simplesmente irresistivel

Autora: Rachel Gibson
Editora: Jardim dos Livros
Páginas:
 392
Classificação:
 5/5 estrelas

Dizem que Simplesmente Irresistível é o melhor livro da Rachel Gibson, eu não concordo, aliás nem consigo apontar qual seria o melhor, e também nem foi o primeiro que li da autora nem mesmo o primeiro que li da saga Chinooks Hockey, apesar de ele ser o primeiro da saga. Sinceramente? Se foi escrito por essa mulher, compre, leia, aproveite e se divirta, porque sempre vai valer a pena.

No mais recente chick-lit publicado pela Geração Editorial, através do selo Jardim dos Livros, a autora nos apresenta Georgeanne e John Kowalsky. Eles se trombam quando ela está fugindo de seu próprio casamento com um velho rico e pede carona para John. Apesar de saber que está entrando em uma enrascada, John a ajuda e cede moradia para ela por algum tempo. E então o inevitável acontece e eles tem uma noite de amor. No dia seguinte, John carrega Georgeanne até o aeroporto, deseja tudo de bom à ela e cai fora.

Quero você e não tenho medo de jogar sujo.

Porém, Georgeanne não tem para onde ir, e em um ato de desespero ela vai até um buffet em busca de um emprego. E então conhecemos Mae, e sua história acontece em paralelo com a de Georgie. Mae, apesar de jogar duro e suas atitudes grosseiras, já sofreu muito e encontra em Georgie a família que perdeu.

O que temos que entender nessa saga de Gibson é que todos os personagens possuem uma importância, mesmo que não tão alta quanto a dos protagonistas, porque um personagem secundário provavelmente mais para frente será protagonista de seu próprio livro. Bem, mais em Simplesmente Irresistível nossa atenção está voltada para três em especial: John, um cara que acabou de perder seu filho, alcoólatra; Georgie, uma garota que foi criada para ser mulher de alguém. Por sofrer de dislexia, sua avó sempre acreditou que ela deveria trabalhar duro para ser uma boa esposa, e se contentar com isso; e Mae, uma mulher que acabou de perder seu irmão gay quando encontra Georgie.

Costumo dizer que os livros de Gibson sempre são bem clichês, e com esse romance não foi diferente, é sua forma única de escrever que faz tanta diferença. A trama toda é voltada para a rejeição e perda que os protagonistas sofreram durante a vida. Mesmo esse livro possuindo um traço humorístico, é impossível não se emocionar quando a autora aborda as perdas de John, Georgie e Mae. Aliás, Mae é o tipo de garota que merecia um livro só dela.

— Não estou usando calcinha.

Ele congelou por alguns segundos e, então, sorriu.

— Bem, aí está. Temos algo em comum. Nem eu.

Também vou ressaltar que li o livro de madrugada e posso ter deixado passar algo, mas achei a revisão, assim como a diagramação, perfeitas. Referente a isso, da minha boca não sairá nada negativo, apesar de muitos dizerem que a editora fica devendo nesse quesito.

Simplesmente Irresistível é mais uma prova de que Rachel Gibson merece estar entre as autoras mais lidas do gênero chick-lit da atualidade. Divertido e com uma ponta de drama, é uma leitura para começar e terminar em poucas horas.

Eu sempre tive certeza de que ela voltaria e tentava ser uma boa menina para que ela me quisesse. Mas nunca voltou. Nem mesmo ligou.

Cadastre-se e receba novidades e ofertas
5381 pessoas visitaram
Publicado em 29/05/2013
Deixe seu comentário com o Facebook
Comentários
  1. Gabriela disse:

    Para ler esse livro, é necessário ler os outros livros da saga?

    1. Gabrielle disse:

      Esse é o primeiro da saga, Gabi, mas é indiferente a ordem, porque eu mesma nunca sigo

  2. Paty disse:

    Esse livro é sensacional. Eu sou completamente apaixonada pelos livros da Rachel Gibson <3 Com certeza é uma autora que merece mais destaque aqui no Brasil.

  3. Gab eu sofro daquela síndrome: adoro algo que nunca conheci, é a explicação pelo meu love com a Rachel ahahahahaha. Sim sou louca, e apesar de ter uma memória falha consigo lembrar muito bem de todas as reclamações dos erros de português do primeiro livro dela publicado aqui. E desde então coloquei na cabeça que vou começar a ler Gibson em inglês.Se comprar livros aqui já não tá fácil imagina junta grana e comprar na gringa? ahahahaha. Detesto ler as resenhas daqui e de alguns outros sites pq me faz querer contrariar minhas decisões :P. É difícil pra mim resistir a um chick-lit, mas serei forte.
    besos

    1. Gabrielle disse:

      Eu não encontrei erros escandalosos, Ho, COMPRA COMPRA COMPRA!

  4. Adorei a sua resenha e digo a você que tirei este livro da estante para ler =) espero gostar do livro tanto quanto você e concordo que Gibson é uma das melhores neste gênero.

    Bjus

  5. Naty C disse:

    Eu tenho a mesma opinião que você sobre os livros dela. Apesar deles serem bem previsíveis a autora tem uma escrita tão gostosa que você acaba ignorando isso e continua lendo.
    Ainda não li esse, mas espero fazê-lo logo.

  6. Mônica Oliveira disse:

    Ainda não li nadinha de nada da Rachel mais já ouvi maravilhas dos seus livros e críticas tb quanto a tradução ..mais já vi que todos os livros dela seguem essa coisa leve e deliciosa de se ler…fiquei super curiosa para ler algo dela..e acho que depois da sua empolgação vou querer esse logo kkkkkkkkkk

  7. bianca guimaras disse:

    adorooooo um bom chick-list.

  8. Amanda Ishi disse:

    Nunca li um da Rachel, mas morro de vontade de ler. Adooro um chick-lit, então quando sai um livro desses eu fico que nem uma louca querendo comprar.
    Ótima resenha!
    Beijoos

  9. Cristiane Silva disse:

    Doida pra ler o meu mas nem sei quando faço isso :S
    Fofa demais essa história, adorei! A autora sabe fazer uns livros desse gênero que me prendem a atenção, pelo menos com as sinopses e resenhas eu já animei e muito! É fofo.

  10. Juliana Jesus disse:

    Estou morrendo de vontade de ler esse livro! Não sabia que ele tinha tantas plots, é o tipode livro que lemos durante a madruga ou em momentos em que queremos relaxar e não ficar aflitos com o personagem.

  11. paulino disse:

    Achei a premissa desse livro muito engraçada ,amo chick-lit e espero que esse seja tão bom igual os da Sophie Kinsella

  12. Yamille disse:

    Eu to loooouca pra ler esse livro!!! É o tipo de livro perfeito pra fugir da realidade!

  13. Gabriella Alvim disse:

    Parece ser um livro muito divertido, estou bem curiosa. Essa é a primeira resenha que leio e ela só me agradou =)

  14. Nattacha disse:

    Gabi, pode ser que nesse livro a editora tenha caprichado mais no revisão do livro, mas os outros já lançados pela editora da autora tem muitos erros desse tipo, espero profundamente que tenham melhorado, já que a autora é maravilhosa!
    Estou ansiosa demaiiiiss para ler esse livro, porque todos os livros dela já lançados aqui no brasil eu já li e adorei cada um deles *-* e é bem isso que você falou todo personagem é importante, porque ele pode ser o protagonista em um futuro livro, como já vi acontecer em outro livro dela, e também quando revemos personagens antigos nos livros novos, adooooro isso *-*
    Só espero mesmo que a editora leve mais a sério o lançamento desses livros, eu achei o maior descaso na Sagas das Escritoras eles só terem lançado o 2º e o 3º volumes deixando o 1ºe o 4º para tras. E como já vi aqui que essa série tem 6 volumes e os ultimos 2 foram adquiridos por por outra editora já prevejo mais um série pelas metade…. Porque gente, por mais que cada livro trate de personagens diferentes, agente sempre acaba pegando spoiler de algum livro passado, e eu não sei os outros, mais eu não curto!
    Adoorei sua resenha, e apesar de não ser o melhor, só por carregar o nome da autora na capa vale a pena se jogar na leitura né!
    :*

  15. Me pareceu um romance leve e divertido. Também não conheço essa autora,mais falam muito bem dela. Vou experimentar ler e ver se gosto. Beijos.

  16. Vejo tanta gente falando bem de Rachel Gibson, vem mais você gabi, o que faço pra ler AGORA? tipo, sem money, sem tempo, sem nada.

Deixe um comentário

EDITORAS & PARCEIROS

Copyright © 2016 Livros&Citações. Todos os direitos reservados
Notícias, resenhas e indicações de livros!