter metáforas… vou ter problemas quando lê-lo e quero muito lê-lo.

  17. Gabriella Alvim disse:

    Acho que nem o filme eu vi, pra falar a verdade.
    Enfim, a história é interessante, mas acho que prefiro assistir ao filme pra ver se eu gosto do enredo. Não tenho muitos problemas com metáforas, mas a ponto de se tornar entediante, me desmotiva um pouco

  18. Eu não gosto quando o filme fica tão diferente do livro, se é baseado, deveria ficar igual ou pelo menos bem parecido com o livro em questão. Neste caso, eu ainda não conheço nenhum.
    Bjs, Rose.

  19. Rafaela S. disse:

    Vi o filme quando estreou no cinema e achei bonitinho, nada tão emocionante, mas foi fofo. Já o maior motivo pelo qual eu gostaria de ler o livro é o autor, Marc Levy, e não necessariamente a história em si. Na verdade, quero ler Levy já faz um tempo, tenho muita curiosidade em conhecer sua escrita.
    Se esse livro for pelo menos tão fofo quanto o filme, já está valendo. =P
    Beijos

  20. Taís disse:

    já ouvi falar desse livro parece ser bom

  21. Naty C disse:

    Bom saber que não tem muito do filme, eu ia ler esperando ao parecido e pelo jeito ia me decepcionar.
    Uma pena que o livro não foi tão bom, mas pretendo ler mesmo assim pq o enredo me agrada.

  22. Nattacha disse:

    errr, nunca tinha ouvido falar da adaptação, ou não consigo ligar o nome ao filme 😛
    Tenho que dizer que tenho um pé meio atrás com esse autor, já vi várias pessoas criticando ele, e algumas que eu inclusive tenho um gosto bem parecido, então penso que não vou curtir também! Claro que sempre temos que ler algo para depois falar alguma coisa, e se tem um livro que tenho interesse em ler é esse, nem que seja um pinguinho pelo menos 😛 porque eu não sei, talvez por esse achar que esse é menos pior que os outros (os fãs do autor que não leiam isso :P)
    Beijinhos :*

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!