iD atualizou a lista de futuros lançamentos até setembro e anteriormente a editora já havia informado que poderia haver alterações, então se você quer conferir uma lista mais completa do que ainda pode sair esse ano clique aqui.  Entre as obras, alguns já possuem os direitos de adaptação comprados, como This Dark Endeavor e The Darkest Minds.

Dearly, Beloved (Gone With the Respiration, #2), de Lia Habel em

junho

Essa é a pergunta que divide a sociedade  neovitoriana desde que a misteriosa praga conhecida como “The Laz” golpeou a cidade de Nova Londres e converteram milhares em cadáveres andantes. Entretanto, mesmo que alguns desses zombies sejam monstros sem sentido, sedentos por carne humana, outros ainda podem pensar, falar, e controlar seus apetites vorazes.

Pergunte a Nora Dearly, a jovem dama que foi quase sequestrada por um bando de zombies sinistros porém valentemente resgatada por um homem jovem e bonito… e morto vivo.

Nora e seu salvador, o jovem soldado zombie Bram Griswold, se apaixonam perdidamente. Mas outros somente sentem medo e ódio pelos mortos reanimados. Agora, enquanto cresce a tensão entre os anti e pró zombies, as linhas de batalha estão crescendo nas ruas. E mesmo que Bram não esteja mais no exército  neovitoriano, ele e seus ex-companheiros devem ajudar a manter a paz.

Isso significa tomar uma posição perigosa entre os The Changed, um grupo radical de zombies que lutam pela sobrevivência, e The Murder, um esquadrão de guerrilhas urbanas empenhado na destruição dos mortos vivos. Mas os zombies não são o único em perigo: os humanos aliados também estão na mira de The Murder, e para um fanático vingativo, Nora Dearly é o objetivo número um.

Enquanto a paranoia, o preconceito e os ataques terroristas ameaçam engolir a cidade em uma guerra de grande escala, o pai de Nora e sua equipe continuam sua desesperada busca para descobrir o segredo de “The Laz” e encontrar uma cura. Mas seus esforços podem estar condenados quando um misterioso zombie aparece com um novo vírus — e a nação neovitoriana é esmagada com uma nova onda do apocalypse.

Rootless, de Chris Howard em

julho

Banyan é um construtor de árvores. Ele as fabrica para os ricos que buscam alívio da paisagem desolada. Na realidade Banyan nunca viu uma árvore de verdade, pois todas desapareceram há muito, mas recorda as histórias que seu pai contava sobre o Velho Mudo. Mesmo que isso tenha sido antes que seu pai também desaparecesse…

Tudo muda quando conhece uma mulher com uma estranha tatuagem e decide iniciar uma viagem em busca do paradeiro das últimas árvores. Enquanto tenta escapar dos perigos que percorrem as Terras Estéreis, Banyan descobrirá a verdade sobre sua família, seu passado, e o que algumas pessoas são capazes de fazer para recuperarem as árvores.

Froi of the Exiles (Lumatere Chronicles, #2), de Melina Marchetta em

agosto

Três anos após cair sob a maldição de Lumatere, Froi encontrou um novo lar, ou ao menos isso acredita. Ferozmente leal a Finnikin e a rainha, Froi treinou para formar parte da Guarda da casa real, jurou proteger o reino e aprendeu a controlar seu temperamento. Mas quando o enviam à uma missão secreta no reino de Charyn, ele não está preparado para o que encontrará lá. O povo está sofrendo, e parece que existem laços sombrios de parentesco com a princesa enlouquecida que deve desmascarar. Nesse cenário desolado Froi descobrirá que existe uma canção que acalma o sangue, e ainda que custe aceitar, entenderá que há chegado o momento de parar e escutar.

Code Name Verity (Code Name Verity #1), de Elizabeth Wein em

agosto

11 de outubro, 1943-uma espiã inglesa cai na França ocupada pelos nazistas. A pilota e a passageira são melhores amigas. Uma das garotas tem chance de sobreviver. A outra perdeu o jogo antes mesmo de ele começar.

Quando “Verity” é arrastada para Gestapo, ela está certa que não tem chance. Como uma agente secreta capturada em território inimigo, ela está vivendo o pior pesadelo de todo espião. Seus interrogadores nazistas dão lhe uma escolha simples: revelar sua missão ou enfrentar uma execução macabra.

Arise (Hereafter, #2), de Tara Hudson em

setembro

Amelia – ainda presa entre a vida e a morte – deve lutar por cada momento de sua relação com o humano Joshua. Eles dificilmente se beijam sem que Amelia acidentalmente se desmaterialize. Procurando por respostas, eles vão visitar os parentes videntes de Joshua em Nova Orleans. Mas mesmo em uma cidade famosa por ser mergulhada no sobrenatural, Amelia termina com mais perguntas do que respostas… e se torna cada vez mais evidente de que ela e Joshua não podem ter um futuro juntos. Vagando pelo French Quarter, Amelia encontra outros fantasmas, e começa a considerar seriamente juntar-se à eles. E então ela conhece Gabrielle. De alguma forma, contra tudo que imaginavam, Gaby encontrou uma forma de viver uma meia vida… algo que Amelia pagaria qualquer preço para ter. Dividida entre dois mundos, Amelia deve escolher com cuidado, antes que os maus espíritos escolham por ela.

Poison Princess (The Arcana Chronicles, #1), de Kresley Cole em

setembro

Poison Princess gira em torno de Evangeline “Evie” Greene, com dezesseis anos, uma adolescente privilegiada de Louisiana. Quando um evento apocalíptico dizima sua cidade natal, matando todos que ama, Evie percebe que as alucinações que tinha tido durante todo o ano passado eram visões do futuro–e elas ainda estão acontecendo. Lutando por sua vida e desesperada por respostas, ela volta-se para seu colega de classe Jack Deveaux. Com Jack e Evie correndo para encontrarem a origem de suas visões, eles encontram outras pessoas que sofreram o mesmo. Uma antiga profecia está acontecendo, e Evie não é a única com poderes especiais. Um grupo de adolescentes foram escolhidos para reencenar a última batalha entre o bem e o mal. Mas nem sempre é claro quem está de qual lado…

Beta (Annex, #1), de Rachel Cohn em

setembro

Em um mundo construído com perfeição absoluta, a imperfeição é difícil de entender e impossível de esconder.
Elysia é um clone, criada em laboratório, nascida como uma garota de dezesseis anos, um vaso vazio, sem experiência de vida para se basear. Ela é uma Beta, um modelo experimental de clone adolescente. Ela foi replicada a partir de outra adolescente, que morreu para Elysia ser criada.
O propósito de Elysia é servir os habitantes de Demesne, uma ilha paradisíaca para as pessoas mais ricas do planeta. Tudo em Demesne é uma perfeição em bioengenharia. Até o ar induz à uma estranha euforia que somente os trabalhadores da ilha—clones sem alma como Elysia—são imunes a ele.
Inicialmente, a nova vida de Elysia nessa ilha é idílica e mimada. Mas logo percebe que os humanos de Demesne, as mais privilegiadas pessoas do mundo, anseiam. E percebe que debaixo do exterior impecável, há uma corrente de descontentamento entre os clones. Ela sabe que não tem alma e não consegue sentir e se importar—então por que tudo as sensações estão turvando a mente de Elysia?
Se alguém descobrir que Elysia não é o clone insensível que finge ser, ela sofrerá um terrível destino, doloroso demais para se imaginar. Quando a única chance de felicidade de Elysia é arrancada dela com uma crueldade de tirar o fôlego, as emoções que sempre teve, mas nunca entendeu, são desencadeadas. Quando a raiva, o terror, e o desejo, ameaçam dominá-la, Elysia deve encontrar a vontade de sobreviver.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
1804 pessoas visitaram
Publicado em 24/06/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Dalila Souza disse:

    AE! To esperando Beta há milênios!

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!