Rosalind

Autora: Rosalind Wiseman
Editora: Galera Record
Páginas:
319
Classificação:
4/5 estrelas

Rosalind Wiseman mergulha no mundo das garotas e analisa tudo o que diz respeito à adolescência — da relação das jovens com a fofoca e os namorados até as panelinhas típicas dessa fase. Um romance divertido e inovador sobre amizade, traição e o que os jovens são capazes de fazer para se sentirem aceitos. Enquanto navega entre as difíceis águas do oceano estudantil — nerds, esportistas, populares –, Charlie Healey aprende cada vez mais sobre si mesma, o que é certo e o que é errado.

Esse é mais um livro que tenta se aprofundar nos adversidades que muitos adolescentes encontram, e Wiseman fez isso bem. Charlie Healey está em busca de um novo começo e nada melhor para isso do que uma nova escola. Ela acaba de ir à Harmony Falls, e dessa vez ela quer fazer tudo certo.

Mas fazer o que certo, exatamente? Bem, em sua última escola nem tudo foi um mar de flores para Charlie, aliás dizer isso é amenizar o acontecido. Ela fez e disse coisas que magoaram, foi intimidada, e logo após tudo caiu sobre seus ombros. Mas se ela quer realmente uma nova vida, Charlie deve escolher entre o que está disposta a fazer para ser aceita e se encaixar, ou fazer o correto.

Sério, não há pessoinhas mais maldosas do que crianças, e então elas viram monstrinhos chamados adolescentes e a carnificina começa. Exagero? Pode até ser, mas isso não se distância muito da realidade. Escola, não importa de qual grau seja, possui um script pronto, e não seguí-lo é receita certa para sofrer bullying ou, nos casos mais leves, somente ser deixado de lado.

Em Garotos, Garotas e Outros Materiais Explosivos, a autora trabalhou justamente isso, acabar com estereótipo e preconceitos. O livro demora um pouco para tomar força com sua narrativa para que os leitores possam se entrosar com os personagens e suas histórias, mas chega lá. Não é uma trama surpreendente, mas a forma como a autora decidiu construí-la foi ótima e você se pega querendo saber mais, torcendo para que Charlie se encaminhar para a estrada correta.

Esse foi um livro de amadurecimento, amizade e amor, e é tão crível que você facilmente pode assimilar com algo que aconteceu com algum conhecido ou em alguma escola de bairro. Eu adorei, pode ser uma trama bem comum, mas nem por isso deixa de ter seu charme.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
2402 pessoas visitaram
Publicado em 25/06/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Mônica Oliveira disse:

    Bruna o livro parece ser mais um auto biográfico da nossa adolescência HAHAHAHAHA , é bem assim quem nunca fez algo na escola que se envergonhasse ? e que quisesse ter a oportunidade de começar tudo de novo e fazer certo dessa vez ??? Acho que é bem isso que o livro quer nos mostrar que a adolescência é uma fase mesmo..Que podemos tentar consertar…mais teremos que passar por ela.

  2. Cristiane Silva disse:

    Parece ser bem legal essa história, gostei. Gosto de temas adolescentes, é gostoso de ler e sempre vale a pena pra mim. A dica é bem boa, nem conhecia.

  3. Naty C disse:

    Achei interessante o nome, mas da temática não posso dizer o mesmo. Como já disse aqui no blog, esses dramas adolescentes não me agradam muito, então não pretendo ler esse livro.

  4. bianca guimaras disse:

    aposto que deve seu um livro muito fluido que faz a leitura leve e divertida, vale a pena conferir.

  5. paulino disse:

    Adoro quando um autor consegue pegar um tema clichê e transformar em uma história totalmente original ou nem mesmo transforma-la mas fazer com que ela tenha seu próprio charme,e é ótima ver a adolescência retratada de uma forma tão boa como esse livro retrata

  6. Esse estilo de romance juvenil é o que mais vemos por ai. E fico feliz que a autora soube aproveitar e desenvolver esse tema,que nunca se acaba,só se renova. Beijos.

  7. Gabriella Alvim disse:

    Livros assim são, geralmente, previsíveis, porém muito bacanas. Parece ser um livro bom e adorei saber que a autora soube desenvolver. Procurarei saber mais sobre o livro 😉

  8. Juliana Jesus disse:

    O título chama atenção, gostei da temática dele, mas no momento não é algo que eu queria ler. Gostaria de ler e torcer pela Charlie também.

  9. Nattacha disse:

    Apesar de o livro não apresentar um enredo tão inovador assim, eu fiquei bem curiosa para fazer a leitura porque o que conquista aqui pelo que parece é a narrativa da autora.
    Eu gosto muito de livros que beiram bem a realidade como esse sabe, que parece que poderia ter acontecido com um conhecido nosso. E essa questão é bem chata mesmo, até que ponto você está disposto a ir para ser aceito, e crianças/adolencentes podem ser bem cruéis quando querem.
    Achei bem lindinha essa capa, e quero poder ler logo esse livro!
    :*

  10. Gente, eu não tinha ouvido falar desse livro até o presente momento e estou morrendo de vontade de ler agora. Quem e que nunca fez guerra de agua na escola? Quem nunca aprontou algo tenso com os amigos né? E essa capa perfeita? Eu realmente preciso ler, pois a minha adolescência foi a melhor fase da minha vida até o momento.

  11. Amanda Ishi disse:

    AAH! Quero muito ler este livro, pois adoro os que abordam essa fase complicada da nossa vida. Adorei sua resenha!
    Beijoos

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!